WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Como o óleo de fritura se transforma em biodiesel?

Quando o óleo de fritura se transforma em biodiesel, evita-se um sério impacto ambiental

Como o óleo de fritura se transforma em biodiesel?

O óleo residual de cozinha pode ser aproveitado para fazer sabão, resina e biodiesel. Entretanto, ao invés disso, ele desce ralo abaixo, até as estações de tratamento de água, o que torna a decantação, a filtragem e correção de pH da água muito mais difíceis e onerosas. “Quando o óleo de fritura se transforma em biodiesel, evita-se um sério impacto ambiental”, afirma Paulo Anselmo Ziani Suarez, professor do Curso CPT Produção de Biodiesel na Fazenda.

Coleta do óleo residual de fritura


Anualmente, o Brasil produz mais de um milhão de toneladas de óleo e gordura residual. O grande desafio é realizar uma boa logística para coletar esse material em residências, lanchonetes, bares e restaurantes. Principalmente porque eles não estão distribuídos na mesma região. Sem falar que as pessoas não percebem a importância do aproveitamento sustentável do óleo de fritura e o descartam indevidamente.

Vantagens dos biodiesel de óleo de fritura


Muitos nem mesmo imaginam que do óleo residual pode ser fabricado o biodiesel, um combustível renovável, sem poluentes como enxofre. Na verdade, são diversas as vantagens de se transformar o óleo de fritura em biodiesel. Além do uso em motores diesel sem adaptação, o biodiesel de óleo residual apresenta grande potencial lubrificante, o que aumenta a vida útil do motor e reduz em 80% a emissão de gases de efeito estufa na atmosfera.

Como o óleo de fritura se transforma em biodiesel?


Filtragem e transesterificação

Na etapa inicial, o óleo de fritura segue para filtragem com o objetivo de remover impurezas e resíduos alimentares. Em seguida, o óleo filtrado é encaminhado para o reator ultrassônico, onde ocorre o processo conhecido como transesterificação. Trata-se de uma reação química ocorrida no óleo, estimulada por catalisador heterogêneo nanomodificado, na presença de álcool metílico.

Separação e purificação

Do processo, surgem glicerina e biodiesel. Ambos são separados e o biodiesel segue para a purificação no processo chamado “dry wash” (exigências da ANP – Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis). Dessa forma, ele está pronto para o abastecimento de geradores e veículos. Quanto à glicerina, ela é utilizada como matéria-prima nas indústrias de cosméticos, de alimentos e farmacêutica.

Conheça os Cursos CPT da Área Biocombustíveis.

Leia o artigo "Biodiesel - parâmetros de qualidade."

Fontes: biodieselbr.com; em.com.br

Por Andréa Oliveira.

Faça já o Download Grátis
Faça já o Download Grátis Passo a Passo para Construção de uma Fossa Séptica Biodigestora

Basta preencher os campos abaixo para receber o material por e-mail:

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!