WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Quais as diferenças entre pulverizador e atomizador?

Na agricultura, o controle químico de pragas, doenças e plantas invasoras é realizado com produtos aplicados com pulverizador ou atomizador

Quais as diferenças entre pulverizador e atomizador?

Na agricultura, o controle químico de pragas, doenças e plantas invasoras deve seguir parâmetros de segurança, que não coloquem em risco a saúde humana nem prejudiquem o meio ambiente. Além disso, a aplicação dos agroquímicos (regulamentados pelo Mapa) deve ser prescrita por engenheiro agrônomo. Geralmente são utilizados dois equipamentos, o pulverizador e o atomizador. Mas quais as diferenças entre ambos?

Atomizador


Recomenda-se o uso do atomizador para áreas de cultivo mais extensas, características da fruticultura e horticultura comercial. Dentre as particularidades do equipamento, está a possibilidade de aplicação de defensivos agrícolas, em locais que inviabilizam o acesso de tratores e em cultivos adensados. O produto pode ser lançado a mais de 10 metros de distância por minuto, com alta performance de aplicação.

Graças ao sistema de descompressão do equipamento, torna-se mais fácil a sua operação, o que reduz consideravelmente os esforços do operador. Além da aplicação de agroquímicos nas plantações, o atomizador permite a aplicação de fertilizantes e calcário (para calagem do solo). Até mesmo sementes e ração para peixes podem fazer bom uso do equipamento, contanto que ele seja de uso exclusivo para tal.

Pulverizador


Recomenda-se o uso do pulverizador para diferentes áreas de produção do setor agropecuário. Entretanto, os resultados são melhores quando a aplicação de defensivos agrícolas e fertilizantes é realizada em culturas não suscetíveis a altas velocidades de ar. Por outro lado, a operação do equipamento é fácil e garante total mobilidade ao profissional. O pulverizador permite o lançamento do produto em forma de microgotículas.

Além do controle de pragas, doenças e plantas daninhas, o equipamento pode ser utilizado para esterilização de instalações, como baias e galpões. Independentemente da finalidade do pulverizador, por ser leve e constituído de suportes costais almofadados, sua operação é facilitada. Do tanque de armazenamento sai uma mangueira com cinta telada em metal, o que possibilita a aplicação do produto, com segurança, até mesmo sob alta pressão.

Pulverizador x atomizador


O pulverizador apresenta tampa de partida independente, filtro de ar e suportes costais almofadados. O equipamento é ideal para controle de pragas, doenças e ervas invasoras, bem como adubação e desinfecção de instalações onde se criam animais. Projetado para culturas que suportam velocidades de ar baixas, o pulverizador é próprio para líquidos e grãos.

O atomizador apresenta tampa de partida independente, filtro de ar e cinturão. O equipamento é ideal para controle de pragas, doenças e ervas invasoras, bem como adubação, fornecimento de ração para peixes e combate a incêndios. Projetado para culturas que suportam velocidades de ar elevadas, o atomizador é próprio para líquidos, grãos e pó.

Conheça o Curso CPT Controle de Cupins em Áreas Agrícolas, Pastagens e Construções Rurais.

Leia o artigo "Novas regras para pulverização aérea de lavouras."

Fonte: mundohusqvarna.com.br

Por Andréa Oliveira.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!