WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Geleia de pimenta com abacaxi - aprenda a fazer

Nesta receita, deve-se utilizar pimentas com ardume de médio a alto, como a pimenta malagueta ou a dedo de moça. Aprenda, agora, como produzir a geleia de pimenta com abacaxi

Geleia de pimenta
 

Geleia é uma espécie de conserva, de aspecto gelatinoso e brilhante, preparada com frutas naturais, mais açúcar. De acordo com Roseane Mendonça de Figueiredo, professora do Curso CPT Produção e Processamento de Pimenta, "Uma  boa  geleia  deve  apresentar  as  seguintes  características:  ser clara,  macia,  gelatinosa,  brilhante  e  quase  translúcida.  Deve  ter  cor atraente e aroma característico da fruta utilizada". Nesta  receita,  deve-se  utilizar pimentas  com  ardume  de  médio  a  alto,  como  ocorre  com  a  pimenta malagueta ou a dedo de moça. Aprenda, agora, como produzir uma deliciosa geleia de pimenta com abacaxi:

Geleia  de  pimenta  com  abacaxi

Ingredientes

1 g de pimenta malagueta ou dedo de moça
1 kg de açúcar  
1 kg de polpa abacaxi
1 L de água
1/2 colher de café de ácido cítrico
10 g de pectina em pó

Modo de preparo

- Lavar e sanitizar o abacaxi.
- Picá-lo e batê-lo no liquidificador com metade da água.  
- Levar ao fogo até a fervura.
- Misturar o restante do açúcar com a pectina.  
- Juntar essa mistura na panela, quando a solução estiver fervendo, e mexendo-a sempre.
- No final da cocção, quando a calda estiver “no ponto”, acrescentar o restante do ácido cítrico, mexendo sempre.
- Colocar a calda, ainda fervente, nos vidros lavados e sanitizados.
- Tampar  os  vidros  e  inverter,  por  um  minuto,  para  que  a  calda pasteurize as tampas.

Curiosidades sobre a pimentas


1- A produção e o processamento de pimenta são importantes atividades econômicas, permitindo o aumento da renda, por área cultivada, quando comparado a outras atividades isoladas.

2- A capsaicina, responsável pela pungência das pimentas, é a única substância que, usada externamente no corpo, gera endorfinas internamente que promovem uma sensação de bem-estar, acionando o potencial imunológico.

3- Por ser o processamento de pimenta muito simples e necessitar de poucos investimentos e os produtos consumidos por quase todas as classes sociais em todo o território nacional, o processamento caseiro passa a ser uma boa alternativa para produtores ou empresários, em regiões produtoras, agregando valor à produção.

4- o agronegócio da pimenta no Brasil é maior do que muita gente imagina. Envolve produtores rurais, pequenas fábricas artesanais de conservas e pimentas decorativas, indústrias que fabricam molhos, geleias e até a exportação de páprica por empresas multinacionais. Minas Gerais é dos maiores produtores de pimenta do Brasil.

5- Na fabricação de geleias, os frutos devem apresentar dois elementos essenciais: a acidez e a pectina.
A pectina é uma substância contida em determinadas frutas, a qual, na presença de certa acidez e teor de açúcar, propicia à geleia a sua característica gelatinosa. Pode-se dizer, então, que a pectina é a “alma” das geleias. Sem pectina, a geleia não dá ponto, ou fica mole ou fica puxa-puxa.

Conheça os Cursos CPT da área Agroindústria.
Por Silvana Teixeira.

Salvar

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!