WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Resultados da busca para "que-cuidado-devemos-ter-para-construir-um-poco-artesiano" ()

Consultor em marketing mostra dicas para melhorar o atendimento ao cliente

Você já deve ter passado por situações em que disse que não voltaria a uma determinada loja por ter sido mal atendido. Também deve ter um estabelecimento no qual você é fiel e, com certeza, lá você é tratado com respeito e qualidade. Um bom atendimento ao cliente é fundamental para o sucesso de qualquer negócio.

Cultivo de transgênicos deve aumentar 12% na próxima safra

A empresa de consultoria em agronegócio Céleres divulgou que o cultivo de variedades transgênicas deve aumentar 12,3% na safra 2012/2013 em comparação com a anterior. A área plantada com sementes geneticamente modificadas deve chegar a 36,6 milhões de hectares no Brasil, em torno de 4 milhões de novos hectares plantados com transgênicos. Segundo a instituição, a soja continuará a ser o principal produto a adotar a biotecnologia, representando 88,1% da área plantada com sementes transgênicas, aproximadamente 23,9 milhões de hectares. A área plantada com algodão deve ter em torno de 50% de sementes transgênicas, o equivalente a cerca de 546 mil hectares. Nas lavouras de milho, cada vez mais, estão sendo usadas sementes geneticamente modificadas. No cultivo do milho safrinha, houve uma participação de 87,8% das lavouras, cerca de 6,9 milhões de hectares. Já na próxima safra, a área com transgênicos deve ser de 62,6% do total, cerca de 5,2 milhões de hectares. O engenheiro agrônomo Anderson Galvão, sócio-diretor da Céleres, acredita que o crescimento considerável da adoção de biotecnologia se deve ao aumento de novas variedades disponíveis no mercado, adaptadas às diversas áreas de cultivo do Brasil. Ele afirma que os agricultores têm justificado a escolha das sementes principalmente pelos muitos benefícios diretos e indiretos que elas oferecem.

Como cuidar das cutículas

Para ter unhas bonitas, não basta usar aquele esmalte da moda. As cutículas também precisam estar bem cuidadas, pois elas podem estragar a produção das mãos. Muitos produtos, como detergentes, sabonetes e água sanitária, podem ressecar e estragá-las. Além de ficar feio, o esmalte sai bem mais rápido. Acompanhe algumas dicas para ter cutículas bem cuidadas e mãos sempre bonitas.

Ter pets em casa exige cuidados com produtos de limpeza

Para quem gosta de criar animais de estimação dentro de casa, a mesma atenção que se tem com os bebês deve ser tomada. Para evitar acidentes, recorra a algumas medidas simples. Um cuidado é prender o pet em outro ambiente para fazer a limpeza. Assim, ele não terá contato com os produtos, além de impedir que se machuque com os móveis e materiais, como vassoura, rodo, escada, espalhados pela casa. Ele só deve ser retirado do cômodo quando não houver mais cheiro, tudo estiver em seu devido lugar e o chão se apresentar seco.

