WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Resultados da busca para "doencas-que-acomete-os-marrecos" ()

Criação de marrecos - os patos e os marrecos

Você sabia que os marrecos são irmãos gêmeos dos patos? Pois é, eles são. A única diferença entre eles é o tamanho, pois os marrecos são menores que os patos e atingem de 35cm a 50cm

Criação de marrecos - diferenças entre patos e marrecos

O marreco não tem carúnculas, verrugas avermelhadas sobre o bico e em volta dos olhos, e suas penas da cauda são viradas para cima formando uma vírgula. Já o pato tem penas lisas na cauda e postura mais horizontal

Criação de marrecos - marreco de Pequim

O marreco de Pequim, provavelmente o mais rústico que se conhece, é muito resistente e fácil de criar. É a raça que melhor se adapta às condições brasileiras. Embora seja considerada uma raça mista, para carne e ovos, sua principal finalidade é a produção de marrecos

Doenças nos peixes ornamentais

Diversas enfermidades acometem os peixes e podem, em certos casos, chegar a matar grande parte do plantel, provocando um enorme prejuízo. Na criação de peixes ornamentais deve-se tomar um cuidado especial pois, em função do manejo frequente, os peixes tornam-se mais susceptíveis às doenças

Enquanto o veterinário não chega: doenças nervosas

Doenças nervosas em cavalos são quase sempre letais. O curso das doenças dura geralmente de um a dez dias. Os sintomas geralmente são animais que

Criação de marrecos - pequim

Você sabe por que o marreco também é conhecido como Pequim? Porque a 4.000 anos os marrecos são criados pelos chineses e têm a função de combater as ervas daninhas das plantações de arroz

Principais pragas e doenças de pastagens cultivadas

Com a expansão das pastagens cultivadas e intensificação da atividade pecuária nos últimos anos, várias pragas e doenças de forrageiras começaram a ter importância significativa

Sífilis na gravidez - como diagnosticar, tratamento e consequências

Doença Sexualmente Transmissível (DST) que pode ser identificada pelo aparecimento de rachaduras e membranas mucosas na região genital, a Sífilis acomete cerca de 1% da população brasileira, conforme estimativas do Ministério da Saúde. Dados também revelam que aproximadamente 50 mil gestantes são portadoras, sendo que 80% delas realizaram o pré-natal e 56,6% descobriram a sífilis durante a gestação.

Controle biológico de pragas e doenças: o que é isso?

Esse tipo de controle tem como premissa o fato de que o equilíbrio entre espécies se dá na relação direta entre predador e presa. Assim, nesse tipo de manejo, utilizam-se predadores para controlar a presença de praga. "Pode-se utilizar, além de predadores, alguns parasitoides e organismos entomopatogênicos como vírus, fungos e bactérias, que causam doenças nos insetos, desde que sob a orientação de técnico especialista", afirma Eduardo Elias Silva dos Santos, professor do Curso a Distância CPT Como Montar um Viveiro de Plantas Ornamentais, em Livro+DVD e Curso Online.

Como se relacionam os parasitas e os bovinos

Como se relacionam as parasitas e os bovinos - De ciclo de vida simples, direto e rápido, os parasitas afetam a eficiência da bovinocultura de corte

Fique por dentro das novidades!