WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Tortas de vitrine, um investimento de lucro garantido

O consumidor prefere o produto artesanal e esta é uma tendência está cada vez mais em voga em todo o mundo

Como fazer tortas de vitrine

Por ter caído nas graças e encantado o consumidor brasileiro, a produção artesanal de tortas de vitrine tornou-se uma alternativa rentável

 

É difícil encontrarmos, nos dias atuais, uma pessoa que nunca tenha sido atraída por um produto exposto em uma bela vitrine. O que encanta aos nossos olhos desperta-nos a vontade de consumo. E as tortas, lindamente expostas em vitrines de lanchonetes, casas especializadas e padarias, podem confirmar essa afirmação.

Fáceis de se fazer e com uma infinidade de sabores, as tortas são apreciadas em todo o mundo. Em momentos especiais ou não, elas, assim como os bolos,  representam o elo de confraternização entre as pessoas e, portanto, são muito valorizadas e consumidas.

Por ter caído nas graças e encantado o consumidor brasileiro, a produção artesanal de tortas de vitrine tornou-se uma alternativa rentável para muitas pessoas que têm aptidão culinária e que querem trabalhar em casa, sem se submeter ao trânsito, horários apertados e aluguel.

“Se o seu produto for de qualidade, o sucesso na atividade é garantido. No caso de tortas, a qualidade consiste principalmente no sabor e na apresentação; ela deve ser muito gostosa e muito bonita, além de ser muito bem apresentada em vitrines com iluminação e refrigeração apropriadas.”, afirmam as professoras Vanessa Maria Figueiredo Campos, Gamali Rodrigues Gomide do curso Como Fazer Tortas de Vitrine, elaborado pelo CPT – Centro de Produções Técnicas.

Para aqueles que pretendem abrir um empreendimento nesse segmento, é importante esclarecer que a demanda é excelente, pois o setor de alimentação vem evoluindo de forma acelerada no Brasil, crescendo à taxa de 30% ao ano, e, segundo os especialistas, a sobremesa é responsável por 20% do faturamento de restaurantes, hotéis, lojas finas de congelados, bufês e supermercados, sendo que a maioria adquire suas tortas de terceiros.
 
Portanto, este é um excelente negócio, em franco crescimento, e que oferece inúmeras oportunidades a todos que querem iniciar um empreendimento sem investir muito.

No entanto, para que tudo dê certo e gere lucros, é necessário que se observe as seguintes questões:

A iniciativa:
Você pode iniciar esta atividade em sua própria cozinha e evoluir, com o tempo e a experiência, para um empreendimento maior.

A clientela:
As tortas podem ser feitas por encomenda ou para o fornecimento de lanchonetes, delicatesses, bufets, supermercados, padarias e outros.

O lucro:
A lucratividade líquida é calculada em torno de 10%, no mínimo, para quem vende para o atacado, e 30% para quem vende diretamente ao consumidor.

A qualidade:
Para garantir a qualidade, a maioria prefere se especializar em determinados tipos de torta, oferecendo menos opções, mas mantendo bem alto o nível de qualidade.


As instalações:


Você pode iniciar esta atividade em sua própria cozinha e evoluir, com o tempo e a experiência, para um empreendimento maior

 


O tipo de instalçao vai variar de acordo com o seu projeto e com sua disponibilidade financeira. O ideal é que se monte, se possível, uma cozinha semi-industrial.

Os utensílios e equipamentos:
Além dos equipamentos próprios de uma cozinha convencional, você precisará: Batedeira, Batedor ou fouet, Panelas, Peneira, Colher de polietileno, Formas de aro removível em vários tamanhos, Espátula de plástico, Prato, Papel manteiga, Faca de pão, Placa salva-bolos e diversos tipos de formas usadas em confeitaria.

A higiene e a qualidade
Quem manipula alimentos deve trajar uniforme, calçados, meia, usar máscara; prendedor e touca nos cabelos; de preferência tudo na cor branca. As unhas devem estar aparadas e sem esmalte e o confeiteiro não deve usar anéis, relógios nem pulseiras. Uma verdadeira guerra sem trégua deve ser travada todos os dias contra os microorganismos, pois, em virtude da umidade e do calor ambiente, as cozinhas são o lugar ideal para fungos e bactérias proliferarem e a noção de como isto ocorre tem que ser repassada aos funcionários conscientizando-os da suas responsabilidades, tais como usar instrumentos diferentes para manipular alimentos crus e cozidos; armazenar os alimentos, agrupando-os por tipos e sempre muito bem tampados; estocar alimentos em lugares secos, usando a regra “o que entra primeiro sai primeiro”.

O lixo:
O lixo deve estar longe da área de manipulação de alimentos, de preferência do lado de fora.

A manipulação do produto:
É importante que entre as etapas de produção das tortas nenhum alimento fique exposto ao ar sem refrigeração.


Confira mais informações, acessando os cursos da área Padaria.

Por Silvana Teixeira

 

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!