WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Torne realidade o sonho de viver do que você ama! 20% OFF nos cursos online + 5% OFF pagando no cartão

Plantio e Transplantio de Mudas Hidropônicas: aprenda

Precisando fazer a transferência das mudas cultivadas em espuma fenólica e em substrato para os perfis do berçário, e destes para os perfis de crescimento final? Podemos ajudar!

Plantio e Transplantio de Mudas Hidropônicas: aprenda   Artigos CPT

Precisando fazer a transferência das mudas cultivadas em espuma fenólica e em substrato para os perfis do berçário, e destes para os perfis de crescimento final? Podemos ajudar, afirma Prof. Dr. Clério Hickmann, do Curso CPT Hidroponia - O Cultivo sem Solo. Aprenda como proceder seguindo as instruções abaixo:

I- Plantio das mudas em sistemas hidropônicos


Após permanecer entre 9 e 10 dias na mesa de germinação, é feito o plantio das mudas. No caso da espuma fenólica, as mudas podem ser separadas cortando a espuma com uma faca ou dividindo os cubinhos com as mãos. Em seguida, cada cubinho deve ser colocado individualmente, no perfil que se encontra sobre o carrinho. Após preenchimento de todo o perfil, esse deve ser colocado no berçário.

II- Transplantio das mudas em sistemas hidropônicos


Passados 15 a 18 dias do plantio, período esse que varia de acordo com a cultura ou variedade, a muda da alface, por exemplo, apresenta muitas folhas, sistema radicular bem desenvolvido, com raízes sadias e longas. O próximo passo é realizar o transplantio, que consiste em transferir as mudas do berçário para o perfil de crescimento final. O perfil do berçário deve ser colocado cobre o carrinho, com cuidado, para realizar o transplantio. Após preenchimento de todo o perfil, esse deve ser colocado no fundo do carrinho.

Com relação às mudas do substrato, é importante lembrar que elas podem ser produzidas tanto em viveiros quanto dentro da própria estufa de produção, basta que esta tenha um cantinho disponível, no entanto, as mudas em espuma fenólica precisam ser produzidas dentro da estufa de produção.

O transplantio das mudas do substrato é feito transferindo cada muda da bandeja para o perfil de crescimento final. Esse processo também é feito no sistema convencional. Após o preenchimento do perfil de crescimento final, o carrinho é deslocado para a parte posterior ao berçário, onde permanecerá até o crescimento final. Os perfis transplantados devem ser colocados no lugar dos perfis da colheita anterior, entre as plantas de porte maior. Em seguida deve-se encaixar o injetor de solução nutritiva dentro do perfil.

O mesmo processo utilizado no sistema de bancadas móveis é adotado também para o sistema de bancadas fixas, porém, caso as mudas sejam produzidas em substrato, não haverá necessidade de bancadas de maternidade, pois as mudas são transferidas diretamente para os perfis de crescimento.

Gostou da matéria? Aprenda mais sobre o assunto no(s) links abaixo:


- Culturas hidropônicas, como escolher?
- Hidroponia: o cultivo sem solo!
Quer saber mais sobre o assunto? Dê Play no vídeo abaixo:


Conheça os Cursos CPT da área Agricultura.
Por Silvana Teixeira.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!