Resultados da busca para "doencas-causadas-por-fungos-na-agricultura"

Principais doenças da mandioca

Na cultura da mandioca já foram identificados mais de 20 patógenos, sendo que alguns são mais frequentes e causam danos mais severos. As doenças podem ser causadas por fungos, bactérias, vírus ou protozoário. A antracnose é causada pelo fungo colletotrichum gloeosporioides. Na cultura da mandioca ocorrem dois tipos de antracnose, a branda e a severa. Os sintomas da forma branda são lesões nas hastes e folhas, causadas por outros patógenos e pragas, ou seca de ramos terminais no final da estação de crescimento, sem causar danos à produtividade da cultura.

Agricultura familiar produz 60% dos alimentos na América Latina

O primeiro Boletim de Agricultura Familiar da Food and Agriculture Organization (FAO) mostrou que a agricultura familiar é responsável por 60% da produção de alimentos na América Latina e no Caribe. A atividade também responde por 70% dos empregos gerados pelo setor agrícola. A FAO é a divisão da Organização das Nações Unidas (ONU) que cuida da agricultura e da alimentação no mundo.

Pragas e doenças do morango orgânico

Especial - Na agricultura orgânica, o conceito de pragas e doenças é definido como um aparecimento unilateral de determinados... E mais: Confira, no vídeo, prejuízos que as pragas e doenças podem causar no morangueiro.

Plano Safra tem na sustentabilidade da agricultura uma de suas metas

Um dos objetivos do último Plano Safra do governo do presidente Lula é mostrar que a agricultura brasileira pode ser sustentável. Segundo afirmação do próprio presidente, 'todos criticam a agricultura porque ela atinge o meio ambiente, mas nós precisamos mostrar o outro lado'. O ABC - Programa Agricultura de Baixo Carbono, disponibilizará R$ 2 bilhões para financiar práticas na lavoura que reduzam a emissão dos gases-estufa, como o sistema de integração lavoura-pecuária-floresta e a recomposição de áreas de preservação ambiental.

Ministério da Agricultura cria comissão para a agricultura de precisão

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) criou a Comissão Brasileira de Agricultura de Precisão (CBAP). O órgão será responsável pela difusão e o desenvolvimento de técnicas e conceitos da agricultura de precisão no país, a partir de programas de treinamento de mão de obra, pesquisas e a geração de tecnologias com custos e benefícios equilibrados.

Café faz bem à saúde sim, comprovam estudos de Harvard

Consumir de três a cinco xícaras de café ao longo do dia, descafeinado ou não, faz bem à saúde sim, comprovam estudos de Harvard. O apreciado cafezinho nosso de todos os dias atua na redução do risco de óbitos por doença cardiovascular, diabetes tipo 2, doenças neurológicas como o Parkinson, e suicídio.

Ferrugem é a doença silenciosa do café

Das doenças que ocorrem no cafeeiro brasileiro, a ferrugem é uma das mais importante, devido aos grandes prejuízos que causa à cultura. O agente causal da doença é o fungo Hemileia vastatrix, que caso não seja controlado de maneira precisa e eficiente, pode causar redução de até 50% em safras posteriores. Ocorre também perda na qualidade da bebida, provocando uma queda nos valores de comercialização do produto.

Produtividade da agricultura brasileira cresce mais do que a mundial

Um estudo realizado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) aponta para um crescimento maior da produtividade da agricultura brasileira em relação à mundial. Enquanto a média nacional é de 3,56% ao ano, a taxa mundial na verdade apenas tem caído. Os bons resultados do país, segundo o ministério, decorrem da ampliação do crédito rural, dos incentivos à pesquisa, ao melhoramento genético e à exportação.

Acordo com a FAO prevê investimentos de R$ 3 milhões na agricultura familiar

O Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) e a Organização das Nações Unidas para Agricultura e a Alimentação (FAO) assinaram um convênio para fortalecer a agricultura familiar na América Latina e no Caribe. O acordo prevê investimentos de R$ 3 milhões no próximos anos.

Governo institui medidas para desenvolver a agricultura sustentável

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) instituiu nesta terça-feira, 21 de agosto, o decreto nº7.794, que institui a Política Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica (Pnapo). A medida pretende desenvolver e adequar as ações voltadas para a agricultura sustentável no país.

Atendimento Online
Quer Facilidade