WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

"vantagens-e-desvantagens-da-piscicultura-extensiva"

Piscicultura: onde legalizá-la para sair da informalidade?

Como todas as atividades humanas, a piscicultura é uma atividade que pode ter impactos significativos sobre o meio ambiente, tanto na implantação dos viveiros quanto na sua operacionalização. Segundo Dr. Giovanni Resende, professor do Curso CPT Criação de Peixes - Como Implantar uma Piscicultura, "Atualmente, a produção de pescado com qualidade é uma exigência do mercado consumidor. Por isso, existem leis que regulamentam a instalação de uma piscicultura para minimizar os danos ao meio ambiente que uma empresa como essa pode causar".

Pisciculturas: como evitar a erosão do solo

Para evitar a erosão do solo em pisciculturas é preciso construir caixas e bacias de contenção de chuvas torrenciais, para impedir o deságue das enxurradas dentro das unidades produtivas. "Mantenha o local dos açudes ou viveiros cercado, porque, além da erosão, os animais que tiverem acesso causarão estresse nos peixes, diminuindo o desempenho", afirma Dr. Giovanni Resende, professor do Curso CPT Criação de Peixes - Como Implantar uma Piscicultura.

Objetivos e vantagens da inseminação artificial em bovinos

A inseminação artificial permite a utilização do sêmen de touros europeus, em vacas criadas em condições tropicais, possibilitando o cruzamento entre raças (cruzamento industrial). Muitas são as vantagens da utilização dessa técnica, motivo pelo qual têm-se verificado sua evolução. Entre elas, podemos destacar:

Piscicultura: planejamento e escalonamento de viveiros

O correto planejamento é a chave para a construção de viveiros e demais estruturas de suporte de uma piscicultura. Quando se começa a produzir peixe, é preciso planejar um esquema escalonado para que todo mês se consiga a quantidade necessária para ofertar ao mercado. O planejamento e o escalonamento da produção vão depender de cada propriedade e de qual espécie escolhida.

Por que cultivar tilápia-do-nilo nas pisciculturas?

A tilápia-do-nilo (Oreochromis niloticus) é uma espécie de grande interesse na piscicultura atual, pois é o segundo grupo de peixes de água doce cultivado no mundo, ficando atrás apenas das carpas. "No Brasil, é a espécie mais cultivada, respondendo pela metade da produção anual de peixes cultivados", afirma Giovanni Resende de Oliveira, professor do Curso CPT Nutrição e Alimentação de Peixes.

Sistema RAS para peixes: 4 dicas para instalar a piscicultura

O primeiro passo quando se pensa em motar uma piscicultura é a escolha do local onde vão ficar os tanques. “Qualquer tipo de interferência externa vai afetar o comportamento e, principalmente, o consumo dos peixes”,afirma Giovanni Resende de Oliveira, professor do Curso CPT Cultivo de Peixes em Sistema de Recirculação de Água – RAS.

Vantagens das Olimpíadas 2016 para setor hoteleiro e de turismo

Inúmeras são as vantagens das Olimpíadas 2016 para o Brasil, em especial, para hotelaria e turismo. As chances de que nossa economia seja impulsionada com a vinda dos estrangeiros e a imagem do país ganhe novo aspecto no exterior são enormes

Sistema de irrigação: vantagens do autopropelido moderno

O sistema de irrigação com autopropelido moderno, que trabalha enrolando a mangueira em um carretel, apresenta vantagens imbatíveis com relação aos outros, entre as quais consumir menos energia; proporcionar maior vida útil para a mangueira; não utilizar cabo de aço e, por isso, não necessitar de estruturas de ancoragem; e facilitar as mudanças de posição.

Isca formicida: vantagens e desvantagens

A isca formicida é comercializada a granel, normalmente, em sacos de 5 kg e 500 g e em porta-iscas plásticas de 50 g. O uso desses porta-iscas industriais de forma corriqueira e relativamente recente tornou-se muito popular por apresentar baixo custo e diversos benefícios. "Evita que animais possam ter acesso a isca com o veneno, é de fácil manuseio, não expõe o trabalhador em contato com o veneno, fica fácil a mensuração da quantidade de isca, prolonga a vida útil do produto que não fica exposto à umidade ou pequenas chuvas, entre outros"

Afinal, o que é recria de peixes, você sabe?

A recria consiste nas criações de peixes que adquirem os alevinos de pisciculturas especializadas e registradas, para criá-los até se transformarem em peixes juvenis. “Quando eles atingem o peso ideal para a outra fase da criação, podem ser comercializados, simplesmente, para outras pisciculturas para engorda, ou transferidos para outra instalação na própria piscicultura se esta praticar a fase de recria e engorda, pois o manejo e as instalações são diferentes

Fique por dentro das novidades!