Resultados da busca para "fabrica-municao-com-pimenta-do-reino"

Tipos de pimenta encontrados no Brasil

As pimentas, com seus diversos tipos e variedades, constituem um grupo de espécies botânicas com características próprias, que produzem frutos geralmente com sabor picante, embora existam pimentas doces. Além da variedade de tipos, a pimenta também apresenta uma variedade de usos

Projeto pretende aumentar a produtividade da pimenta-do-reino

O Pará produz, sozinho, cerca de 80% da pimenta-do-reino de todo o Brasil, que é um dos maiores produtores mundiais. Um projeto desenvolvido pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) Amazônia Oriental, em Belém, em parceria com a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater/PA), pretende aumentar a produtividade da cultura no estado.

Capixabas produzem pimenta cristalizada

A pimenta é bem conhecida pelos brasileiros, em geral pelo gosto picante, para ser usada como tempero e ingrediente de diversos pratos. Mas, um casal do Espírito Santo resolveu aproveitar todo o potencial que o fruto oferece, transformando-o em sobremesa.

Pimenta é nutritiva, saborosa e pode ajudar a combater doenças

O uso da pimenta já é bem popular como condimento, molhos ou ingrediente de diversos pratos, inclusive de doces. Ela é consumida in natura ou em conservas, nas quais a cor vermelha e o aroma intenso chamam a atenção. Além de saborosas, as pimentas também são muito nutritivas e ricas em vitaminas A, B, C, aminoácidos, ferro e magnésio.

Pimenta pode aumentar renda do produtor

A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) lançou recentemente três novas variedades de pimenta: a BRS Mari (oriunda da dedo-de-moça), a BRS Moema (do tipo biquinho) e a BRS Seriema (do tipo bode). A primeira possui mais capsaicina, substância que confere o ardor, a segunda não é picante, pertencente ao grupo das pimentas-de-cheiro, e a terceira é indicada para o consumo direto ou em conservas, pois tem o sabor mais realçado.

Porcos são alimentados com sobras da fabricação de queijo

Muitas propriedades brasileiras passaram a não desperdiçar nada. Tudo é aproveitado, desde restos de cultura até o excedente da fabricação de queijo. Sim, isso mesmo! Sobras da produção de queijo estão servindo de alimento para os porcos em uma cidade em Minas Gerais

Pimenta tem substância que alivia dores crônicas

Uma equipe de pesquisadores da Universidade do Texas descobriu que uma substância semelhante à capsaicina, componente ativo das pimentas conhecidas internacionalmente como chili, é encontrada em lugares onde há dor no corpo humano. Bloquear a produção dessa substância pode aliviar a dor crônica.

Procedimentos de higiene na fabricação de queijos

Especial - A segurança alimentar é um fator determinante na qualidade dos derivados lácteos. As pessoas estão cada vez mais atentas quanto à proveniência das produtos e às certificações que eles recebem... E mais: Vídeo sobre a fabricação de queijos.

Usos do eucalipto apresentam versatilidade

O eucalipto é uma planta muito versátil, que pode ser aproveitada dos troncos até às folhas. Dentre as inúmeras possibilidades de uso, destacam-se a utilização na construção civil ou rural, fabricação de móveis e playgrounds. O segmento das construções é o segundo mais expressivo para o uso do eucalipto, particularmente no que diz respeito a habitações.

Saint-Paulin tem características que facilitam sua conservação

A origem do queijo Saint-Paulin data de 1815, quando era fabricado por monges trapistas, na França, sob a denominação de Port-Salut. Posteriormente, essa denominação tornou-se uma marca comercial exclusiva de uma empresa francesa. Dessa forma, em diversos países, inclusive no Brasil,optou-se por denominá-lo Saint-Paulin. Na verdade, há diferenças acentuadas entre o Saint- Paulin e o Port-Salut, ainda fabricado por algumas firmas brasileiras.

Atendimento Online
Quer Facilidade