WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

"precisa-de-licenca-do-ibama-para-criar-pavoes"

Especialista: Criar cabras é fácil. Basta ter planejamento!

Para criar cabras, basicamente, você precisa de bons animais, instalações confortáveis que facilitem o manejo, e de boa alimentação para os animais, afirma Maria Pia Souza Lima Mattos de Paiva Guimarães, professora do Curso a Distância CPT Criação de Cabras Leiteiras - Instalações, Raças e Reprodução, em Livro+DVD e Curso Online.

Cadastro no IBAMA é o primeiro passo para legalização da criação de serpentes

Especial - Com o objetivo de se evitar os problemas de contrabando e caça ilegal de animais silvestres, o IBAMA - Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos... E mais: vídeo mostrando todo o processo para fazer o cadastro no IBAMA.

Criadores devem recadastrar seus animais silvestres

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis - Ibama - deu início nesta segunda-feira, dia 06 de outubro, o recadastramento de animais silvestres. Obrigatório para todos os criadores comerciais e científicos, zoológicos, abatedouros e curtumes autorizados, as penalidades para os que não cumprirem a lei acarretam em sanções administrativas e penais e, ainda, na suspensão das atividades relacionadas ao manejo de fauna.

Cuidados com nutrientes para alimentação balanceada de aves exóticas

Com cantos e cores diversas, os afinados e plumados precisam de cuidados especiais. Muitos optam por criar pássaros em vez de gatos e cães como animais domésticos. Também há aqueles que fazem desse manejo um negócio de primeira. Como no trato de qualquer animal, deve-se primar pela nutrição, condições adequadas de higiene das gaiolas, bebedouros e controle da temperatura.

Instalação necessária para criar serpentes

Especial - Todos os animais que vivem em cativeiro precisam de boas instalações, que imitem o habitat natural e que garantam sua sobrevivência... E mais: vídeo mostrando as instalações para criar serpentes.

Nova lei de licenças ambientais é aprovada pelo Senado

A Lei de Competências Ambientais foi aprovada sem alterações pelo Senado. O projeto trata da fiscalização ambiental, nos níveis federal, estadual e municipal, e da obtenção de novas licenças. Ela define inclusive o que é licenciamento ambiental, estabelece parcerias entre diversos órgãos e determina multa em caso de julgamentos diferentes.

