Resultados da busca para "contrato-de-trabalho-por-comisso-de-vendas"

Consultoras de vendas CPT têm treinamento com Thiago Concer

Thiago Concer, sócio-fundador do Instituto de Especialização em Vendas, a maior Escola de vendedores e gerentes de vendas do Brasil; Autor do Livro Vendas não Ocorrem por Acaso: Um Guia Prático de Vendas; palestrante de vendas mais contratado no Brasil e o maior especialista em vendas do país, veio à Viçosa neste domingo, dia 26 de março, convidado pelo CPT – Centro de Produções Técnicas – para ministrar importante treinamento às consultoras de vendas do grupo.

Planejamento de vendas: 5 dicas para sua empresa vender mais e lucrar

Como está o seu plano de vendas para 2013? Você já estipulou metas coerentes para as vendas? Já criou estratégias para ter sucesso nessa empreitada? Pois bem, 2013 já começou e está na hora de agir nesse sentido

O Portal Cursos CPT disponibiliza a cartilha do trabalhador doméstico, do Ministério do Trabalho e Emprego, com perguntas e respostas

Com a implementação dos novos direitos da classe dos trabalhadores domésticos, muitas dúvidas surgiram com grande frequência, não somente dos empregados como também dos empregadores. Pensando nisso, o Governo Federal, por meio do Ministério de Trabalho e Emprego, lançou uma cartilha do trabalhador doméstico para esclarecer dúvidas sobre a nova Lei.

Os profissionais em falta no mercado

Alguns profissionais têm sido procurados por muitas empresas, mas está difícil encontrá-los. São pessoas com alto grau de especialização e preparo, por isso quase nunca ficam disponíveis. Eles geralmente ocupam vagas de gestão, principalmente em grandes corporações. Os salários são altos, mas fazem jus à complexidade e a especificidade do trabalho. Um levantamento feito pela consultoria EXEC a pedido da revista Exame, mostra quais são esses profissionais raros e muito valorizados no mercado brasileiros. São eles: Engenheiros e técnicos para a perfuração de poços de petróleo e gás natural: a área de petróleo e gás como um todo é bem deficiente de pessoal especializado no país. Muitas empresas chegam a importar mão de obra. No entanto, o déficit é ainda maior quando se trata de profissionais para trabalhar na perfuração de poços. Além de preparação muito específica, está cada vez mais difícil encontrar pessoas dispostas a passar muito tempo nas plataformas em alto-mar. Gerentes de incorporadoras com foco na captação de terrenos: o crescimento do mercado da construção abriu espaço para profissões bem mais específicas. Esse tipo de profissional costuma ser formado na área de gestão, mas possui grande experiência e olho clínico para encontrar bons terrenos e realizar bons negócios. Ele ainda precisa ter bom relacionamento com prefeituras e outros órgãos públicos, bem como com outras empresas e pessoas envolvidas no setor. Muitos profissionais estão migrando de outras áreas para trabalhar no setor imobiliário. Gerentes e engenheiros de obras voltadas para a geração de energia: os projetos para a geração de energia são empreendimentos grandiosos, feitos por grandes empresas ou pelo próprio governo e subsidiárias. Para trabalhar nessa área é preciso ter conhecimento técnico em gestão e engenharia, além de muita experiência para lidar com problemas ambientais, locais isolados e o próprio gerenciamento de pessoas em condições especiais. A falta desses profissionais se agrava quando se trata de fontes energéticas menos comuns, como a eólica e a solar. Gerentes agrícolas: esses não parecem estar em falta, visto o grande número deles no mercado. No entanto, a demanda ainda é muito maior, por conta do grande sucesso do agronegócio brasileiro. As deficiências vêm exatamente dos setores que mais produzem para a exportação, como a soja e o setor sucroalcooleiro. O gerente agrícola é responsável por conseguir uma maior produção, com menos custos, aplicando mais tecnologia e um melhor uso dos recursos. Gerentes de planejamento tributário: o sistema tributário brasileiro é muito complexo. Portanto, as médias e grandes empresas precisam de profissionais especializados para coordenar o planejamento do pagamento e de estratégias ligadas a impostos diretos, aqueles que incidem sobre as operações. Com esse tipo de profissional, as empresas podem economizar muito dinheiro, dentro e fora do país, sempre seguindo a legislação. Gerentes de vendas para a América Latina na área de tecnologia: com o crescimento da economia brasileira e a entrada no Mercosul, o Brasil passou a ser a sede e a liderar muitas negociações na área de tecnologia. Muitas empresas multinacionais instalaram sedes ou filiais no país, fazendo negócios com toda a América Latina. Há demanda por profissionais que coordenem as vendas para os outros países da região. Além dos conhecimentos em vendas, gestão e tecnologia, ele deve ter fluência na língua espanhola e conhecer a cultura e a economia desses países. Engenheiros especializados em cloud computing: a área está relacionada com a gestão e os conhecimentos de computadores ligados em redes (ou nuvens), significando uma evolução na internet. Os profissionais que trabalham nesta área não só possuem um amplo conhecimento de informática como também estão atualizados sobre todas as novidades do setor de internet, aplicativos para dispositivos móveis e redes sociais. Gerentes de serviços na área de tecnologia: telecomunicações e informática são as alguns dos setores que mais crescem hoje. Todos eles estão ligados à prestação de serviços. Esses gerentes precisam ter conhecimento de gestão e mercado, e também entender sobre o produto que oferecem, no caso, tecnologia. Gerente de vendas na área de educação/editorial: este é um dos setores que mais cresce hoje no Brasil, pois está ligado à educação em todos os níveis, mas sobretudo na área de capacitação profissional. O gestor precisa de experiência para trabalhar na área e de conhecimentos específicos sobre o setor, as leis sobre educação e as técnicas sofisticadas de marketing. Por: Maria Clara Corsino.

