Cultivo do Shiitake em substratos

No cultivo em blocos de substrato, deve-se adicionar de três a cinco por cento de sementes, em relação ao peso do bloco

O Lentinula edodes é conhecido como Shiitake, cogumelo japonês, cogumelo da floresta e cogumelo chinês. Foto: reprodução 

O Lentinula edodes é conhecido como Shiitake, cogumelo japonês, cogumelo da floresta e cogumelo chinês. Sua produção depende muito da semente (inoculante), tanto sob os aspectos genéticos (linhagens), quanto pelas suas interações com substratos, ambiente e tecnologias de cultivo a adotar. O seu ciclo de vida, em sua maior parte, é constituído pelo micélio vegetativo. Nessa fase micelial, ele tem aspecto de teia, quando fica digerindo, absorvendo e armazenando nutrientes, preparando-se para a fase seguinte, chamada de reprodutiva, quando frutifica, formando o cogumelo, que é a parte comercializada do fungo.

“O micélio de Shiitake, independente da linhagem, cresce melhor na faixa de 22 a 25°C, mas difere em outras importantes características: taxa de crescimento, resistência a fungos competidores, tendência à frutificação, temperatura ótima para frutificação, tamanho e formato do cogumelo”, afirmam Augusto Ferreira da Eira e Fernanda Silveira Bueno, professores do curso Cultivo de Cogumelos Shiitake em Substratos, elaborado pelo CPT – Centro de Produções Técnicas.

Cuidados com a semente

 

Muitos problemas podem ser causados por sementes de baixa qualidade ou linhagens fracas, que não são aptas à competição no substrato de cultivo. Infelizmente, a hora em que o produtor verificar essas deficiências, um investimento considerável de tempo e material já foi perdido. Para se evitar isso, o micélio deve ser adquirido de empresas idôneas, com respaldo técnico, que possam demonstrar a qualidade do seu produto, isto é, devem possuir uma área experimental onde cada lote de semente (geralmente o primeiro de cada série de matrizes secundárias) seja adequadamente testado.

 

A semente mal conservada ou velha (fora do prazo de validade) perde o vigor. Para realizar a inoculação, enquanto a semente encontra-se no auge de sua vitalidade (crescimento exponencial de preferência), faz-se necessário obedecer aos seguintes pontos:

 

- O pedido da semente deve ser feito, pelo menos, um mês antes da data prevista para inoculação;

- Uma vez recebidas as sementes, deve-se efetuar a inoculação o mais rapidamente possível (se forem armazenadas por muito tempo, há o risco de perderem seu potencial germinativo);

- As sementes devem ser mantidas em local fresco, escuro e com baixa temperatura;

- Não deixar sementes na proximidade de agrotóxicos ou adubos químicos;

- Uma vez aberto o recipiente, a semente deve ser inoculada no mesmo dia ou conservada em geladeira para uso no dia subsequente;

- A operação de inoculação do substrato de cultivo deve ser realizada em salas desinfetadas (no caso de pasteurização severa) ou em condições assépticas (no cultivo axênico);

- No cultivo em blocos de substrato, deve-se adicionar de três a cinco por cento de sementes, em relação ao peso do bloco, ou seja, para blocos de dois quilos, adiciona-se entre 60 e 100 g de sementes.

 

Shiitake em substratos

  Em condições normais, o bloco de substrato não precisa ser regado antes do início do aparecimento dos primórdios, devido à sua elevada umidade

Sobre o cultivo do Shiitake em substratos

 

- Versatilidade no uso de matérias-primas – os materiais usados como substrato são , principalmente, serragem e outros subprodutos ou resíduos agrícolas, como bagaço de cana-de-açúcar, farelo de arroz, farelo de trigo, farelo de soja, borra de café, entre outros;

 

- Menor período de maturação para início da produção e maior produtividade – o cultivo em substratos diminui o tempo de produção e aumenta a produtividade em comparação com o cultivo em toras, que requerem de seis meses a um ano em condições naturais. 100 kg de toras úmidas produzem, em média, 7 a 10 kg de cogumelo fresco. No substrato sintético, cogumelos podem ser colhidos entre 60 e 90 dias, após a inoculação, e o tempo de produção poderá estender-se por até 8 meses. Em condição controlada ou semicontrolada, a produtividade em bases úmidas chega entre 20 e 30% e a eficiência biológica chega a 80% em média (significando que 100 kg de substrato seco podem produzir 80 kg de cogumelos frescos);

 

- Facilidade operacional – o cultivo de Lentinula em sacos plásticos é relativamente fácil. Pode ser feito por jovens ou idosos, como negócio em áreas rurais e distritos urbanos. Além disso, gera o desenvolvimento de um novo e importante caminho para o cultivo desse cogumelo, permitindo a utilização de muitos resíduos volumosos e concentrados da agricultura, pecuária e agroindústrias;

 

- Maior garantia de produção para a demanda requerida pelo mercado – o cultivo em substratos é mais controlado, menos sujeito a fatores incontrolados, que favorecem doenças e pragas, e menor aleatoriedade de produção, fato muito comum no cultivo em toras de madeira. Portanto, o cultivo em substratos acarreta menor incidência de contaminações e doenças, principalmente de fungos competidores;

 

- Melhor utilização do espaço nas câmaras de cultivo e produção e pode ser cultivado até em distritos urbanos;

 

- Maior teor proteico e menor qualidade visual – os cogumelos obtidos em substratos são macroscopicamente inferiores aos obtidos em toras de madeira, mas, face ao enriquecimento do substrato (relação C/N/P mais estreitas), os cogumelos têm maior teor proteico;

 

