Mega Desconto CPT - Todos os Cursos com 15% de Desconto.

Coco Macaúba - como é feita a despolpa dos frutos?

A despolpa é a primeira etapa do processo de industrialização dos cocos da macaúba. O despolpador é uma máquina que separa a casca e a polpa do endocarpo para a extração do óleo

Coco macaúba

A despolpa é a primeira etapa do processo de industrialização dos cocos da macaúba, em que a polpa e a casca são separados do endocarpo. Após a despolpa dos dois produtos principais, polpa mais casca e os caroços seguem caminhos diferentes de processamento. A polpa e a casca passam por um processo de cozimento e prensagem, obtendo-se o óleo bruto de polpa e a fibra. Já os caroços têm o endocarpo e a amêndoa separados. A amêndoa passa por prensagem para retirada do óleo, sobrando a torta. O endocarpo, que também sobra no processo, pode ser transformado em carvão. Nas regiões onde o óleo de macaúba é tradicionalmente explorado, sua destinação é praticamente exclusiva para as pequenas fábricas de sabões (BIODIESEL, 2007).

Segundo Dr. Luiz Ângelo Mirisola Filho, professor do Curso a Distância CPT Cultivo e Processamento de Coco Macaúba para Produção de Biodiesel, em Livro+DVD e Curso Online, “O despolpador é uma máquina que separa a casca e a polpa do endocarpo dos cocos da macaúba. É da polpa que será extraído o óleo”. Esse tipo de utilização predominante ocorre por conta da baixa qualidade do óleo extraído de frutos em estado bastante deteriorado, que passaram por fermentação em razão de colheita tardia feita no chão e de terem sido conservados ao ar livre, sem nenhum tipo de tratamento.

Geralmente, os cocos da macaúba, depois da coleta, são deixados amontoados ao ar livre por vários meses, até serem submetidos à extração em prensas hidráulicas. Para essas pequenas fábricas, contraditoriamente, a fermentação acaba sendo útil. É que se, por um lado, as fermentações nos frutos causam perda de qualidade para a extração de óleos mais nobres; por outro, os frutos assim mantidos apresentam como característica uma maior facilidade de extrusão da polpa do caroço nos despolpadores tradicionais utilizadas nessas indústrias. Isso não acontece com o fruto fresco, cujas fibras na polpa são mais intensamente aderidas ao caroço.

Para que os frutos possam ser despolpados quando estão em boas condições de conservação, tendo sido esterilizados, é necessário o uso de um descascador-despolpador, no qual a casca e a polpa sejam totalmente separados do endocarpo. Os despolpadores eficientes são geralmente acionados por motores de maior potência, com cerca de 5 HP, com capacidade de processamento de até duas toneladas de cocos frescos por hora.

O processo industrial dessa fase prevê inicialmente a limpeza dos cocos que vieram do campo, para que sejam retiradas impurezas como terra e outros elementos nocivos, usando para isso peneiras vibratórias ou sopro por ar comprimido. A seguir, os frutos são esterilizados por vapor, para, finalmente, serem despolpados (CETEC, 1983; BIODIESEL, 2007).

Os despolpadores podem ser montados em estruturas de metal ou concreto, de forma que acima deles seja instalado um depósito de cocos que direcionem os frutos para a entrada da máquina por meio de moegas. Os frutos então são despolpados, liberando o endocarpo e a mistura de polpa mais casca, direcionados cada um deles para a próxima etapa de processamento. A polpa para a prensa de extração de óleo e o endocarpo para a britadeira onde a casca será quebrada, liberando a amêndoa. Conclui-se, então, que a utilização de um bom despolpador é fundamental para que a extração da polpa seja feita com qualidade e maior rendimento.

Conheça os Cursos a Distância CPT, em Livros+DVDs e Cursos Online, da área Biocombustíveis.
Por Silvana Teixeira.

Salvar

Cursos Relacionados

Curso Cultivo e Processamento de Mamona Curso Cultivo e Processamento de Mamona

Com Prof. Reinaldo Nunes de Oliveira

15% DE DESCONTO

De R$ 338,00 por R$ 287,30 à vista ou em até 10x de R$ 28,73 sem juros no cartão + frete

Saiba mais
Curso Cultivo de Pinhão-Manso para Produção de Biodiesel Curso Cultivo de Pinhão-Manso para Produção de Biodiesel

Com Prof. Nagashi Tominaga

15% DE DESCONTO

De R$ 360,00 por R$ 306,00 à vista ou em até 10x de R$ 30,60 sem juros no cartão + frete

Saiba mais
Curso Cultivo e Processamento de Coco Macaúba para Produção de Biodiesel Curso Cultivo e Processamento de Coco Macaúba para Produção de Biodiesel

Com Prof. Dr. Ângelo Mirisola

15% DE DESCONTO

De R$ 360,00 por R$ 306,00 à vista ou em até 10x de R$ 30,60 sem juros no cartão + frete

Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Outros artigos relacionados à área Biocombustíveis

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade