WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

"vantagens-e-desvantagens-do-uso-de-pocos-artesianos-ns-piscicultura"

Quanto mais bombear, menor o nível de água dentro do poço

Quando ocorre um bombeamento, parte da água é transferida de dentro do poço para a superfície, o que resulta no rebaixamento do nível da água dentro do poço. Com esse rebaixamento, podemos afirmar que o nível da água, dentro do poço, irá variar de acordo com a vazão de água bombeada. Quanto maior a vazão, maior será a profundidade do nível da água dentro do poço. Isso acontece porque todo aquífero possui determinada capacidade de recomposição, sendo essa variável com a profundidade do nível dinâmico.

Piscicultura: onde legalizá-la para sair da informalidade?

Como todas as atividades humanas, a piscicultura é uma atividade que pode ter impactos significativos sobre o meio ambiente, tanto na implantação dos viveiros quanto na sua operacionalização. Segundo Dr. Giovanni Resende, professor do Curso CPT Criação de Peixes - Como Implantar uma Piscicultura, "Atualmente, a produção de pescado com qualidade é uma exigência do mercado consumidor. Por isso, existem leis que regulamentam a instalação de uma piscicultura para minimizar os danos ao meio ambiente que uma empresa como essa pode causar".

Isca formicida: vantagens e desvantagens

A isca formicida é comercializada a granel, normalmente, em sacos de 5 kg e 500 g e em porta-iscas plásticas de 50 g. O uso desses porta-iscas industriais de forma corriqueira e relativamente recente tornou-se muito popular por apresentar baixo custo e diversos benefícios. "Evita que animais possam ter acesso a isca com o veneno, é de fácil manuseio, não expõe o trabalhador em contato com o veneno, fica fácil a mensuração da quantidade de isca, prolonga a vida útil do produto que não fica exposto à umidade ou pequenas chuvas, entre outros"

Torne-se produtivo com base nos níveis de uso do tempo

A nossa produtividade está intimamente ligada aos chamados níveis de capacidade de uso do tempo, isto é, de nosso relógio biológico que regula a variação dos fluxos de nossa energia no decorrer das 24 horas do dia. Conhecendo os níveis de capacidade de uso do tempo, verifique quais são as suas horas mais produtivas, por meio de um levantamento hora a hora, para permitir que você faça uma distribuição de seu trabalho dentro de um planejamento racional e produtivo de acordo com suas atividades.

Pisciculturas: como evitar a erosão do solo

Para evitar a erosão do solo em pisciculturas é preciso construir caixas e bacias de contenção de chuvas torrenciais, para impedir o deságue das enxurradas dentro das unidades produtivas. "Mantenha o local dos açudes ou viveiros cercado, porque, além da erosão, os animais que tiverem acesso causarão estresse nos peixes, diminuindo o desempenho", afirma Dr. Giovanni Resende, professor do Curso CPT Criação de Peixes - Como Implantar uma Piscicultura.

Por que instalar unidades de cultivo autodepuradoras na piscicultura?

Pensando em iniciar uma piscicultura? Saiba, então, que a instalação de unidades de cultivo autodepuradoras e integradas é uma tendência mundial, devido à pressão pelo uso racional de água e de espaço. “Esses modelos são capazes de otimizar a área útil das propriedades rurais, no momento em que concilia, num único local, a engorda de peixes, a manutenção da qualidade de água e a geração de produtos secundários sem o uso sistematizado de adubos químicos e agrotóxicos”

Objetivos e vantagens da inseminação artificial em bovinos

A inseminação artificial permite a utilização do sêmen de touros europeus, em vacas criadas em condições tropicais, possibilitando o cruzamento entre raças (cruzamento industrial). Muitas são as vantagens da utilização dessa técnica, motivo pelo qual têm-se verificado sua evolução. Entre elas, podemos destacar:

Piscicultura: planejamento e escalonamento de viveiros

O correto planejamento é a chave para a construção de viveiros e demais estruturas de suporte de uma piscicultura. Quando se começa a produzir peixe, é preciso planejar um esquema escalonado para que todo mês se consiga a quantidade necessária para ofertar ao mercado. O planejamento e o escalonamento da produção vão depender de cada propriedade e de qual espécie escolhida.

Medicamento e remédio: qual a diferença?

De acordo com Ricardo Zatti, professor do Curso a Distância CPT Capacitação de Atendente de Farmácia e Drogaria: Anatomia Humana e Farmacologia, em Livro+DVD e Curso Online, medicamento é uma preparação feita com o uso de substâncias apropriadas (fármacos e excipientes), cuja ação é comprovadamente benéfica ao organismo. O remédio, por sua vez, é tudo de que se faz uso ou prática, visando benefícios ao organismo.

Por que cultivar tilápia-do-nilo nas pisciculturas?

A tilápia-do-nilo (Oreochromis niloticus) é uma espécie de grande interesse na piscicultura atual, pois é o segundo grupo de peixes de água doce cultivado no mundo, ficando atrás apenas das carpas. "No Brasil, é a espécie mais cultivada, respondendo pela metade da produção anual de peixes cultivados", afirma Giovanni Resende de Oliveira, professor do Curso CPT Nutrição e Alimentação de Peixes.

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!