Resultados da busca para "cogumelo"

Cogumelos estão em alta no mercado nacional

Os cogumelos sempre foram apreciados por seu valor gastronômico, nutricional e medicinal. Atualmente, o mercado nacional está em alta, graças aos avanços tecnológicos, que aprimoraram a qualidade, a produtividade e o custo de produção dos cogumelos. O aumento no consumo de cogumelos fez com que o mercado nacional se especializasse e novas variedades passaram a ser produzidas para atender à grande demanda.

Nem todos os cogumelos podem ser consumidos, afirmam especialistas

Nem todos os cogumelos são comestíveis, alguns são tóxicos e outros letais. O cogumelo Lepiota, da ordem Agaricales, apresenta substâncias altamente tóxicas, conhecidas como amanitinas. Algumas espécies de cogumelo, como Amanita verna, Lepiota castanea, Clitocybe dealbata e Cortinaruius gentilis, contêm amatoxinas, muscarinas ou orelaninas e podem ser fatais.

Cogumelo medicinal ajuda no combate ao câncer

O cogumelo Agaricus blazei, chamado popularmente de cogumelo do sol, é conhecido por suas propriedades medicinais. Com ocorrência natural nas áreas serranas da Mata Atlântica do sul do estado de São Paulo, seu cultivo é realizado com sucesso no Brasil. Cogumelos são utilizados há tempos com finalidades medicinais para combater hemorragias, cólicas, asma, entre outras enfermidades.

Cresce em 10% a demanda por cogumelo in natura

Em sopas, em caldos, em refogados, em saladas e em legumes são as formas mais comuns de utilização do cogumelo na alimentação humana. Explorados em grande quantidade há tempos pela culinária oriental, os cogumelos, atualmente, têm caído no gosto e no paladar dos brasileiros, o que tem proporcionado grande aumento de sua produção no País. O resultado? Aumento de 10%, segundo a Associação Nacional de Produtores de Cogumelos (ANPC), da demanda das variedades in natura.

Cogumelo champignon é apontado como cultivo sustentável

Os cogumelos comestíveis, apreciados em muitas dietas europeias e orientais, têm apresentado sua importância pelo fato de possibilitar a reciclagem econômica de resíduos agrícolas e agroindustriais. Por outro lado, considerando o elevado conteúdo proteico dos cogumelos, seu cultivo tem sido apontado como uma alternativa para incrementar a oferta de proteína aos países em desenvolvimento e com alto índice de desnutrição.

Cogumelos comestíveis, bom para quem produz, bom para quem consome

O mercado de cogumelos comestíveis é pouco explorado e está em forte expansão. Estima-se que o primeiro cultivo intencional de cogumelos comestíveis tenha ocorrido por volta do século VI. Conhecidos desde a Antiguidade, esses fungos eram usados na alimentação e também em tratamento terapêuticos.

Cogumelos shiitake tem valor gastronômico, nutricional e agroindustrial

Os cogumelos comestíveis, dentre eles o shiitake, sempre foram apreciados por seu valor gastronômico e nutricional. Entretanto, sua importância vem aumentando em função de um mercado em contínuo crescimento. Os rápidos avanços tecnológicos propiciaram uma melhora na qualidade, a produtividade e o baixo custo de produção também instigam esse negócio. Além disso, são ilimitadas as opções de espécies que podem ser cultivadas e utilizadas na alimentação, como nutracêuticos e até em fitoproteção, que induz resistência a fitopatógenos.

Cogumelo vira embalagem ecológica

Sustentabilidade é mesmo a palavra de ordem deste século. A busca por soluções que não sejam prejudiciais ao meio ambiente estão a todo vapor. Desta vez, pesquisadores do instituto norte-americano Rensselaer Polytechinic Institute desenvolveram uma embalagem a partir da fusão de raízes de cogumelos com resíduos agrícolas. Comparado com os materiais de embalagens comuns, essa invenção, totalmente natural, demanda menos energia para ser elaborada

Shimeji tem oferta de mercado menor que a demanda

O consumo do shimeji no Brasil tem aumentado ao longo da ultima década, e isso está diretamente ligado ao seu valor gastronômico. O cogumelo possui, também, propriedades medicinais e, apesar do pequeno consumo, a oferta é ainda menor, garantindo aos produtores mercado favorável, uma vez que a produção continua sendo menor que a demanda.

Normas para a produção de alimentos orgânicos

Na agricultura orgânica não são utilizados produtos químicos. O sistema adere aos princípios da agricultura sustentável, e não aplicando nada que deixe resíduos prejudiciais ao meio ambiente. O Mapa - Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, publicou no Diário Oficial da União, duas instruções normativas que regulamentam a produção de cogumelos comestíveis, sementes e mudas em sistemas orgânicos de produção.

Atendimento Online
Quer Facilidade