WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

"dsr-perdido-e-falta-para-calculo-de-ferias"

Os profissionais em falta no mercado

Alguns profissionais têm sido procurados por muitas empresas, mas está difícil encontrá-los. São pessoas com alto grau de especialização e preparo, por isso quase nunca ficam disponíveis. Eles geralmente ocupam vagas de gestão, principalmente em grandes corporações. Os salários são altos, mas fazem jus à complexidade e a especificidade do trabalho. Um levantamento feito pela consultoria EXEC a pedido da revista Exame, mostra quais são esses profissionais raros e muito valorizados no mercado brasileiros. São eles: Engenheiros e técnicos para a perfuração de poços de petróleo e gás natural: a área de petróleo e gás como um todo é bem deficiente de pessoal especializado no país. Muitas empresas chegam a importar mão de obra. No entanto, o déficit é ainda maior quando se trata de profissionais para trabalhar na perfuração de poços. Além de preparação muito específica, está cada vez mais difícil encontrar pessoas dispostas a passar muito tempo nas plataformas em alto-mar. Gerentes de incorporadoras com foco na captação de terrenos: o crescimento do mercado da construção abriu espaço para profissões bem mais específicas. Esse tipo de profissional costuma ser formado na área de gestão, mas possui grande experiência e olho clínico para encontrar bons terrenos e realizar bons negócios. Ele ainda precisa ter bom relacionamento com prefeituras e outros órgãos públicos, bem como com outras empresas e pessoas envolvidas no setor. Muitos profissionais estão migrando de outras áreas para trabalhar no setor imobiliário. Gerentes e engenheiros de obras voltadas para a geração de energia: os projetos para a geração de energia são empreendimentos grandiosos, feitos por grandes empresas ou pelo próprio governo e subsidiárias. Para trabalhar nessa área é preciso ter conhecimento técnico em gestão e engenharia, além de muita experiência para lidar com problemas ambientais, locais isolados e o próprio gerenciamento de pessoas em condições especiais. A falta desses profissionais se agrava quando se trata de fontes energéticas menos comuns, como a eólica e a solar. Gerentes agrícolas: esses não parecem estar em falta, visto o grande número deles no mercado. No entanto, a demanda ainda é muito maior, por conta do grande sucesso do agronegócio brasileiro. As deficiências vêm exatamente dos setores que mais produzem para a exportação, como a soja e o setor sucroalcooleiro. O gerente agrícola é responsável por conseguir uma maior produção, com menos custos, aplicando mais tecnologia e um melhor uso dos recursos. Gerentes de planejamento tributário: o sistema tributário brasileiro é muito complexo. Portanto, as médias e grandes empresas precisam de profissionais especializados para coordenar o planejamento do pagamento e de estratégias ligadas a impostos diretos, aqueles que incidem sobre as operações. Com esse tipo de profissional, as empresas podem economizar muito dinheiro, dentro e fora do país, sempre seguindo a legislação. Gerentes de vendas para a América Latina na área de tecnologia: com o crescimento da economia brasileira e a entrada no Mercosul, o Brasil passou a ser a sede e a liderar muitas negociações na área de tecnologia. Muitas empresas multinacionais instalaram sedes ou filiais no país, fazendo negócios com toda a América Latina. Há demanda por profissionais que coordenem as vendas para os outros países da região. Além dos conhecimentos em vendas, gestão e tecnologia, ele deve ter fluência na língua espanhola e conhecer a cultura e a economia desses países. Engenheiros especializados em cloud computing: a área está relacionada com a gestão e os conhecimentos de computadores ligados em redes (ou nuvens), significando uma evolução na internet. Os profissionais que trabalham nesta área não só possuem um amplo conhecimento de informática como também estão atualizados sobre todas as novidades do setor de internet, aplicativos para dispositivos móveis e redes sociais. Gerentes de serviços na área de tecnologia: telecomunicações e informática são as alguns dos setores que mais crescem hoje. Todos eles estão ligados à prestação de serviços. Esses gerentes precisam ter conhecimento de gestão e mercado, e também entender sobre o produto que oferecem, no caso, tecnologia. Gerente de vendas na área de educação/editorial: este é um dos setores que mais cresce hoje no Brasil, pois está ligado à educação em todos os níveis, mas sobretudo na área de capacitação profissional. O gestor precisa de experiência para trabalhar na área e de conhecimentos específicos sobre o setor, as leis sobre educação e as técnicas sofisticadas de marketing. Por: Maria Clara Corsino.

