Benefícios das pimentas

Por trás da ardência característica, as pimentas promovem diversos benefícios à nossa saúde

Pimentas

A pimenta é considerada um tempero universal e divide opiniões: há quem ame e há quem odeie. Em carnes, peixes, frutos do mar ou em massas, por exemplo, desde as mais fracas às mais fortes, além do sabor único é possível desfrutar também de diversos benefícios que elas proporcionam à saúde humana.

A professora do Curso a Distância CPT Produção e Processamento de Pimenta, Roseane Mendonça, ainda exalta a versatilidade da pimenta, afirmando que ela é um fruto que está no gosto dos brasileiros, sendo usada principalmente na culinária. Suas espécies, algumas muito fortes, como a malagueta e a cumari, e outras sem ardência, como a biquinho, são usadas sob a forma de diversos produtos, destacando os molhos, conservas e geleias.

Principais pimentas

Dentre os vários tipos de pimenta, temos alguns que mais se destacam em nosso país. Confira quais são, como usar cada tipo e o nível de ardência de cada um, que varia de 0 a 7:

Caiena ou dedo-de-moça
Pimenta muito utilizada na produção de molhos e picles.
Ardência: 6

Pimenta-de-cheiro
É mais indicada para temperar peixes e crustáceos, mas também pode ser utilizada em pratos com frango, risotos e legumes.
Ardência: 3

Pimenta-do-reino
É o tipo mais utilizado em toda a culinária do mundo, podendo temperar todos os tipos de prato.
Ardência: 1 a 2

Malagueta e Cumari
Ampla utilização no tempero de feijoada, carnes, acarajé e outros alimentos que pedem uma pimenta mais forte.
Ardência: 7

Fidalga
Usada no tempero de peixes e em marinadas de legumes e outras comidas em conserva.
Ardência: 4

Cambuci e americana
Pimenta doce, muito consumida recheada, grelhada, assada ou em pratos com picles e queijos.
Ardência: 0

Benefícios das pimentas

- Aliviam a congestão nasal;
- Aliviam a dor por liberar hormônios no cérebro que dão a sensação de prazer e bem-estar;
- Agem como antioxidantes, prevenindo o câncer;
- Possuem ação anti-inflamatória;
- Estimulam a digestão;
- Aumentam a libido;
- Favorecem o emagrecimento, por aumentarem o metabolismo;
- Melhoram a coceira e feridas de pele, em pessoas com psoríase.

Ainda, todos os tipos possuem capsaicina, um potente antioxidante e anti-inflamatório que melhora a digestão e alivia a dor. Quanto mais forte a pimenta, mais capsaicina ela possui.



Conheça os Cursos a Distância CPT da Área Agroindústria:

Produção e Processamento de Pimenta
Produção e Processamento de Pimenta-do-reino
Pequena Fábrica de Vegetais Desidratados

Fonte: Tua Saúde – tuasaude.com
por Renato Rodrigues

Cursos Relacionados

Curso Produção e Processamento de Pimenta-do-Reino Curso Produção e Processamento de Pimenta-do-Reino

Com Prof. Barachisio Lisboa

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Como Montar e Operar uma Pequena Fábrica de Vegetais Desidratados Curso Como Montar e Operar uma Pequena Fábrica de Vegetais Desidratados

Com Prof. Dr. Paulo Stringheta e Prof. Pedro Meloni

R$ 460,00 à vista ou em até 12x de R$ 38,33 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Produção e Processamento de Pimenta Curso Produção e Processamento de Pimenta

Com Prof.ª Roseane Mendonça de Figueiredo

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Outros artigos relacionados à área Agroindústria

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade