WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Dia do Cliente

Mamona, opção energética do século XXI

Seu óleo é capaz de substituir o petróleo como combustível

Da mamoneira se aproveita tudo, desde a folha até o óleo.

A mamoneira é uma planta da qual tudo se aproveita. A folha é fonte de clorofila, utilizada na indústria alimentícia, cosmética e de produtos de higiene.

O caule fornece fibras para a indústria têxtil e para a fabricação de celulose. A semente produz um óleo de excelente qualidade, com múltiplas utilidades. O sub-produto da extração de óleo é a torta de mamona que constitui um ótimo adubo orgânico. Além disso, a mamoneira tem grande capacidade de adaptação a diversas condições climáticas, podendo ser cultivada em todas as regiões brasileiras.

MAMONA - O DIESEL VERDE

O óleo de mamona possui um mercado internacional crescente, garantido pela multiplicidade de usos, em diferentes tipos de indústrias. No Brasil, espera-se o incremento do seu mercado, nos próximos anos, em virtude da sua utilização na produção do biodiesel. Com esse aumento de demanda, abrese uma nova perspectiva para os produtores rurais.

Trata-se de uma planta de cultivo simples, barato e de fácil manejo. Pode ser adotada por pequenos produtores, com importante função social, ao empregar a mão-de-obra familiar, pode ter também um cultivo tecnificado e assim produzir em grande escala.

O governo, em âmbito federal e estadual, está criando programas de incentivo à cultura da mamona, inclusive, oferecendo uma linha de crédito para pequenos produtores. Além disso, a implantação de indústrias de extração do óleo nas regiões produtoras garante aos agricultores a comercialização de sua safra.

Dessa forma, a cultura da mamona destaca-se como uma atividade próspera e segura. Como diz o Professor Reinaldo Nunes de Oliveira, engº. agrônomo da EMATER - MG, especialista em cultivo de mamona, o mundo descobriu o "Diesel Verde", descobriu, enfim, a mamona, a cultura do Século XXI.

A Coordenação Técnica e Científica do curso Cultivo e Processamento de Mamona ficou a cargo do Engenheiro Agrônomo Reinaldo Nunes de Oliveira, técnico da EMATER, MG, com a colaboração do Engo Agrônomo Dr. Nívio Poubel Gonçalves, pesquisador da EPAMIG - Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!