WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

"preco-do-centro-de-carpas-ornamentais"

Como calcular o preço de venda de um produto?

A definição do preço de venda de um produto é um valor desejado de preço com o qual a mercadoria será colocada à disposição do mercado para que a empresa obtenha o lucro pretendido. Entretanto, sabe-se que o mercado e as características da empresa determinam o preço possível, devido a exigências governamentais, a custos de aquisição das mercadorias, ao nível de atividade da empresa e à remuneração do capital investido no negócio, ou seja, ao lucro.

Espécies de peixes ornamentais

O surgimento da criação de peixes ornamentais ocorreu na China com a criação das carpas ou Koi (Cyprinus carpio) e, principalmente, do peixe japonês ou Kinguio (Caracius auratus)

Você sabe calcular o preço de venda de seus produtos?

Segundo Hélvio Tadeu Cury Prazeres, professor do Curso CPT administração Financeira na Pequena Empresa, "A definição do Preço de Vendas (PV) é um valor desejado de preço com que a mercadoria será colocada à disposição do mercado para que a empresa obtenha o lucro pretendido". Sabe-se, todavia, que o mercado e as características da empresa são quem determina o preço possível, manifesto em exigências governamentais, custos de aquisição das mercadorias, nível de atividade da empresa e a remuneração do capital investido no negócio (lucro).

2 dicas de sucesso para uma sorveteria: preço e qualidade

O mercado de sorvete está diretamente relacionado a duas variáveis: preço e qualidade. O preço é requisito básico para a primeira compra e a qualidade é requisito para que o produto seja aceito e sempre comprado por seus clientes. Se desejar atingir o público-alvo da classe A, por exemplo, a qualidade será o fator mais importante. Se desejar atingir o público-alvo da classe C, neste caso o preço será o fator mais importante.

Doenças nos peixes ornamentais

Diversas enfermidades acometem os peixes ornamentais e podem, em certos casos, chegar a matar grande parte do plantel, provocando um enorme prejuízo. Na criação de peixes ornamentais, deve-se tomar um cuidado especial, pois, em função do manejo frequente, os peixes tornam-se mais susceptíveis às doenças por causa do estresse e de possíveis ferimentos associados à perda do muco protetor, para entender melhor das possíveis enfermidades o professor Manuel Vazquez ,do Curso CPT de Produção de Peixes Ornamentais, trouxe as dicas.

Quer criar carpas coloridas? 8 dicas para você ter sucesso

Peixes de boca pequena, desdentadas, rodeadas de barbilões curtos, alimentam-se de ração, minhocas, larvas de insetos e até caramujos, onivíparas, de água doce e podem chegar até 100 centímetros de comprimento - assim são as carpas. Sejam elas brancas, cinzas, amarelas, alaranjadas, pretas ou coloridas, quando mantidas em aquários e lagos artificiais, as carpas podem custar até R$ 10 mil, desde que suas cores apresentem-se vivas, nítidas, fazendo desenhos únicos, os quais cada uma delas leva estampada no corpo.

Quero criar peixes ornamentais em caixas d'água. É possível?

Quero criar peixes ornamentais em caixas d’água. É possível? Sim, é. As caixas d’água são instalações bastante utilizadas na criação de peixes ornamentais. “As caixas plásticas ou de fibra são de pronto uso”, afirma Manuel Vazquez Vidal Junior, professor do Curso CPT Produção de Peixes Ornamentais. Já a caixa de amianto deve ser pintada com tinta à base de látex, pois ela provoca bruscas alterações no pH e pode liberar substâncias tóxicas.

Alimentação saudável: preço dos produtos

Antes de ir às compras, é importante que se faça uma pesquisa de preços, das condições de pagamento e das condições de higiene em diferentes locais. Muitos fatores influenciam no preço dos produtos de consumo, entre eles estão: qualidade do produto

Vai criar peixes ornamentais para revenda? Crie em estufas!

Pode-se afirmar com segurança que a estufa é uma estrutura fundamental para a criação comercial de peixes ornamentais. “Ela possibilita ao produtor realizar desovas durante os meses de inverno, aumentando a sua produção e possibilitando a comercialização dos peixes nas épocas de alta do mercado”, afirma Manuel Vazquez Vidal Junior, professor do Curso CPT Produção de Peixes Ornamentais.

Nutrição de peixes ornamentais: como proceder

Alimentar os peixes significa prover condições para que eles tenham acesso a todos os nutrientes necessários ao seu crescimento, engorda e reprodução. Para isso, deve-se fornecer alimentos que possam ser capturados pelos peixes e, posteriormente, ser digeridos até gerarem moléculas que possam ser absorvidas pela parede intestinal.

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!