WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

"peixes-mais-conhecidos-no-rio-grande-d-sul"

Os profissionais em falta no mercado

Alguns profissionais têm sido procurados por muitas empresas, mas está difícil encontrá-los. São pessoas com alto grau de especialização e preparo, por isso quase nunca ficam disponíveis. Eles geralmente ocupam vagas de gestão, principalmente em grandes corporações. Os salários são altos, mas fazem jus à complexidade e a especificidade do trabalho. Um levantamento feito pela consultoria EXEC a pedido da revista Exame, mostra quais são esses profissionais raros e muito valorizados no mercado brasileiros. São eles: Engenheiros e técnicos para a perfuração de poços de petróleo e gás natural: a área de petróleo e gás como um todo é bem deficiente de pessoal especializado no país. Muitas empresas chegam a importar mão de obra. No entanto, o déficit é ainda maior quando se trata de profissionais para trabalhar na perfuração de poços. Além de preparação muito específica, está cada vez mais difícil encontrar pessoas dispostas a passar muito tempo nas plataformas em alto-mar. Gerentes de incorporadoras com foco na captação de terrenos: o crescimento do mercado da construção abriu espaço para profissões bem mais específicas. Esse tipo de profissional costuma ser formado na área de gestão, mas possui grande experiência e olho clínico para encontrar bons terrenos e realizar bons negócios. Ele ainda precisa ter bom relacionamento com prefeituras e outros órgãos públicos, bem como com outras empresas e pessoas envolvidas no setor. Muitos profissionais estão migrando de outras áreas para trabalhar no setor imobiliário. Gerentes e engenheiros de obras voltadas para a geração de energia: os projetos para a geração de energia são empreendimentos grandiosos, feitos por grandes empresas ou pelo próprio governo e subsidiárias. Para trabalhar nessa área é preciso ter conhecimento técnico em gestão e engenharia, além de muita experiência para lidar com problemas ambientais, locais isolados e o próprio gerenciamento de pessoas em condições especiais. A falta desses profissionais se agrava quando se trata de fontes energéticas menos comuns, como a eólica e a solar. Gerentes agrícolas: esses não parecem estar em falta, visto o grande número deles no mercado. No entanto, a demanda ainda é muito maior, por conta do grande sucesso do agronegócio brasileiro. As deficiências vêm exatamente dos setores que mais produzem para a exportação, como a soja e o setor sucroalcooleiro. O gerente agrícola é responsável por conseguir uma maior produção, com menos custos, aplicando mais tecnologia e um melhor uso dos recursos. Gerentes de planejamento tributário: o sistema tributário brasileiro é muito complexo. Portanto, as médias e grandes empresas precisam de profissionais especializados para coordenar o planejamento do pagamento e de estratégias ligadas a impostos diretos, aqueles que incidem sobre as operações. Com esse tipo de profissional, as empresas podem economizar muito dinheiro, dentro e fora do país, sempre seguindo a legislação. Gerentes de vendas para a América Latina na área de tecnologia: com o crescimento da economia brasileira e a entrada no Mercosul, o Brasil passou a ser a sede e a liderar muitas negociações na área de tecnologia. Muitas empresas multinacionais instalaram sedes ou filiais no país, fazendo negócios com toda a América Latina. Há demanda por profissionais que coordenem as vendas para os outros países da região. Além dos conhecimentos em vendas, gestão e tecnologia, ele deve ter fluência na língua espanhola e conhecer a cultura e a economia desses países. Engenheiros especializados em cloud computing: a área está relacionada com a gestão e os conhecimentos de computadores ligados em redes (ou nuvens), significando uma evolução na internet. Os profissionais que trabalham nesta área não só possuem um amplo conhecimento de informática como também estão atualizados sobre todas as novidades do setor de internet, aplicativos para dispositivos móveis e redes sociais. Gerentes de serviços na área de tecnologia: telecomunicações e informática são as alguns dos setores que mais crescem hoje. Todos eles estão ligados à prestação de serviços. Esses gerentes precisam ter conhecimento de gestão e mercado, e também entender sobre o produto que oferecem, no caso, tecnologia. Gerente de vendas na área de educação/editorial: este é um dos setores que mais cresce hoje no Brasil, pois está ligado à educação em todos os níveis, mas sobretudo na área de capacitação profissional. O gestor precisa de experiência para trabalhar na área e de conhecimentos específicos sobre o setor, as leis sobre educação e as técnicas sofisticadas de marketing. Por: Maria Clara Corsino.

