WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

"qual-e-a-numeracao-das-limas"

Adubação Fosfatada Corretiva. O que é?

Adubação fosfatada corretiva é o uso de doses elevadas de fertilizantes fosfatados, industrializados ou naturais, com aplicação a lanço, incorporados com gradagem para elevar o nível de fertilidade natural e tornar mais eficiente as adubações de manutenção, afirma Dr. Júlio César Lima Neves, professor do Curso CPT Aplicação Econômica de Adubos.

Vai fazer compotas ou frutas em calda? Então, olho nessas dicas!

Vai fazer compotas ou frutas em calda? Então, você precisa saber de uns detalhes que farão muita diferença para o sucesso de sua produção, principalmente no momento de comercializar. “Antes de preparar as compotas ou as frutas em calda, lave bem as frutas e seque-as com um pano limpo”, afirma Maria da Graça Lima Bragança, professora do Curso a Distância CPT Como Produzir Doces em Calda e Compotas, em Livro+DVD e Curso Online. Se necessário, corte as frutas em pedaços.

Hortaliças: dicas para adubar olerícolas corretamente

A adubação em hortas é muito diferente daquela vista para culturas anuais e para culturas perenes porque a maioria dos produtos olerícolas foi melhorada para alta produtividade e boa apresentação, explica Júlio César Lima Neves, professor do Curso CPT Aplicação Econômica de Adubos. Assim, de forma geral, são plantas extremamente exigentes em nutrientes.

Fertilizantes para aplicação econômica de adubo

Segundo Júlio César Lima Neves, professor do Curso CPT Aplicação Econômica de Adubos, “para escolher corretamente qual adubo usar, é preciso conhecer melhor as características de cada tipo, tais como: 1- Fertilizante fonte de nitrogênio (N) » Sulfato de amônio: possui entre 18 e 20% de nitrogênio. Tem menor perda para a atmosfera. » Ureia: possui em torno de 45% de nitrogênio. Quando aplicado ao solo, perde-se para a atmosfera em forma de amônia (NH3).

Raças de caprinos bons de leite? Saanen, Toggenburg e Parda Alpina

As cabras Saanen são as maiores produtoras de leite, e sua lactação dura em média 300 dias. “Essa raça não é indicada para ser criada em sistema extensivo por possuírem pele e pelagem claras”, explica a professora Magna Coroa Lima, do Curso CPT Caprinocultura: Produção e Principais Doenças.

Escherichia coli. Você sabe tudo sobre essa bactéria?

A Escherichia coli é uma bactéria muito versátil e possui, pelo menos, 200 sorotipos já identificados, explica Dra. Magna Coroa Lima, professora do Curso CPT Microbiologia Veterinária. Esta bactéria pode se tornar: Comensal: comum na microbiota do cólon e importante para o funcionamento normal do intestino. Oportunista: patógeno potencial para humanos (inúmeras doenças) e para quase todas as espécies animais. Existem vários tipos de patotipos de E. coli especializados em causar certos tipos de enfermidade.

Bactéria de alta mortalidade entre os animais? Clostridium!

O gênero Clostridium possui grande importância na medicina veterinária, pois causa doenças (principalmente o tétano) de alta mortalidade na maior parte dos animais. “Suas espécies possuem bastonetes gram-positivos, são grandes, anaeróbios, endósporos, em sua maioria móveis, com catalase e oxidase negativas. Variáveis em relação ao tamanho, localização e forma”, explica Dra. Magna Coroa Lima, professora do Curso CPT Microbiologia Veterinária.

Reprodução de cabras leiteiras? Conheça o Efeito Macho

Diversos estudos e observações a campo têm mostrado que a presença de um macho junto às fêmeas exerce um efeito indutor à ovulação. "Provavelmente, os machos liberam ferormônios que ativam o mecanismo hormonal, provocando como resposta o aumento da fertilidade", explica Prof.ª Maria Pia Souza Lima Mattos de Paiva Guimarães, do Curso CPT Criação de Cabras Leiteiras - Instalações, Raças e Reprodução.

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!