Cultivo de urucum - colheita e debulha

A identificação do ponto de colheita das cachopas do urucum e o processo de debulha das sementes são pontos essenciais para se obter um produto final com qualidade

Cultivo de urucum - colheita e debulha

 

A colheita

A colheita das cachopas de urucum deve ser realizada de forma manual e quando, aproximadamente, 3/4 (três quartos) dos frutos estiverem maduros. A identificação do ponto de maturação das cachopas é importante, pois influencia na qualidade final do produto. Esta condição é verificada aos 130 dias após a abertura das flores.

"Para a maioria das cultivares, a operação de colheita de urucum deve ser realizada, no máximo, de duas a três vezes por safra. Exceto para a cultivar Bico-de-Pato, que tem boa uniformidade de maturação dos frutos, pode-se realizar uma única colheita", afirma o professor Abel Rebouças de São José, do Curso Cultivo de Urucum e Produção de Corantes Naturais, elaborado pelo CPT – Centro de Produções Técnicas.

Qualquer que seja a cultivar, é muito importante que as cachopas sejam colhidas maduras e, em seguida, postas para secar, até o nível de umidade adequada, pois a umidade excessiva das sementes de urucum proporcionará a perda da qualidade e de desenvolvimento de fungos.

No momento da colheita, utiliza-se uma faca ou uma tesoura de poda, cortando os pedúnculos o mais próximo possível das cachopas. Depois, as cachopas de urucum devem ser acondicionadas sobre uma lona de plástico para facilitar o recolhimento.

As cachopas devem ser colocadas para secar, diretamente ao sol, espalhadas sobre uma lona de plástico. Antes de serem debulhadas, elas deverão estar totalmente secas.

OBS.: Vale lembrar que as sementes de urucum não devem ser secas, diretamente ao sol, em terreiros ou lonas, pois isso causa perda de qualidade e quantidade de pigmentos.

A debulha

Após a secagem das cachopas de urucum, as suas sementes podem ser debulhadas, em máquinas apropriadas, denominadas descachopadoras. Entretanto, se o produtor não tiver acesso a essas máquinas, existe a possibilidade de substituí-las por máquinas utilizadas para trilha de feijão, ou máquinas de arrasto, utilizadas para trilhar arroz, ambas acionadas pela TDP do trator.

No caso dos pequenos produtores, que não dispõem dessas máquinas, a debulha das sementes do urucum poderá ser realizada, batendo-se as cachopas com varas, ou seja, pelo mesmo processo que se realiza a debulha de feijão em pequenas propriedades. Entretanto, o atrito das varas com as sementes provoca alguma perda do pigmento corante existente nas sementes.

Logo após a debulha, as sementes estão em condições de serem aproveitadas na produção de corantes naturais. Se elas não forem processadas imediatamente à debulha, deverão ser armazenadas. Para isso, elas devem ser embaladas em sacos de aniagem ou de polietileno trançado, com 50 kg de grãos/saco.

Estes sacos devem ser empilhados, em local seco, fresco, com pouca luz e sobre estrados de madeira. Deve-se empilhar, no máximo, 12 sacos por pilha.

Quanto maior for o tempo de armazenagem dos grãos de urucum, maior será a perda do corante das sementes, ou seja, da bixina.

Aprimore seus conhecimentos, acessando os Cursos CPT, da área Agroindústria.

Por Andréa Oliveira.

Cursos Relacionados

Curso Processamento Mínimo de Frutos e Hortaliças Curso Processamento Mínimo de Frutos e Hortaliças

Com Prof.ª Dr.ª Maria Isabel Chitarra

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Como Montar e Operar uma Pequena Fábrica de Vegetais Desidratados Curso Como Montar e Operar uma Pequena Fábrica de Vegetais Desidratados

Com Prof. Dr. Paulo Stringheta e Prof. Pedro Meloni

R$ 460,00 à vista ou em até 12x de R$ 38,33 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Cultivo de Urucum e Produção de Corantes Naturais Curso Cultivo de Urucum e Produção de Corantes Naturais

Com Prof. Dr. Abel Rebouças de São José

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

Francisco Eduardo Bernal Simões

29 de dez de 2017

Engenheiro Agrônomo , produtor rural interessado em produzir e processar urucum

Resposta do Portal Cursos CPT

3 de jan de 2018

Olá Francisco Eduardo,

Agradecemos sua vista e comentário em nosso site. Em breve, uma das nossas consultoras entrará em contato com mais informações e esclarecimentos sobre o curso do seu interesse.

Atenciosamente,
Victor Sampaio

Outros artigos relacionados à área Agroindústria

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade