Resultados da busca para "galinha-raca-brahma-quantos-ovos-ela-bota-para-chocar"

Manual sobre as Principais Raças de Galinha - PDF grátis para baixar

No manual, você verá que com o desenvolvimento da avicultura em torno do mundo, os avicultores passaram a dividir as galinhas domesticadas em aves de postura, aves de corte e aves de dupla aptidão (postura e corte). Já a distinção entre as raças de galinha segue alguns padrões, como tamanho, cor da plumagem, tipo de crista, cor da pele, cor dos ovos, entre outros. Enfim, cabe ao avicultor optar pela raça que melhor se adapte ao seu aviário e a seu propósito comercial.

Criação de frango e galinha caipira - planejamento de produção e escolha das raças

A criação de frango e galinha caipira vem crescendo muito no país. Esse crescimento se deve ao fato da carne dessas aves ser mais firme e saborosa que a do frango e galinha de granja, de forma que aguça os paladares dos consumidores e, consequentemente, aumenta as vendas no mercado.

O que saber para selecionar a melhor raça de galinhas poedeiras

Especial - Galinhas poedeiras são aves destinadas à produção de ovos e, quando essa é voltada para a comercialização, a seleção é bem rigorosa. As aves precisam ser bem preparadas... E mais: vídeo mostrando as características de uma boa poedeira...

Consulta pública do MAPA para produção de mel e ovos continua aberta

Desde o dia 25 de fevereiro deste ano, está aberta a consulta pública para alteração das normas de produção de ovos e mel, feita pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento - MAPA, com a finalidade de atender à realidade dos pequenos produtores. A medida permite que qualquer pessoa encaminhe sugestões ou comentários à proposta, para possíveis alterações nos documentos exigidos por lei às pequenas agroindústrias de mel, ovos de galinha e de codornas, e derivados. A intenção por trás da proposta é adequar a legislação atual, a fim de dar mais segurança jurídica aos pequenos agricultores e, ao mesmo tempo, garantir segurança e inocuidade aos alimentos.

Brasil: segundo lugar no consumo de ovos de páscoa do mundo

O elevado consumo de ovos de chocolate, na época da Páscoa, faz com que o brasileiro seja o povo que mais consome ovos de Páscoa, depois do Reino Unido e o 5º maior consumidor de chocolate do mundo. "Tratando-se do consumo de chocolate, na forma de ovos de Páscoa, estamos em segundo lugar no ranking mundial", afirma Anísio Antônio da Silva, Chef especialista em chocolate e professor do Curso a Distância CPT Produção de Ovos de Páscoa, em Livro+DVD e Curso Online.

Como fazer ovos de páscoa: 8 passos para produzir um delicioso ovo de chocolate

A páscoa está próxima! Nessa época, um famoso costume está de volta: o da fabricação de ovos de chocolate. Todos nós ficamos felizes, tanto ganhando um ovo de páscoa como presenteando alguém com essa delícia.

Ovos de chocolate são uma opção de negócio lucrativo na Páscoa

A cada ano que passa, a venda de chocolates no período da Páscoa é maior. Em 2013, não será diferente. Com uma ótima previsão de vendas, estima-se que a comercialização de ovos ou outros produtos à base de chocolate movimentará intensamente o mercado.

Porque produzir ovos de Páscoa é um excelente negócio?

A Páscoa é uma época estratégica para quem deseja obter uma renda extra. A produção de ovos de chocolate tem se tornado um ótimo negócio à medida que este produto carrega um valor agregado cada vez maior. Os empreendedores de plantão devem estar atentos a esse mercado.

Processamento correto do ovo é chance de inserção em novos mercados

O ovo, proteína de alto valor nutritivo e de baixo custo, é um alimento acessível a todas as classes sociais. A sua grande demanda faz a criação de galinhas poedeiras ser uma boa alternativa de negócio. Não é uma atividade difícil criar galinhas para produção de ovos, já que a tecnologia para criação está dominada e passa por momentos de desenvolvimento e pesquisas para um melhor aproveitamento.

Raças de cabras leiteiras determinam a produtividade

A escolha da raça é uma das questões mais importantes na implantação do capril. É um assunto estratégico, que deve ser estudado pois, após a formação de um plantel, qualquer mudança será lenta e custosa. Há três grupos básicos de raças, classificadas de acordo com sua aptidão: de corte, leiteira ou mista. As diferenças entre essas decorrem de fatores fisiológicos que determinam que algumas raças tendem a acumular menos carne, para poder converter o alimento que consomem em leite, e que, ao contrário, outras tendem a converter o alimento mais em musculatura, produzindo menos leite.

Atendimento Online
Quer Facilidade