Safra da uva de 2012 é uma das melhores dos últimos 50 anos

De acordo com projeções do Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), a safra de uva no Rio Grande do Sul deve chegar a 700 mil toneladas. O estado é responsável por 90% da produção de vinhos e 55% do cultivo de uvas no Brasil. Este resultado é o terceiro melhor dos últimos 50 anos. A maior safra até agora ocorreu no ano passado, quando foram colhidas 707,2 mil toneladas.

Hotelaria no Rio de janeiro terá condições de atender os turistas na Copa de 2014

De acordo com Alfredo Lopes, Presidente da ABIH/RJ, Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Estado do Rio de Janeiro, a capital fluminense disponibilizará 15 mil novos quartos para atender os visitantes que virão ao Brasil, para a Copa de 2014. Com isto, a oferta de acomodações na "Cidade Maravilhosa" será suficiente para atender aos turistas que também virão ao país em 2016, participar das Olimpíadas.

Confira um Guia Completo para a Alimentação de Peixes! Baixe nosso e-book!

Giovanni Resende de Oliveira, professor do Curso CPT Nutrição e Alimentação de Peixes, ressalta que o peixe é a carne do futuro e que o mercado para o pescado é grande não só no Brasil, como fora dele. Por conseguinte, piscicultor bem informado, sai na frente!

Conheça o Curso CPT Criação de Peixes - Como Implantar uma Piscicultura

Na piscicultura, existem alguns sistemas de criação de peixes que tornam o empreendimento muito mais rentável e promissor. Mas antes de implantar o criatório, é fundamental escolher as espécies de peixes a serem criadas

Criar peixes e plantar hortaliças ao mesmo tempo é possível? Sim, é!

Criar peixes e plantar hortaliças ao mesmo tempo é possível? Sim, é! A esse sistema, dá-se o nome de aquaponia. “Há um crescente número de grandes e pequenos produtores de frutas e hortaliças nesses sistemas sem solo. Para eles, seus produtos não são menos orgânicos que daqueles cultivados no solo”, afirma Thiago Archangelo Freato, professor do Curso CPT Produção de Peixes e Hortaliças no Sistema de Aquaponia.

Veneno de peixe, santo remédio contra a asma

Pesquisadores do Instituto Butantan desenvolveram um remédio contra asma a partir de veneno de peixe. A doença inflamatória, que já atinge 15 milhões de brasileiros, pode ser aliviada com a substância elaborada, diluída em água e inalada. O estudo foi realizado com um dos peixes venenosos existentes no Brasil, o niquim, (Thalassophryne nattereri),

Expointer apresenta novidades do setor agropecuário

A Expointer é uma das maiores exposições agropecuárias do mundo, apresentando aos produtores rurais as inovações e tecnologias para o setor. A 35ª edição começou no último sábado, dia 25 de agosto e vai até o próximo domingo, dia 2 de setembro, no Parque de Exposições Assis Brasil, no município de Esteio, no Rio Grande do Sul.

Fruticultura é o foco de congresso no RS

A cidade de Bento Gonçalves, no Rio Grande do Sul, recebe entre os dias 22 e 26 de outubro o XXII Congresso Brasileiro de Fruticultura (CBF), principal evento do setor no país. A expectativa é de que mais de mil e seiscentos participantes, entre técnicos, estudantes, pesquisadores, produtores e empresários, participem do congresso.

Campanha Gaúcha receberá selo de qualidade em vinhos

Em breve, nosso país será agraciado com o selo de qualidade em vinhos finos, graças ao estado do Rio Grande do Sul, segundo principal produtor brasileiro, com 31% da produção; o primeiro polo nacional é a Serra Gaúcha, com 59%

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!