Os profissionais em falta no mercado

Alguns profissionais têm sido procurados por muitas empresas, mas está difícil encontrá-los. São pessoas com alto grau de especialização e preparo, por isso quase nunca ficam disponíveis. Eles geralmente ocupam vagas de gestão, principalmente em grandes corporações. Os salários são altos, mas fazem jus à complexidade e a especificidade do trabalho. Um levantamento feito pela consultoria EXEC a pedido da revista Exame, mostra quais são esses profissionais raros e muito valorizados no mercado brasileiros. São eles: Engenheiros e técnicos para a perfuração de poços de petróleo e gás natural: a área de petróleo e gás como um todo é bem deficiente de pessoal especializado no país. Muitas empresas chegam a importar mão de obra. No entanto, o déficit é ainda maior quando se trata de profissionais para trabalhar na perfuração de poços. Além de preparação muito específica, está cada vez mais difícil encontrar pessoas dispostas a passar muito tempo nas plataformas em alto-mar. Gerentes de incorporadoras com foco na captação de terrenos: o crescimento do mercado da construção abriu espaço para profissões bem mais específicas. Esse tipo de profissional costuma ser formado na área de gestão, mas possui grande experiência e olho clínico para encontrar bons terrenos e realizar bons negócios. Ele ainda precisa ter bom relacionamento com prefeituras e outros órgãos públicos, bem como com outras empresas e pessoas envolvidas no setor. Muitos profissionais estão migrando de outras áreas para trabalhar no setor imobiliário. Gerentes e engenheiros de obras voltadas para a geração de energia: os projetos para a geração de energia são empreendimentos grandiosos, feitos por grandes empresas ou pelo próprio governo e subsidiárias. Para trabalhar nessa área é preciso ter conhecimento técnico em gestão e engenharia, além de muita experiência para lidar com problemas ambientais, locais isolados e o próprio gerenciamento de pessoas em condições especiais. A falta desses profissionais se agrava quando se trata de fontes energéticas menos comuns, como a eólica e a solar. Gerentes agrícolas: esses não parecem estar em falta, visto o grande número deles no mercado. No entanto, a demanda ainda é muito maior, por conta do grande sucesso do agronegócio brasileiro. As deficiências vêm exatamente dos setores que mais produzem para a exportação, como a soja e o setor sucroalcooleiro. O gerente agrícola é responsável por conseguir uma maior produção, com menos custos, aplicando mais tecnologia e um melhor uso dos recursos. Gerentes de planejamento tributário: o sistema tributário brasileiro é muito complexo. Portanto, as médias e grandes empresas precisam de profissionais especializados para coordenar o planejamento do pagamento e de estratégias ligadas a impostos diretos, aqueles que incidem sobre as operações. Com esse tipo de profissional, as empresas podem economizar muito dinheiro, dentro e fora do país, sempre seguindo a legislação. Gerentes de vendas para a América Latina na área de tecnologia: com o crescimento da economia brasileira e a entrada no Mercosul, o Brasil passou a ser a sede e a liderar muitas negociações na área de tecnologia. Muitas empresas multinacionais instalaram sedes ou filiais no país, fazendo negócios com toda a América Latina. Há demanda por profissionais que coordenem as vendas para os outros países da região. Além dos conhecimentos em vendas, gestão e tecnologia, ele deve ter fluência na língua espanhola e conhecer a cultura e a economia desses países. Engenheiros especializados em cloud computing: a área está relacionada com a gestão e os conhecimentos de computadores ligados em redes (ou nuvens), significando uma evolução na internet. Os profissionais que trabalham nesta área não só possuem um amplo conhecimento de informática como também estão atualizados sobre todas as novidades do setor de internet, aplicativos para dispositivos móveis e redes sociais. Gerentes de serviços na área de tecnologia: telecomunicações e informática são as alguns dos setores que mais crescem hoje. Todos eles estão ligados à prestação de serviços. Esses gerentes precisam ter conhecimento de gestão e mercado, e também entender sobre o produto que oferecem, no caso, tecnologia. Gerente de vendas na área de educação/editorial: este é um dos setores que mais cresce hoje no Brasil, pois está ligado à educação em todos os níveis, mas sobretudo na área de capacitação profissional. O gestor precisa de experiência para trabalhar na área e de conhecimentos específicos sobre o setor, as leis sobre educação e as técnicas sofisticadas de marketing. Por: Maria Clara Corsino.

Valor da produção do agronegócio deve crescer 5,3%

De acordo com estimativas da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), o Valor Bruto da Produção (VBP) do setor agropecuário deve crescer 5,3% em 2012 e deve chegar a R$ 351,7 bilhões. Ele foi definido com base na produção de grãos e fibras na safra 2011/2012 e nos preços adotados pelo mercado.

Grande demanda deve manter o preço do açúcar em alta

A Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE) diz que a grande demanda por açúcar deve sustentar os preços em alta a médio prazo. Para a instituição, devem ter apenas algumas pequenas oscilações nos preços por causa dos ciclos produtivos asiáticos. O relatório foi feito em parceria com a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO).

Conheça 4 alimentos energéticos

Trabalhar, estudar, fazer exercícios, cuidar da casa, da família e ainda ter tempo para se divertir. Haja energia para tudo isso. Assim, uma alimentação adequada é essencial para ter pique no dia a dia. Alguns alimentos podem ajudar a não sentir os efeitos de uma rotina pesada e ao mesmo tempo são bastante saudáveis. A nutricionista Daísa Pinhal, em entrevista ao Portal Terra, deu dicas de quatro alimentos energéticos. Mas, cuidado, pois, apesar de saudáveis, eles são bastante calóricos. Então, é preciso ter cautela em relação à quantidade para não exagerar.

País deve investir R$ 40 bilhões em energia eólica até 2020

Nos próximos 8 anos, os investimentos em energia eólica devem passar de R$ 40 bilhões. Novos contratos devem somar mais 6,7 gigawatts à potência instalada. Os dados foram divulgados durante o 3º Brazil WindPower, que acontece no Rio de Janeiro até amanhã, dia 31 de agosto.

Cuidados com a pele

Se você acha que cuidar da pele é só usar bons cremes, está enganado. Alguns hábitos devem ser evitados e outros adquiridos para que você mantenha a sua pele sempre limpa e saudável.

Fique por dentro das novidades!