Os profissionais em falta no mercado

Alguns profissionais têm sido procurados por muitas empresas, mas está difícil encontrá-los. São pessoas com alto grau de especialização e preparo, por isso quase nunca ficam disponíveis. Eles geralmente ocupam vagas de gestão, principalmente em grandes corporações. Os salários são altos, mas fazem jus à complexidade e a especificidade do trabalho. Um levantamento feito pela consultoria EXEC a pedido da revista Exame, mostra quais são esses profissionais raros e muito valorizados no mercado brasileiros. São eles: Engenheiros e técnicos para a perfuração de poços de petróleo e gás natural: a área de petróleo e gás como um todo é bem deficiente de pessoal especializado no país. Muitas empresas chegam a importar mão de obra. No entanto, o déficit é ainda maior quando se trata de profissionais para trabalhar na perfuração de poços. Além de preparação muito específica, está cada vez mais difícil encontrar pessoas dispostas a passar muito tempo nas plataformas em alto-mar. Gerentes de incorporadoras com foco na captação de terrenos: o crescimento do mercado da construção abriu espaço para profissões bem mais específicas. Esse tipo de profissional costuma ser formado na área de gestão, mas possui grande experiência e olho clínico para encontrar bons terrenos e realizar bons negócios. Ele ainda precisa ter bom relacionamento com prefeituras e outros órgãos públicos, bem como com outras empresas e pessoas envolvidas no setor. Muitos profissionais estão migrando de outras áreas para trabalhar no setor imobiliário. Gerentes e engenheiros de obras voltadas para a geração de energia: os projetos para a geração de energia são empreendimentos grandiosos, feitos por grandes empresas ou pelo próprio governo e subsidiárias. Para trabalhar nessa área é preciso ter conhecimento técnico em gestão e engenharia, além de muita experiência para lidar com problemas ambientais, locais isolados e o próprio gerenciamento de pessoas em condições especiais. A falta desses profissionais se agrava quando se trata de fontes energéticas menos comuns, como a eólica e a solar. Gerentes agrícolas: esses não parecem estar em falta, visto o grande número deles no mercado. No entanto, a demanda ainda é muito maior, por conta do grande sucesso do agronegócio brasileiro. As deficiências vêm exatamente dos setores que mais produzem para a exportação, como a soja e o setor sucroalcooleiro. O gerente agrícola é responsável por conseguir uma maior produção, com menos custos, aplicando mais tecnologia e um melhor uso dos recursos. Gerentes de planejamento tributário: o sistema tributário brasileiro é muito complexo. Portanto, as médias e grandes empresas precisam de profissionais especializados para coordenar o planejamento do pagamento e de estratégias ligadas a impostos diretos, aqueles que incidem sobre as operações. Com esse tipo de profissional, as empresas podem economizar muito dinheiro, dentro e fora do país, sempre seguindo a legislação. Gerentes de vendas para a América Latina na área de tecnologia: com o crescimento da economia brasileira e a entrada no Mercosul, o Brasil passou a ser a sede e a liderar muitas negociações na área de tecnologia. Muitas empresas multinacionais instalaram sedes ou filiais no país, fazendo negócios com toda a América Latina. Há demanda por profissionais que coordenem as vendas para os outros países da região. Além dos conhecimentos em vendas, gestão e tecnologia, ele deve ter fluência na língua espanhola e conhecer a cultura e a economia desses países. Engenheiros especializados em cloud computing: a área está relacionada com a gestão e os conhecimentos de computadores ligados em redes (ou nuvens), significando uma evolução na internet. Os profissionais que trabalham nesta área não só possuem um amplo conhecimento de informática como também estão atualizados sobre todas as novidades do setor de internet, aplicativos para dispositivos móveis e redes sociais. Gerentes de serviços na área de tecnologia: telecomunicações e informática são as alguns dos setores que mais crescem hoje. Todos eles estão ligados à prestação de serviços. Esses gerentes precisam ter conhecimento de gestão e mercado, e também entender sobre o produto que oferecem, no caso, tecnologia. Gerente de vendas na área de educação/editorial: este é um dos setores que mais cresce hoje no Brasil, pois está ligado à educação em todos os níveis, mas sobretudo na área de capacitação profissional. O gestor precisa de experiência para trabalhar na área e de conhecimentos específicos sobre o setor, as leis sobre educação e as técnicas sofisticadas de marketing. Por: Maria Clara Corsino.

Copos comestíveis viram moda no Rio

Nem sempre é fácil transformar uma ideia em negócio. Quando o empresário Joaquim Pedro Paes Leme decidiu criar a empresa Juca Fubá, em Niterói, precisou de um tempo de capacitação e para desenvolvimento da ideia. Ele e a sócia, Fabiana Paes Leme, investiram em cursos durante seis meses para entender como administrar um negócio, montar uma cozinha industrial e testar o produto.

Medida permite comunicação de acidente ambiental ao IBAMA pela internet

O Governo Federal publicou, nesta terça-feira, uma medida que permite a qualquer pessoa avisar ao IBAMA sobre acidentes ambientais. Isso poderá ser feito pela internet, por meio de um formulário a ser preenchido, sem que o autor da comunicação seja identificado. Dessa forma, as ocorrências serão dinamizadas pela rapidez do sistema de comunicação.

Como usar as redes sociais e ganhar mais clientes

Muitas empresas ainda relutam em criar uma página ou perfil numa rede social. Mas, não dá mais para ficar de fora das redes, já que elas são usadas por milhões de pessoas no Brasil e no mundo. Por sinal, têm sido um bom meio de começar a internacionalização de uma marca, uma vez que os usuários se comunicam com várias partes do globo. Deste modo, o boca a boca de antes foi transferido para a internet.

Fique por dentro das novidades!