WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

"curso-de-padeiro-em-maringa"

Comemore o Dia do Padeiro com uma deliciosa receita de Éclair

Não há nada comparado ao cheirinho de pão quentinho logo de manhã. Devemos agradecer aos franceses essa maravilhosa criação do século XVII - assim como parabenizá-los pelos avanços nos processos de Panificação e Confeitaria. Graças a eles e aos padeiros - ou panificadores, hoje temos pães de todos os tipos e delícias como éclair (bomba recheada), profiterole, croissant e o tradicional pão francês

8 de julho - dia do padeiro

Todos os anos, no dia 8 de julho, os padeiros são homenageados. O motivo da escolha dessa data comemorativa é porque se trata do dia de Santa Isabel. Rainha de Portugal, a jovem ofertava pães aos pobres ainda que contra a vontade do rei

Pão Congelado tem boa aceitação no mercado

Pão Congelado. Para muitos é ainda um mistério. Padeiro, dono de padaria, consumidor do famoso pão francês, essa é uma novidade que influencia o cotidiano tanto nos meios de produção quanto para quem adquire o produto.

Vagas sobrando em padarias são oportunidade de emprego

Há vagas de emprego sobrando para padeiros em todo o Brasil. Para as pessoas interessadas em investir em capacitação profissional na área de panificação, essa é uma grande oportunidade de entrar no mercado de trabalho.

Comemore! Hoje é Dia do Panificador!

No Brasil, o Dia do Panificador foi comemorado pela primeira vez, em 1955, durante o II Congresso Nacional de Panificação. Desde a marcante data, todo o país homenageia o panificador (popularmente conhecido como padeiro) como forma de reconhecimento a essa importante profissão. A marcante data é celebrada 8 de julho, Dia de Santa Isabel, padroeira dos panificadores.

Equipamentos de panificação otimizam o trabalho do padeiro

Hoje é dia do panificador, o responsável pelo pãozinho de cada dia que consumimos. A panificação é uma atividade antiga. Os primeiros pães foram assados sobre pedras quentes, ou debaixo de cinzas. Mas, foi na Roma que surgiram os primeiros padeiros que trabalharam em padarias públicas. Antes, o pão era fabricado por mulheres, como uma atividade doméstica.

Profissionais tradicionais estão em falta no mercado

Algumas profissões são de origem tão antiga que parecem que sempre existiram na história. Durante muito tempo, ofícios como os de costureira, padeiro, marceneiro e pedreiro eram simplesmente passados de pai para filho. Com o surgimento de grandes empresas e a criação dos processos industriais, elas acabaram sendo deixadas de lado.

Salve 8 de julho, o Dia do Panificador!

Para se tornar um panificador bem-sucedido, além do conhecimento técnico sobre o preparo de pães, são necessárias noções de química, física, matemática, nutrição, confeitaria e gastronomia. Sem falar da afinidade com as matérias-primas e habilidade no preparo das mais complexas receitas.

Máquina que controla fermentação reduz gastos em padarias

O setor de panificação está cada vez mais moderno. As tecnologias estão agregando facilidade nos serviços prestados e maior parcela lucrativa. Uma novidade no ramo são as câmaras climáticas, que têm o objetivo de conservar o pãozinho e auxiliam até mesmo as pequenas padarias.

Pão de milho é apenas uma das delícia que podem ser feitas com o grão

O milho é matéria-prima de inúmeros produtos, como bolos, pães, broas, entre outros. No Brasil, é um dos três cereais mais consumidos, e no seguimento de panificação, é mais utilizado do que se imagina. O produto aparece em cardápios como receitas que vão desde o tradicional bolo de fubá, passando pela broa airada e pães recheados, até requintadas sobremesas. Se na panificação o milho sempre esteve presente, na área de confeitaria ele começa a ser descoberto como componente de sobremesas sofisticadas

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!