WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

"vacina-contra-a-pneumonia-enzootica"

Segunda etapa da vacinação contra a Febre Aftosa começou em novembro

Teve início, no dia 1º de novembro, a segunda etapa nacional de vacinação contra a Febre Aftosa no Brasil e entram na campanha praticamente todos os estados brasileiros. A meta é vacinar aproximadamente 150 milhões de bovinos e bubalinos e nas regiões onde as chuvas se mantêm constantes, os produtores devem aproveitar os breves intervalos, ou seja, os pequenos períodos de sol, para imunizar os animais. Os produtores têm até o dia 30 de novembro para vacinar todo o rebanho.

Em andamento, segunda etapa da vacinação contra a febre aftosa

Começou no dia 1 de novembro a segunda etapa da vacinação contra a febre aftosa. No entanto, na maioria dos Estados, exceto Santa Catarina, que está livre da doença, ela deve começar apenas no mês que vem. Em Goiás, segundo dados da Agência Goiana de Defesa Agropecuária (Agrodefesa), cerca de 10 milhões de bovinos e búfalos, com até 2 anos de idade, devem receber a segunda dose da imunização. A expectativa o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) é de vacinar aproximadamente 147 milhões de bovinos e búfalos em todo o território nacional.

Começa a segunda etapa da vacinação contra a febre aftosa

Começou nesta sexta-feira dia 1º a segunda etapa da vacinação obrigatória contra a febre aftosa em bovinos (bois, vacas) e bubalinos (búfalos). O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento - MAPA espera que sejam imunizadas em torno de 150 milhões de animais

UFV desenvolve teste para diagnóstico imediato e vacina tetravalente contra a dengue

Pesquisadores da Universidade Federal de Viçosa/UFV, uma das dez melhores Universidades Federais do Brasil, liderados pelo Professor de Programa de Pós-Graduação em Biologia Celular e Estrutural, Sérgio Oliveira de Paula, trabalham no desenvolvimento de um kit que permite diagnosticar a incidência da dengue, de forma rápida e imediata. Para realizar o teste, coloca-se uma tira impregnada com antígeno em contato com o sangue do paciente. Este simples contato provoca uma reação química na tira que, havendo alteração de cor, indica na hora a ocorrência da dengue.

Brasil é o primeiro país a aderir ao banco de vacinas contra febra aftosa na América Latina

Em 21 de julho deste ano, ao final da reunião extraordinária da Cosalfa – Comissão Sul-Americana para a Luta Contra a Febre Aftosa – em Brasília, o presidente do órgão, Guilherme Marques, anunciou que o Brasil é pioneiro em aderir à criação de um banco de vacinas e antígenos contra a febre aftosa na América Latina. Em seu discurso, Marque afirma que essa medida permitirá enfrentar transtornos que poderão surgir com a retirada da vacina no país, além de auxiliar a imunização de rebanhos das nações que não tenham doses suficientes disponíveis.

Conheça as mudanças no calendário de vacinação para 2016

No dia 5 de janeiro de 2016, o MS - Ministério da Saúde divulgou algumas mudanças no Calendário Nacional de Vacinação. Os principais motivos para as alterações no esquema vacinal vieram da atual situação epidemiológica do país e da necessidade de atualização

Laboratório Zoetis desenvolve vacina contra a Doença de Gumboro

Responsável pela imunossupressão e grande aumento da mortalidade de aves, a Doença de Gumboro está com seus dias contados; pelo menos é o que esperam produtores avícolas de todo o país, que não vêm hora de diminuir os enormes prejuízos econômicos causados pelo vírus. A grande aposta da vez é a aplicação da Poulvac MAGNIPLEX, vacina desenvolvida pelo laboratório Zoetis.

Vacinas previnem e protegem a leitegada

Especial - O sucesso na formação dos anticorpos, que são as defesas naturais, depende diretamente do manejo, desde o nascimento até o uso de vacinas injetáveis... E mais: vídeo mostrando o programa de vacinação e as vacinas aplicadas em cada fase.

Outubro Rosa: do dia 1º a 31 de outubro, o país se veste de rosa na luta contra o câncer de mama

Outubro não é apenas um mês como todos os outros, mas sim, um mês de conscientização, de luta contra uma doença que mata mulheres em todo o mundo. Só no Brasil, o câncer de mama mata em torno de 32 mulheres por dia, segundo o INCA, Instituto Nacional de Câncer. Isso precisa acabar. Assim surgiu o Outubro Rosa, com uma extensa programação, do dia 1º ao dia 31, indo de palestras educativas à Copa IMAMA de Tênis, todos em prol de uma causa justa.

Outubro Rosa: todas juntas contra o câncer de mama

De acordo com dados divulgados pelo Ministério da Saúde, o câncer de mama é a segunda principal causa de morte entre as mulheres. Há seis anos, a doença já acometia mais de 13 mil brasileiras - e o número cresce a cada ano, inclusive entre as mais jovens.

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!