WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

"quais-arvores-frutiferas-para-terreno-argiloso"

Pisciculturas: por que fazer o teste de porosidade do solo?

A análise da textura do solo deve ser realizada antes de se implantar uma piscicultura. Tem por finalidade verificar se o solo é mais argiloso ou arenoso, possibilitando ao aquicultor, assim, determinar corretamente a vazão de água dos tanques. "Viveiros escavados em um terreno arenoso necessita de 7,5 a 12 L/s enquanto os viveiros escavados em terreno argiloso precisa de 2,5 a 4 L/s"

Análise granulométrica do solo

A análise granulométrica visa determinar as proporções da frações argila, silte e areia. As frações maiores que a areia representam a pedregosidade. A partir desta determinação, é possível enquadrar o solo dentro de uma classe textural, ou seja, classificá-lo como arenoso, argiloso, siltoso, entre outros.

Argilas branca, verde e rosa: qual a melhor delas?

A Argiloterapia é a utilização da argila com a finalidade terapêutica. Ela é formada a partir da decomposição do solo. Nessa decomposição, ocorrem reações físico-químicas do meio ambiente, que, depois de muitos séculos, acumula minerais, como ferro, silício, manganês, titânio, cobre, zinco, cálcio, fósforo, potássio, entre outros.

Quais as funções dos pelos, você sabe?

Quais as funções dos pelos, você sabe? Não? Pois bem, vamos lá! Os pelos têm 3 funções básicas em nosso corpo: protetora, sensitiva e termorreguladora, afirma Mitsue Mary Ávila Watanabe, professora do Curso a Distância CPT Depilação Feminina e Masculina. Além dessas, os pelos exercem uma função estética muito importante.

Moldagem em cerâmica: técnica

No início dos treinamentos com argila tente fazer, movimentos mais lentos para que possa observar e aprender mais sobre a reação da argila à medida que a mesma vai sendo achatada e espalhada sobre a superfície em que estiver trabalhando

Consorciar árvores e pastagens dá certo? Quais as vantagens?

Consorciar árvores e pastagens dá certo? Quais as vantagens? A resposta é sim. Nas áreas de pastagens, os sistemas silvipastoris, ou seja, sistemas que consorciam árvores e pastagens, trazem aumentos substanciais na circulação de riqueza, favorecendo a industrialização regional através da disponibilidade de matéria-prima em maior quantidade e diversidade. Além disso, otimiza-se a oferta de emprego direto e indireto, via incremento de cadeias produtivas.

Torne-se produtivo com base nos níveis de uso do tempo

A nossa produtividade está intimamente ligada aos chamados níveis de capacidade de uso do tempo, isto é, de nosso relógio biológico que regula a variação dos fluxos de nossa energia no decorrer das 24 horas do dia. Conhecendo os níveis de capacidade de uso do tempo, verifique quais são as suas horas mais produtivas, por meio de um levantamento hora a hora, para permitir que você faça uma distribuição de seu trabalho dentro de um planejamento racional e produtivo de acordo com suas atividades.

Por que trabalhar no sistema de rotação de culturas?

A rotação de culturas é um sistema que consiste em alternar, num mesmo terreno, diferentes culturas, e na sequência estabelecida dentro do plano definido. Isto tem por objetivos organizar melhor a distribuição das culturas na propriedade, facilitar o controle de ervas daninhas, propiciar a economia de operações agrícolas, facilitar a manutenção de matéria orgânica e do nitrogênio no solo, diminuir as perdas do solo por erosão, dentre outros

Vou arborizar meu município. Quais espécies de árvores plantar?

Contribuir para uma vida mais saudável não se limita apenas a questões como alimentação, moradia e passeios, ela também diz respeito aos cuidados que o ser humano deveria ter com o meio em que se vive. Neste sentido, o plantio de árvores ou arvoretas em vias públicas torna-se, a cada dia, uma atividade rotineira, quer seja para a implantação da arborização ou para a substituição de indivíduos ou espécies.

9 dicas para a modelagem de cerâmicas no torno

O torno é, sem dúvida, além de fascinante, um verdadeiro desafio, e por isso requer vontade de aprender, prática, paciência e tempo para dedicação. "O principal desafio consiste em centrar a argila, pois este é um fundamento básico para que a moldagem seja realizada com sucesso", afirma Magno Soalheiro Barrozo, professor do Curso a Distância CPT Moldagem em Cerâmica para Peças Decorativas, em Livro+DVD e Curso Online.

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!