WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Horta: como plantar batata-doce (Ipomoea batatas) de forma orgânica

A batata-doce, Ipomoea batatas, é uma hortaliça tuberosa, melhor produzida em clima quente, com temperaturas noturnas e diurnas superiores a 20 graus centígrados, e alta luminosidade

Horta: como plantar batata-doce (Ipomoea batatas) de forma orgânica

A batata-doce, cujo nome científico é Ipomoea batatas, é uma hortaliça tuberosa, melhor produzida em clima quente, com temperaturas noturnas e diurnas superiores a 20 graus centígrados, e alta luminosidade. Seu cultivo orgânico é feito, preferencialmente, no período chuvoso e quente. Entretanto, pode ser cultivada, também, em locais com clima ameno, mas que não sejam demasiadamente frios. Normalmente, a época de plantio orgânico vai de outubro até janeiro em locais de altitude. Em regiões baixas, com inverno ameno, ou seja, não muito frio, pode ser cultivada o ano todo.

Existem cultivares de batata-doce com película externa branca, rosada ou avermelhada, e coloração da polpa de cor branca, amarela ou creme. A escolha para plantio, depende da preferência do mercado ao qual se destina a produção. Para o cultivo orgânico, deve-se dar preferência aos cultivares existentes na região, que apresentem boa adaptação às condições de clima e solo locais, e boa produtividade.

A propagação da batata-doce pode ser feita através de pedaços de ramas, brotos ou batatas brotadas. Recomenda-se a utilização de ramas novas, obtidas em viveiros, onde são plantadas batatas selecionadas, livres de problemas fitossanitários. Em regiões altas, o plantio em viveiro, para produção de mudas, utilizando-se ramas do plantio anterior, deve ser feito de abril a agosto, com irrigação. Depois, as ramas novas das plantas no viveiro devem ser cortadas, formando mudas com 3 ou mais nós, e 30 a 40 cm de comprimento, em média.

Como plantar batata-doce


1. A batata-doce deve ser plantada em leiras com altura de 25 a 35 cm.
2. O espaçamento recomendado é de 1 m entrelinhas e 40 cm entre plantas.
3. As ramas devem ser enterradas forçando sua parte central contra o solo. Para que não se quebrem, no momento do plantio, essas ramas devem ter sido preparadas um dia antes, de forma a estarem parcialmente murchas, no momento do plantio.

Adubação orgânica


A adubação de plantio deve ser realizada a lanço em todo o solo, na dosagem de 10 t de composto orgânico por hectare. A incorporação do adubo orgânico é feita na ocasião do levantamento das leiras.

Tratos culturais


a) Irrigação

Quando o plantio é realizado na época das chuvas, é quase desnecessário fazer irrigações. Estas devem ser feitas apenas em caso de veranico prolongado e no cultivo realizado na época da seca. O sistema indicado é a aspersão. As fases em que a batata-doce exige mais água são: no início do crescimento das ramas plantadas e na fase de formação das batatas. Ao aproximar-se a época da colheita, a irrigação deve ser mais escassa, pois excesso de água prejudica o sabor do produto e sua conservação pós-colheita, e aumenta a incidência de podridões.

b) Capina

Devem ser feitas duas a três capinas manuais, junto às linhas de plantas, até que as ramas da batata-doce cubram totalmente a área. A partir desse momento, a cultura convive bem com as ervas nativas do local.

Controle fitossanitário


A batata-doce é uma planta muito rústica e, por isso, não apresenta problemas com pragas e doenças. Eventuais problemas com brocas, que atacam as batatas, podem ser controlados pelas práticas utilizadas na agricultura orgânica, como a rotação de culturas e o equilíbrio ecológico no solo, além da manutenção de corredores de refúgio na área, por exemplo.

Colheita


O ponto de colheita é indicado pelo amarelecimento da parte aérea e pela queda de grande parte das folhas; o que ocorre de 115 a 140, até 210 dias após o plantio, dependendo das condições climáticas da região. A colheita pode ser feita com enxada ou enxadão, evitando-se ferimentos às batatas, e pode ser parcelada, uma vez que a batata-doce conserva-se, por algumas semanas, debaixo do solo. Mas, deve ser realizada antes que comece novo período de chuvas.

Entre os mais comuns, fáceis de serem cultivados e manejados listam-se os seguintes vegetais listados nos links de referência abaixo. Clique e confira!


Abobrinha (Cucurbita pepo L.)
Acelga (Beta vulgaris cicla)
Agrião (Nasturtium officinale)
Alcachofra (Cynara cardunculus subsp scolymus)
Alface (Lactuca sativa)
Alho Poró (Allium porrum)
Almeirão (Cichorium intybus)
Aspargo (Asparagus setaceus)
Bardana (Arctium lappa)

Batata (Sclanum tuberosum)
Berinjela (Solanum melongena)
Beterraba (Beta vulgaris)
Brócolis (Brassica oleracea)
Cebola (Allium Cepa L.)
Cenoura (Daucus carota)
Chicória (Cichorium endivia)
Couve (Brassica oleracea)
Couve-flor (Brassica oleracea var. botrytis L.)
Ervilha (Pisum sativum)
Espinafre (Spinacia oleracea)
Fava (Vicia faba)
Grão-de-bico (Cicer arietinum L.)
Inhame (Colocasia esculenta)
Mandioquinha (Arracacia xanthorrhiza)
Mostarda (Sinapis alba)
Nabo (Brassica rapa L.)
Ora-pro-nóbis (Pereskia aculeata Miller)
Pepino (Cucumis sativus)
Pimentão (Capsicum annuum)
Quiabo (Abelmoschus esculentus)
Repolho (Brassica oleracea var. Capitata L.)
Serralha (Sonchus oleraceus)
Taioba (Xanthosoma sagittifolium)
Tomates (Solanum lycopersicum)
Vagem (Phaseolus vulgaris)

Quer saber mais sobre o Curso? Dê Play no vídeo abaixo:


 

A seguir, encontram-se listadas as fontes utilizadas para a publicação dos conteúdos acima. Caso haja alguma entidade que se sinta lesada ou não permitir a utilização/divulgação de algum conteúdo/arquivo constante nessas publicações, favor comunicar-se conosco para que possamos providenciar a imediata retirada do mesmo.

Fontes: Hortamiga, nplantas, Portal do Jardim, Globo Rural, Globo Rural, Jardinaria, O Meu Jardim, Site Unimed, Frutas no Brasil, Saberes do Jardim, Vovó que ensinou, Horta em Casa, Como Fazer Tudo, Portal São Francisco.

Conheça os Cursos CPT da área Horticultura.
Por Silvana Teixeira.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

Danilo Rodrigues da Silveira

28 de out. de 2021

Obrigado por compartilhar este material. Abraço forte e fiquem todos com Deus, no C.P.T.! DANILO RODRIGUES DA SILVEIRA, é Agrônomo, Professor, Psicopedagogo Institucional, Microbiologista e Escritor.

Resposta do Portal Cursos CPT

22 de dez. de 2021

Olá, Danilo! Como vai? 

Ficamos muito felizes com sua visita! :) 

Nos que agradecemos por nos acompanhar, obrigada pelo feedback! 

Atenciosamente, 

Lorena Tolomelli. 

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!