- Em condições normais, o bloco não precisa ser regado antes do início do aparecimento dos primórdios, devido à elevada umidade do substrato que, normalmente, é de 78% e fica confinado no interior do saco, que mantém a umidade. No caso de a umidade ficar abaixo de 70% (em alguns casos menor que 50%), o bloco deve ser regado, mas sua produção será afetada;

 

- O espaço de tempo entre o início da colonização do micélio e a frutificação varia muito, dependendo da cepa usada e das condições de crescimento. Em geral, no mínimo, 60 dias e , no máximo, 180 dias são necessários para a frutificação. Se o tratamento para a frutificação for feito muito cedo ou tarde, o bloco produz cogumelos anormais e apresentará baixa produtividade. Se o bloco receber tratamento térmico entre 120 a 150 dias, obtém-se cogumelos de tamanho e forma desejados e boa produtividade;

 

- Se a temperatura de incubação for ao redor de 20°C (variando entre 15 e 25°C), serão produzidos cogumelos de boa qualidade;

 

- Quando os primórdios aparecerem, a umidade relativa deve ser mantida entre 85 e 90%. Nos estádios anteriores, deve ser mantida em torno de 60%, pois diminui a chance de contaminação;

 

- A primeira produção de cogumelos normalmente dura de 7 a 10 dias. Quando um cogumelo é colhido, uma cicatriz é deixada no bloco. O período de recuperação para uma segunda colheita varia entre 15 e 45 dias. Após esse período, o bloco deve ser submetido a um choque de imersão seguido de abaixamento da temperatura, de forma análoga à primeira produção. A terceira produção poderá ser antieconômica.

 

Confira mais informações, acessando os cursos da área Cogumelos Comestíveis.

 

Por Andréa Oliveira

Cursos Relacionados

Curso Cultivo de Cogumelo Shiitake Curso Cultivo de Cogumelo Shiitake

Com Prof. Dr. Augusto Ferreira

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Cultivo de Cogumelo Medicinal - Agaricus blazei (Murrill) Curso Cultivo de Cogumelo Medicinal - Agaricus blazei (Murrill)

Com Prof. Dr. Augusto Ferreira

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Cultivo de Cogumelo Shiitake em Substratos Curso Cultivo de Cogumelo Shiitake em Substratos

Com Prof.ª Fernanda Silveira

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

João Baptista Gomes

24 de mai de 2018

Desejo saber se através dos senhores posso comprar blocos prontos para semear.

Resposta do Portal Cursos CPT

25 de mai de 2018

Olá João Baptista,

Para mais informações cadastramos seu e-mail para receber nosso boletim informativo.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Marcos Machado

5 de jun de 2017

Gostaria de informações sobre cursos de produção de shiitake. Grato!

Resposta do Portal Cursos CPT

5 de jun de 2017

Olá, Marcos.

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Nossas consultoras entrarão em contato com mais informações sobre o curso.

Atenciosamente,

Renato Rodrigues.

Maria da Glória de roca

9 de abr de 2017

Tenho muito interesse em aprender tudo sobre os cogumelos. Produção e comercialização.

Resposta do Portal Cursos CPT

10 de abr de 2017

Olá Maria da Glória,

Nossas consultoras entrarão em contato com mais informações sobre os Cursos a Distância na área Coguemlos Comestíveis.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Valderez malise franck

18 de mar de 2017

Gostaria de adquirir pacotes prensados e inoculados com Shitake, vocês vendem? Att. Franck

Resposta do Portal Cursos CPT

20 de mar de 2017

Olá Valderez,

Recomendamos que procure por produtores em sua cidade ou região.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

danilo

23 de out de 2015

Gostaria de saber se há curso para aprender a produzir substrato

Resposta do Portal Cursos CPT

26 de out de 2015

Olá, Danilo!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Nossas consultoras entrarão em contato com mais informações sobre o Curso CPT Cultivo de Cogumelo em Substratos.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Milton de Andrade

15 de jun de 2015

Gostaria de saber quando foi a ultima atualização do curso shiitake em substrato, e no caso de compra do curso qual o tempo de entrega para São Paulo Capital. grato

Resposta do Portal Cursos CPT

16 de jun de 2015

Olá, Milton!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Nossas consultoras entrarão em contato com mais informações sobre o Curso CPT Cultivo de Cogumelo Shiitake em Substratos.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

GABRIEL SALOMAO DE ALMEIDA

4 de out de 2014

Boa tarde, gostaria de saber informações sobre o curso, se poderiam mandar folhetos, e se possuem blocos ou poderiam informar fornecedores

Resposta do Portal Cursos CPT

6 de out de 2014

Olá, Gabriel!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

Nossas consultoras entrarão em contato com mais informações sobre o Curso CPT Cultivo de Cogumelo Shiitake em Substratos.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Jorge Augusto Diniz

25 de jul de 2013

Não se trata de comentário. Estou disposto conhecer a técnica para produção de cogumelos comestíveis, ao ler o texto fiquei em dúvidas, abaixo informadas, pois pretendo fazer curso para tal feito, gostaria de saber se posso investir nessa atividade, pois: a) tenho propriedade em Santo Antonio do Pinhal / SP (Vale do Paraíva), estbelecida no coração da mata; b) ambiente úmido... muita água... muitas árvores... etc. c) inverno (média) 12ºC d) verão (média) 25 a 35ºC e) estamos a +/- 22 Km (linha reta) de Campos de Jordão. Antes de cursar sobre o cultivo... vale a pena investir nessas condições? Grato

Resposta do Portal Cursos CPT

25 de jul de 2013

Olá, Jorge Augusto!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

Para mais informações nossas consultoras entrarão em contato.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Outros artigos relacionados à área Cogumelos Comestíveis

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade