WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

"valor-de-mercado-de-codornas-abatidas"

Quer investir em coturnicultura? Baixe nosso guia sobre criação de codornas!

A codorna é uma ave pequenina, mas gigante em performance produtiva. Além de produzir ovos com alto valor comercial, ela possui carne saborosa e nutritiva, com ótimo valor agregado. Não é mera coincidência que a criação de codornas é um dos negócios mais lucrativos da avicultura. Entretanto, o manejo das codornas deve ser adequado para o sucesso do coturnicultor.

Valor médio do litro de leite teve alta em julho

O valor médio do litro de leite bateu recorde real no mês de Julho no Brasil e em MG, para satisfação dos produtores do Alto do Paranaíba, o valor foi ainda maior. Para os produtores rurais, o valor de R$ 1,55 superou a expectativa, já que é quase 35% maior que o valor recebido na mesma época do ano passado.

Doutor em avicultura fala sobre melhor idade para o abate de frangos de corte

Quem decide a melhor idade para se abater os frangos? Na prática, é o mercado consumidor quem informa ao abatedouro o tamanho da ave e o tipo de corte que ele deseja. Tudo é planejado em função dessa demanda. Segundo o Dr. Tadeu Cotta, professor do curso Produção de Frangos de Corte, elaborado pelo CPT - Centro de Produções Técnicas, "um frango já pode ser abatido a partir de 1 kg de peso vivo. Antes disso, ele ainda está muito pequeno. Mas não se deve abatê-lo muito grande, pois, quanto mais velho, pior a conversão alimentar. Dessa forma, o abate deve ser entre os 28 e os 42 dias de idade".

Os profissionais em falta no mercado

Alguns profissionais têm sido procurados por muitas empresas, mas está difícil encontrá-los. São pessoas com alto grau de especialização e preparo, por isso quase nunca ficam disponíveis. Eles geralmente ocupam vagas de gestão, principalmente em grandes corporações. Os salários são altos, mas fazem jus à complexidade e a especificidade do trabalho. Um levantamento feito pela consultoria EXEC a pedido da revista Exame, mostra quais são esses profissionais raros e muito valorizados no mercado brasileiros. São eles: Engenheiros e técnicos para a perfuração de poços de petróleo e gás natural: a área de petróleo e gás como um todo é bem deficiente de pessoal especializado no país. Muitas empresas chegam a importar mão de obra. No entanto, o déficit é ainda maior quando se trata de profissionais para trabalhar na perfuração de poços. Além de preparação muito específica, está cada vez mais difícil encontrar pessoas dispostas a passar muito tempo nas plataformas em alto-mar. Gerentes de incorporadoras com foco na captação de terrenos: o crescimento do mercado da construção abriu espaço para profissões bem mais específicas. Esse tipo de profissional costuma ser formado na área de gestão, mas possui grande experiência e olho clínico para encontrar bons terrenos e realizar bons negócios. Ele ainda precisa ter bom relacionamento com prefeituras e outros órgãos públicos, bem como com outras empresas e pessoas envolvidas no setor. Muitos profissionais estão migrando de outras áreas para trabalhar no setor imobiliário. Gerentes e engenheiros de obras voltadas para a geração de energia: os projetos para a geração de energia são empreendimentos grandiosos, feitos por grandes empresas ou pelo próprio governo e subsidiárias. Para trabalhar nessa área é preciso ter conhecimento técnico em gestão e engenharia, além de muita experiência para lidar com problemas ambientais, locais isolados e o próprio gerenciamento de pessoas em condições especiais. A falta desses profissionais se agrava quando se trata de fontes energéticas menos comuns, como a eólica e a solar. Gerentes agrícolas: esses não parecem estar em falta, visto o grande número deles no mercado. No entanto, a demanda ainda é muito maior, por conta do grande sucesso do agronegócio brasileiro. As deficiências vêm exatamente dos setores que mais produzem para a exportação, como a soja e o setor sucroalcooleiro. O gerente agrícola é responsável por conseguir uma maior produção, com menos custos, aplicando mais tecnologia e um melhor uso dos recursos. Gerentes de planejamento tributário: o sistema tributário brasileiro é muito complexo. Portanto, as médias e grandes empresas precisam de profissionais especializados para coordenar o planejamento do pagamento e de estratégias ligadas a impostos diretos, aqueles que incidem sobre as operações. Com esse tipo de profissional, as empresas podem economizar muito dinheiro, dentro e fora do país, sempre seguindo a legislação. Gerentes de vendas para a América Latina na área de tecnologia: com o crescimento da economia brasileira e a entrada no Mercosul, o Brasil passou a ser a sede e a liderar muitas negociações na área de tecnologia. Muitas empresas multinacionais instalaram sedes ou filiais no país, fazendo negócios com toda a América Latina. Há demanda por profissionais que coordenem as vendas para os outros países da região. Além dos conhecimentos em vendas, gestão e tecnologia, ele deve ter fluência na língua espanhola e conhecer a cultura e a economia desses países. Engenheiros especializados em cloud computing: a área está relacionada com a gestão e os conhecimentos de computadores ligados em redes (ou nuvens), significando uma evolução na internet. Os profissionais que trabalham nesta área não só possuem um amplo conhecimento de informática como também estão atualizados sobre todas as novidades do setor de internet, aplicativos para dispositivos móveis e redes sociais. Gerentes de serviços na área de tecnologia: telecomunicações e informática são as alguns dos setores que mais crescem hoje. Todos eles estão ligados à prestação de serviços. Esses gerentes precisam ter conhecimento de gestão e mercado, e também entender sobre o produto que oferecem, no caso, tecnologia. Gerente de vendas na área de educação/editorial: este é um dos setores que mais cresce hoje no Brasil, pois está ligado à educação em todos os níveis, mas sobretudo na área de capacitação profissional. O gestor precisa de experiência para trabalhar na área e de conhecimentos específicos sobre o setor, as leis sobre educação e as técnicas sofisticadas de marketing. Por: Maria Clara Corsino.

