WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Cana-de-açúcar - Plantio Mecanizado

Cana-de-açúcar - Plantio Mecanizado

 

A mecanização é uma tendência no cultivo da cana-de-açúcar. As grandes extensões de plantio e o período curto com as condições ótimas de clima, além da economia em mão de obra têm sido as causas da mecanização das operações de plantio.

Existem plantadoras semimecanizadas, da qual dois trabalhadores sentados sobre a carroceria do veículo vão direcionando as mudas para o sistema de corte e distribuição da máquina.

No plantio totalmente mecanizado, as mudas que alimentam a plantadora devem estar picadas e, por isso, são colhidas mecanicamente com colhedoras. Estas distribuem as mudas, o adubo e o inseticida, se for necessário. Existe um modelo de plantadora que possui, também, uma carreta para aplicação de torta de filtro no sulco. Com o auxílio de plantadoras, vários processos que antes eram realizados de forma manual, podem ser feitos com maior eficiência e rapidez.

A mecanização do plantio exigiu desenvolvimento das técnicas para garantir eficiência e qualidade na operação. Um dos principais problemas já contornados é o ferimento das gemas pela colhedora, as falhas ocorridas por espaços onde as mudas não caíam da colhedora, cobertura mal feita, entre outros.  

Atualmente, não se verifica diferenças quanto à brotação dos talhões plantados manual ou mecanicamente. No entanto, existem avaliações com algumas máquinas plantadoras, em que todas elas lançam as mudas na forma de colmos inteiros, mostrando que o sistema convencional de plantio (manual) apresenta uma melhor uniformidade de distribuição dos colmos nos sulcos, enquanto o mecanizado apresenta uma tendência de menor danificação das mudas.
 
Diversos fatores influenciam o plantio mecanizado, como:

- Variedade da cana;
- Idade da muda;
- Tamanho do tolete;
- Temperatura;
- Umidade;
- Preparo do solo;
- Terra sobre a muda;
- Tempo de exposição;
- Distância da muda;
- Relevo da área;
- Posicionamento do talhão;
- Colhedora;
- Transbordo e plantadora, entre outros.

Confira todo o conteúdo sobre Cana-de-Açúcar, acessando o link abaixo:
 
Cana-de-açúcar

Fontes: Embrapa, Wikipédia e UFPB, Ebah

Postado por Silvana Teixeira

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!