WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Produção de biodiesel é essencial à sustentabilidade do planeta

Pinhão-manso vem se destacando como uma planta com grande potencial para essa finalidade, por causa do alto teor de óleo de suas sementes

O pinhão-manso tem a vantagem de ser uma planta perene, que produz por mais de 40 anos.

Nos dias de hoje, é evidente e urgente, por questões ambientais, o aumento da utilização de recursos renováveis, ou seja, que possam ser produzidos de acordo com as necessidades, como são os vegetais, como alternativa para a produção de combustíveis. Alguns países da Europa até consideram a introdução de biodiesel na matriz energética como assunto inadiável e irrevogável, independentemente da variação do preço de petróleo no futuro.

No Brasil, desde 1930, vários trabalhos têm sido feitos com o objetivo de incorporar fontes renováveis de combustíveis na matriz energética. Em 1970, foi criada a OPEP – Organização dos Países Exportadores de Petróleo,  devido à crise de abastecimento de derivados de petróleo, quando já se viu urgente a introdução de combustíveis alternativos. Também a criação do PRÓ-ALCOOL em 1980, regulamentando o uso da cana-de-açúcar como matéria-prima para produção de etanol, combustível alternativo para motores à gasolina, foi um novo estímulo.

Em datas mais recentes, o governo brasileiro lançou o programa brasileiro de biocombustíveis, para viabilizar a utilização do biodiesel.  Em 13 de janeiro de 2005, com o Programa Nacional de Produção e Uso do Biodiesel, pela lei no 11.097, regulamentou-se o uso de biodiesel na matriz energética brasileira, prevendo que, a partir de 2013, deverá ser misturado ao óleo diesel fóssil uma porcentagem de 5% de biodiesel.

No país, o programa de biocombustível cresce a passos largos, com a implantação de indústrias de produção em todas as regiões e o aumento do número de produtores rurais envolvidos no cultivo de matéria-prima. Nosso país tem a vantagem de possuir uma vasta área que pode ser usada para a agricultura, mais de 100 milhões de hectares. Dessa forma, pode se tornar grande produtor de oleaginosas, acompanhando a demanda crescente por biocombustível no mundo.   

A introdução de biodiesel na matriz energética é considerado um assunto inadiável e irrevogável.

Várias espécies de plantas oleaginosas podem ser usadas para extração de óleo, que será transformado em combustível. Dentre elas, as mais importantes economicamente são a soja, a mamona e o dendê. Entretanto, o pinhão-manso vem se destacando como uma planta com grande potencial para essa finalidade, por causa do alto teor de óleo de suas sementes, cerca de 33% na extração mecânica e 38% na química. Além disso, tem excelentes características físico-químicas:  é planta rústica, que se adapta a várias condições de clima e solo, resistente à seca e pouco atacada por pragas e doenças. Também, tem a vantagem de ser uma planta perene, que produz por mais de 40 anos. Dessa forma, não precisa ser plantada todos os anos.

O pinhão-manso é encontrado em todas as regiões do Brasil, adaptando-se às mais diversas condições edafoclimáticas. Mas, somente nos últimos anos, a espécie começou a ser cultivada comercialmente no país. Empresas de pesquisa agropecuária, universidades e empresas agrícolas de diversos estados brasileiros estão desenvolvendo trabalhos de pesquisa sobre o cultivo do pinhão-manso. Dessas pesquisas já resultaram alguns dados que indicam parâmetros técnicos para seu cultivo.

Com o objetivo de disseminar os conhecimentos sobre a utilização do pinhão-manso para produção de combustível, o CPT – Centro de Produções Técnicas elaborou o curso “Cultivo de Pinhão-manso para Produção de Biodiesel” no qual você receberá informações do professor Nagashi Tominaga, especialista no cultivo de pinhão-manso, e dos engenheiros agrônomos Jorge Kakida e Eduardo Kenji Yasuda. 

Após fazer o curso e ser aprovado na avaliação, o aluno recebe um certificado de conclusão emitido pela UOV – Universidade On-line de Viçosa, filiada mantenedora da ABED – Associação Brasileira de Educação a Distância.

Devido às suas características agronômicas e ao baixo custo do cultivo, o pinhão-manso é a grande aposta do agronegócio para a produção de biodiesel e também uma fonte de renda complementar para o agricultor.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

lucia

21 de abr. de 2014

onde conseguir mudas desta planta pinhão manso.

Resposta do Portal Cursos CPT

22 de abr. de 2014

Olá, Lúcia!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

Recomendamos que procure o Embrapa de sua cidade ou região, lá você poderá encontrar.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!