WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Cachaça Orgânica: envelhecimento e engarrafamento do produto

Após a destilação, a cachaça proveniente do coração deverá ser conduzida para a unidade de armazenagem, onde passará pelo processo de envelhecimento e de engarrafamento

Cachaça Orgânica: envelhecimento e engarrafamento do produto

Segundo Marcos Vacaro, especialista na produção de cachaça e professor do Curso CPT Produção de Cachaça Orgânica, "após a destilação, a cachaça proveniente do coração deverá ser conduzida para a unidade de armazenagem, onde passará pelo processo de envelhecimento e de engarrafamento, antes ser colocada no comércio."

Envelhecimento


A cachaça do coração deverá ser estocada em dornas metálicas, preferencialmente de aço inox, para que não haja alterações no sabor do produto. Elas deverão ser instaladas no interior das adegas, que é o local reservado para o armazenamento do produto. Se o produtor desejar envelhecer a cachaça, deverá armazená-la em barris de madeira, como carvalho, jatobá, garapeira, amendoim, umburana, ou bálsamo.

- Características das adegas

As suas paredes deverão ser de tijolos de argila, terem pé-direito com, aproximadamente, 5 m e cobertura de telhas de argila. A adega não deverá possuir janelas, para que o ambiente interno fique na penumbra e evite a passagem de correntes de ar, para manter o ambiente úmido. Essas características são importantes, porque as alterações sensoriais da cachaça (sabor, a aparência, o aroma, etc.) são causadas, tanto pelo tempo de armazenamento, como também pelas condições ambientais da adega. A temperatura do ambiente de armazenamento influencia o volume, o teor alcóolico e a cor da cachaça. Assim, quando o objetivo for incorporar o aroma da madeira na cachaça, o seu envelhecimento deve ocorrer sob temperatura mais elevada. Os barris de madeira, utilizados para o envelhecimento da cachaça, poderão ser de 200 a 300 L, e deverão ser posicionados deitados em prateleiras de madeira, em, no máximo, quatro fileiras para não dificultar muito o manejo. Para essas condições, o período de envelhecimento da cachaça deverá ser de, pelo menos, dois anos.

 

- O engarrafamento da cachaça

Para ser levada ao mercado, a cachaça precisará ser engarrafada, independentemente de ter sido envelhecida ou não. O engarrafamento poderá ser feito em litros, garrafas de 720 mL ou em garrafas menores, de 350 mL tipo long neck. Para se fazer o engarrafamento da cachaça, será necessário que no interior da adega seja instalada uma enchedora manual, com seis bicos e, também, uma máquina apropriada para colocar as tampinhas ou bicos conta-gotas. Após o enchimento das garrafas, devem-se colocar os rótulos nas mesmas, os quais deverão ser colados manualmente e deverão conter informações como: marca, grau alcoólico, safra, as características do produto e, em especial, a referência de que se trata de um produto orgânico. Depois de cheias e rotuladas, as garrafas deverão ser colocadas em embalagens apropriadas para serem levadas ao mercado.

- Cálculo do volume de cachaça armazenado

A cachaça deverá ser armazenada em recipientes, cujo volume poderá ser estimado por fórmulas matemáticas, conforme apresentado a seguir.

a) Recipiente em forma de tronco de cone


V = 1,0472   x   a   x  [r2 + (r1 x R) + R2]
                            1.000

em que:

r1 = R – a   x  (R – r)
      h


sendo:
V = volume de líquido armazenado, em litros;
a = altura do líquido no recipiente, em cm;
r = raio menor (parte superior do recipiente), em cm;
r1 = raio na altura do líquido dentro do recipiente, em cm;
R = raio maior (fundo do recipiente), em cm; e
h = altura do tronco de cone; em cm.

b) Recipiente em forma de cilindro vertical

V = 0,7854    x    d2    x    a
                1.000

sendo:

V = volume de líquido armazenado, em litros;
d = diâmetro (fundo do recipiente), em cm;
a = altura do líquido no recipiente, em cm.

c) Recipiente em forma de tonel vertical

V = k  x  h  x  [r + 0,67 x (R-r)]2
                 1.000

sendo:

V = volume de líquido armazenado, em litros;
k = constante obtida pela relação entre a altura do líquido existente no tonel (a) e a altura total (h) do mesmo;
h = altura do tonel; em cm;
r = raio menor (parte inferior do recipiente), em cm; e
R = raio maior (meio do recipiente), em cm.

Um pouco mais sobre o que encontrar no Curso CPT Produção de Cachaça Orgânica? Assista ao vídeo!


 

Gostou da matéria? Conheça os Cursos CPT da área Agroindústria.
Por Silvana Teixeira.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

Rafael Sousa

27 de fev. de 2019

Caro Sr(a). sou representante da área de compras do grupo de restaurantes Sakamoto. Estou procurando Barris deitados com torneira, de material atoxico, pois usaremos para manter o Shoyo então têm que ser de material que não manche, que não altere o sabor nem aparência do barril. Torneira que seja fácil de colocar, trocar e que não vaze, Gostaria de saber os valores de 5L, 10L e 20L. Quais dimensões (diâmetro x comprimento x altura). Se vem com a base ou um dos lados é reto para poder deitá-lo? Informações adicionais: Prazo de entrega? Valor mínimo de pedido? Qual seu endereço? Cobra frete? Valor fixo? Forma de Pagamento, boleto a prazo? Produto costuma falta em seu estoque? Tem manutenção a ser realizada? Atenciosamente.

Resposta do Portal Cursos CPT

27 de fev. de 2019

Olá Rafael,

Agradecemos a visita e comentário em nosso site.

Nós apenas vendemos cursos, não equipamentos.

Atenciosamente,

Mariana Caliman Falqueto

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!