WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Agricultura orgânica tem amplos objetivos de saúde, econômico e social

Podemos defini-la melhor, então, como um método de cultivo que visa o estabelecimento de sistemas agrícolas ecologicamente equilibrados e estáveis

Leis e princípios ecológicos e de conservação de recursos naturais constituem, parte integrante da agricultura orgânica.

Leis e princípios ecológicos e de conservação de recursos naturais constituem parte integrante da agricultura orgânica.

Entender a agricultura orgânica como aquela que não faz uso de produtos químicos é muito simplista. Também existe a falsa crença de que esse cultivo representa um retrocesso às práticas antieconômicas de décadas passadas e à produção de subsistência de pequena escala, com a utilização de métodos agronômicos já superados. A realidade, porém, fica muito distante desses pensamentos.

Como deve-se entender a agricultura orgânica? Qual é o conceito desse sistema? Existe alguma ligação entre o cultivo orgânico e as questões sociais e ecológicas?

Podemos defini-la melhor, então, como um método de cultivo que visa o estabelecimento de sistemas agrícolas ecologicamente equilibrados e estáveis, economicamente produtivos, em grande, média e pequena escalas, de elevada eficiência quanto à utilização dos recursos naturais de produção e socialmente estruturados, que resultem em alimentos saudáveis, de elevado valor nutritivo e livres de resíduos tóxicos, e em outros produtos agrícolas de qualidade superior, produzidos em total harmonia com a natureza e com as reais necessidades da humanidade.

Leis e princípios ecológicos e de conservação de recursos naturais constituem, assim, parte integrante desses métodos. As questões sociais são prioritárias, procurando-se preservar métodos agrícolas tradicionais apropriados, ou aperfeiçoá-los.

Alimentos orgânicos

100 g de alimento orgânico 'in natura' é mais que 100 g de alimento convencional.

100 g de alimento orgânico 'in natura' é mais que 100 g de alimento convencional.

A essência dos alimentos está na sua composição em proteínas, carboidratos, fibras e nutriente. Dois aspectos importantes devem ser considerados:

1 - A meta é a produção de plantas saudáveis, o que beneficia a qualidade e a quantidade dos nutrientes, proteínas, carboidratos e fibras nelas contidos, especialmente na parte consumida pelo homem.

2 - Objetiva-se com o alimento orgânico, a ausência de agentes químicos na sua composição, nocivos ao organismo.

Ao se caracterizar um produto como orgânico, significa que durante todo o processo produtivo se empregou técnicas e métodos não agressivos ao meio ambiente. Não utilizam qualquer produto que possa deixar resíduos nos alimentos ou degradar o solo e as águas.

Por esses motivos é que se diz: “100 g de alimento orgânico 'in natura' é mais que 100 g de alimento convencional”.

As questões sociais são prioritárias, procurando-se preservar métodos agrícolas tradicionais apropriados, ou aperfeiçoá-los.

As questões sociais são prioritárias, procurando-se preservar métodos agrícolas tradicionais apropriados, ou aperfeiçoá-los.

Objetivos da agricultura orgânica

Desenvolver e adaptar tecnologias às condições sociais, econômicas e ecológicas de cada região, trabalhando a propriedade rural dentro de um enfoque sistêmico, envolvendo todas as atividades e promovendo a diversificação da flora e da fauna.

Preservação do solo,  evitando a erosão e conservando suas propriedades físicas, químicas e biológicas. Dessa forma, aumenta-se a atividade dos organismo vivos existentes no mesmo, reciclando nutrientes e promovendo o equilíbrio ecológico das unidades de produção.

Além desses objetivos, alimentos cultivados de forma orgânica promovem a autossuficiência econômica e energética da propriedade rural. Também organizam e melhoram a relação entre produtores e consumidores. O agricultor que optar por esse método agrícola tem ainda a garantia do controle dos desequilíbrios ecológicos gerados pelo manejo fitossanitário.

O problema dos agrotóxicos

A sociedade, atualmente, tem se preocupado mais com o consumo de alimentos in natura, de alta qualidade.

A sociedade, atualmente, tem se preocupado mais com o consumo de alimentos in natura, de alta qualidade.

A OMS – Organização Mundial da Saúde, estima que 70% das intoxicações agudas em agricultores, provocadas por exposição ocupacional, são devidas aos compostos organofosforados, amplamente utilizados como inseticidas e extremamente tóxicos.

Estudos com animais e seres humanos relacionam os agentes químicos a inúmeros problemas, como infertilidade e deformações genitais; cânceres desencadeados por hormônios, como os de mama e próstata, e desordens neurológicas em crianças, como hiperatividade e déficit de atenção. Além de problemas de desenvolvimento e reprodução em  animais silvestres.

Outros malefícios dos agrotóxicos para a saúde humana, causados pela ingestão de doses exageradas dos resíduos desses compostos químicos em frutas, verduras e legumes são os problemas intestinais, cardíacos e até mesmo neurológicos, causados principalmente pelos fungicidas encontrados em verduras.

Quanto ao meio ambiente, a contaminação de solos e águas é preocupante. Sistemas que utilizam adubos químicos e agrotóxicos provocam instabilidade no ambiente e desequilíbrios na nutrição das plantas. Nos sistemas orgânicos, o equilíbrio ecológico que ocorre entre os macro e micro organismos é de fundamental importância para manter as pragas e doenças em níveis que não causem danos às culturas.

Por: Patrícia Tristão.

Faça já o Download Grátis
Faça já o Download Grátis Manual para Tornar sua Produção Orgânica

Basta preencher os campos abaixo para receber o material por e-mail:

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

CLEBER DO NASCIMENTO

28 de mai. de 2012

Realmente os cursos de vocês são ótimos. Mas os preços são para poucos.

Resposta do Portal Cursos CPT

25 de jun. de 2012

Olá, Cleber!

O Curso CPT se destaca dentre os demais formatos por ser objetivo, prático e eficiente, além de oferecer grande número de informação em um curto espaço de tempo.

Cada curso é constituído de um livro interativo com filmes, em DVD, que mostram a prática, abordando assuntos relacionados às mais diversas áreas de aprendizado.

Para elaborar os cursos de capacitação profissional, o CPT tem como parceiros os mais renomados professores e as mais conceituadas Instituições de Ensino, Pesquisa e Extensão do país, assim como empresas de alto cunho tecnológico.

 

Att,

Natália Parzanini

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!