Cálculo do rendimento nas padarias deve ser padronizado

Especial - Calcular o rendimento significa determinar a quantidade exata dos ingredientes que serão utilizados para obter a quantidade desejada do produto... E mais: vídeo ensinando a calcular o rendimento dos produtos da panificação.

Confira dicas para evitar os grandes problemas do cabelo

A falta de cuidados no dia a dia é a principal causa dos maiores problemas que acometem os cabelos: oleosidade em excesso, pontas duplas, falta de crescimento e queda. Claro que a genética influi muito, mas qualquer pessoa pode ter cabelos saudáveis se forem tomadas as medidas necessárias. E não é nada difícil. Confira as causas e o que fazer para manter os fios sempre bonitos e saudáveis:

Peixes oleosos ajudam a equilibrar a dieta

Eles podem ser cozidos, assados, grelhados ou até consumidos crus, o que não podem é faltar na dieta. Ricos em sais minerais, vitaminas e uma das principais fontes de ômega 3, os peixes oleosos não podem faltar na rotina de quem deseja ter uma vida saudável.

Novo sistema de colheita de café é desenvolvido por agricultores capixabas

Com o deslocamento dos trabalhadores rurais para a cidade, muitos agricultores não puderam contar com mão de obra especializada durante a panha de café. Infelizmente, quando os grãos ficam por longo tempo na lavoura, perde-se muito em qualidade do produto, ou ocorre o seu descarte, já que estes murcham no pé, acarretando em grandes prejuízos. Para evitar tais perdas, alguns agricultores desenvolveram um método alternativo de colheita de café, salvando a lavoura de muitos produtores.

Estiagem prolongada afeta plantação de cana-de-açúcar em Piracicaba/SP

A estiagem prolongada continua dando prejuízos a muitos agricultores no Brasil. Desta vez, os prejudicados pela falta de chuva foram os piracicabanos, cuja produção de cana-de-açúcar, em muitos lugares, sequer começou a crescer.

Gado leiteiro morre devido à tripanossomose

No Sul de Minas Gerais, a tripanossomose matou cerca de 40 animais do gado leiteiro. Isso preocupa bastante os produtores da região, pois a doença é fatal quando não diagnosticada com antecedência

Carlos Cruz aponta os 5 erros que afastam a clientela

Falta de empatia, ser invasivo, usar de clichês na hora da negociação, despreparo e insegurança são os 5 erros fatais que fazem com que a clientela fuja da sua loja e compre na loja do concorrente, é o que aponta Carlos Cruz, diretor do Instituto Brasileiro de Vendas (IBVendas).

O planejamento dos sistemas pastoris consiste em saber calcular para não faltar

O planejamento dos sistemas de produção e, particularmente, de sistemas pastoris, baseia-se em informações como a projeção da dinâmica do rebanho, a identificação de épocas críticas para a sua nutrição e o estabelecimento de níveis esperados de produtividade da pastagem ao longo do ano. “Essas informações permitem estabelecer épocas de provável escassez ou excesso de forragem e possibilitam prever intervenções de manejo para minimizar estresses nutricionais dos animais e condições inadequadas de utilização da pastagem”

Conheça a nova Calculadora Salarial do CPT segundo as novas regras do INSS

No início de março de 2020, passaram a vigorar as novas regras para contribuição do INSS com base na Reforma da Previdência de 2019. Antes, as faixas de contribuição eram de 8% (mais baixa); 9% (intermediária); e 11% (mais alta). Com as mudanças, as taxas passaram para 7,5% (até R$ 1.045); 9% (R$ 1.045 a R$ 2.089); 12% (R$ 2.089 a R$ 3.134); e 14% (R$ 3.134 a R$ 6.101).

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!