WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Black Friday 30%OFF nos cursos online 15% OFF nos cursos em livro+DVD + 5% OFF extra no cartão de crédito

Pragas do milho: controle da lagarta-do-cartucho

Essa praga recebe esse nome, pois devido ao canibalismo, somente uma lagarta se desenvolve por cartucho

largata do cartucho

 

O milharal pode ser muitas vezes atacado por pragas. Mas nenhuma delas é tão destrutiva como a lagarta-do-cartucho, cientificamente chamada de Spodoptera frugiperda. Como sempre, a prevenção é a melhor arma contra a disseminação de pragas como essa. Além disso, o agricultor deve conhecer os principais meios de controle da lagarta, pois, caso contrário, o prejuízo será imensurável.

Essa praga recebe esse nome, pois devido ao canibalismo, somente uma lagarta se desenvolve por cartucho. Quando na fase larval, sua coloração vai do pardo ao verde escuro, quase preto. Em seu dorso, há três linhas bem finas branco-amareladas. Já na faixa lateral do corpo, há uma linha branco-amarelada; abaixo desta, segue uma listra amarela marcada de vermelho.

Quando adulta, a praga se apresenta como uma mariposa, com asas anteriores de cor marrom polvilhadas com manchas brancas.

O ataque começa pelos ovos depositados pela mariposa na parte superior da folha da planta. Três dias depois, as lagartas surgem com força total, alimentando-se das folhas mais novas do milho. No decorrer do tempo, elas destroem o pé de milho por completo, devorando todas as suas folhas e atacando as raízes. Algumas também atacam a espiga do milho. Por fim, principalmente se a planta for nova, ela morre. Em casos mais graves, a produção de milho pode ser diminuída em até 20%.

Quando o período de larva termina, de 12 a 30 dias, as lagartas-do-cartucho penetram no solo, para que todo o ciclo se inicie novamente. Daí a extrema urgência de se tomar as devidas providências o quanto antes.

Segundo os professores João Carlos Cardoso Galvão e Glauco Vieira Miranda, do Curso Produção de Milho em Pequenas Propriedades, a inspeção constante do milharal deve ser feita como medida principal de controle da praga.

Como proceder ao controle da praga?

O método mais eficiente e recomendado pela maioria dos engenheiros agrônomos é o tratamento das sementes do milho antes do plantio. Entretanto, se houver estresse hídrico, esse método deve ser suplementado com pulverizações no foco de ataque da praga.

Na fase crítica do ataque da lagarta-do-cartucho, devem ser pulverizados produtos piretroides ou fosforados no milharal infestado. A dosagem e a forma adequada de utilização desses produtos devem ser prescritas por um especialista. Dessa forma, o controle será efetivo e obterá êxito.

Por Andréa Oliveira.

Fontes: Agrobyte e Wikipedia.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!