Criação de codorna - atividade de retorno rápido

Coturnix coturnix japonica é o nome científico da codorna doméstica, tão conhecida e criada pelos brasileiros. É uma ave apropriada àqueles produtores que não querem investir muito, ou que não possuem muito espaço na propriedade e pretendem ingressar em uma atividade fácil

Preço elevado da carne ovina incentiva investimento em rebanho

Como o preço da carne ovina aumentou consideravelmente no mercado, o investimento na criação de ovinos de corte tornou-se algo bastante promissor. Um dos fatores que contribuem para isso é o elevado potencial que apresenta o mercado consumidor desse tipo de carne nos grandes centros urbanos. Isso graças ao abate de ovinos que produzem uma carcaça de melhor qualidade a preços compensadores tanto para o criador como para o consumidor.  

Fique por dentro do mercado da Estética e Beleza com nosso novo ebook!

Atraindo cada vez mais mulheres e também homens, no mercado da estética e beleza não há crise!

Mercado da suinocultura em alta

Os produtores de suíno têm muito que comemorar. A grande demanda da carne de porco no mercado tem feito o preço do quilo aumentar, em contrapartida, o preço médio das rações tem diminuído. Para atender a demanda do mercado, os produtores têm abatido os animais antes do tempo previsto. De acordo com um levantamento da Associação Paulista, os porcos têm sido abatidos com 88 quilos em média, sendo normal abatê-los somente quando atingem 100 quilos.

Valor da produção do agronegócio deve crescer 5,3%

De acordo com estimativas da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), o Valor Bruto da Produção (VBP) do setor agropecuário deve crescer 5,3% em 2012 e deve chegar a R$ 351,7 bilhões. Ele foi definido com base na produção de grãos e fibras na safra 2011/2012 e nos preços adotados pelo mercado.

Faturamento da agropecuária deve crescer quase 8% este ano

A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) divulgou uma projeção de que o Valor Bruto da Produção (VBP) do setor agropecuário deve crescer 7,9% em 2012, chegando ao valor de R$ 351,8 bilhões. De acordo com a instituição, o preço pago pelas principais commodities no mercado internacional por causa da quebra de safra em diversos outros países favoreceu o aumento do VBP. No ano passado, o valor pago pela produção da agropecuária brasileira ficou em R$ 326,3 bilhões.

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!