Hoje é Dia Internacional do Trabalho Doméstico!

Tamanha é a relevância do trabalho doméstico para a sociedade que, hoje, 22 de julho, o mundo celebra o Dia do Trabalho Doméstico. A marcante data é comemorada há mais de nove décadas pelos norte-americanos. No Brasil, embora não oficial, a data visa valorizar os serviços domésticos realizados por milhões de brasileiros.

2013 bate recorde de vendas e o comércio varejista comemora

Em grande parte do território nacional, observa-se que o ano de 2013, até o mês de novembro, superou as vendas do ano anterior, quando comparado ao mesmo período. Esta estimativa faz com que o comércio varejista comemore, com perspectivas de comemorar ainda mais até o término do ano. Ao se avaliar o acumulado do ano, supermercados, hipermercados, alimentos e bebidas lideram o ranking dos mais bem posicionados, apresentando uma expansão de 6,4% no movimento de clientes. A segunda posição é ocupada por combustíveis e lubrificantes com alta de 5,1%. Em terceiro lugar classificam-se as lojas de veículos, motos e peças, com avanço de 3,8%. Já os móveis, eletroeletrônicos e informática ocupam a quarta posição, apresentando alta de 3,3% e equiparando-se ao setor de material de construção. Em quinto e último lugar ranquearam os pontos de venda de tecidos, vestuário, calçados e acessórios, cujo movimento de consumidores cresceu 3,2%.

Feliz Dia do Trabalhador Rural!

Tamanha é a importância desse profissional, para a sociedade e para o desenvolvimento do país, que, em 25 de maio, comemora-se o Dia do Trabalhador Rural, data instituída pelo Decreto Lei nº 4.338/64. Desde então, todos os anos, os profissionais que trabalham no campo – de agricultores a criadores de animais, são homenageados.

Estudo da OIT conclui que as mulheres trabalham mais tempo do que os homens

É notável o quanto as mulheres conseguiram e estão conseguindo mais espaço no mercado de trabalho. No entanto, segundo estudo divulgado pela Organização Internacional do Trabalho (OIT), elas ainda se dividem entre o trabalho fora e os afazeres domésticos.

Por que contratar um corretor de imóvel

Na hora de vender um imóvel, muita gente tem dúvida se deve fazer o negócio sozinho ou com a ajuda de um corretor. Por mais que a primeira situação seja mais barata, por não envolver uma comissão, ela não costuma ser a melhor. A falta de experiência em vendas e de conhecimentos sobre o mercado imobiliário podem prejudicar o proprietário e trazer perdas bem maiores do que seria a comissão da venda.

Cresce o número de jovens e idosos no mercado de trabalho

A Relação Anual de Informações Sociais (Rais), divulgada pelo Ministério do Trabalho esta semana, mostra que o mercado de trabalho brasileiro está em expansão, mesmo com o crescimento mais lento da economia, e apresentou mudanças significativas nos últimos anos. Houve uma elevação considerável na participação de mulheres, jovens e idosos. Para os próximos meses, espera-se a criação de muitas outras vagas, em todos os setores.

Atendimento Online
Quer Facilidade