WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Resultados da busca para "curso-de-carpintaria" ()

Marcenaria: tipos de pregos

Prego comum de cabeça pequena: também conhecido como prego sem cabeça, é o mais usado na marcenaria, pois permite disfarçar a cabeça afundando-se e cobrindo-a com uma massa; Prego comum de cabeça chata: utilizado quando é necessário um maior poder de fixação. Mais utilizado em carpintaria, construção civil e peças de madeira que não exigem melhor acabamento, como, por exemplo, caixas e engradados;

Marcenaria: revestimento das madeiras

Os revestimentos permitem que madeiras menos nobres ou as industrializadas (compensado, MDF, aglomerado e OSB) tenham uma aparência mais agradável, além da redução de custos. Os revestimentos nessas madeiras são feitos com lâminas que podem ser naturais ou artificiais.

Marcenaria: tipos de juntas e encaixes

Tipos de juntas e encaixes - Meia-madeira: são encaixes simples usados especialmente nas estruturas leves, em que o ponto de junção não é submetido à pressão. Diz-se que é meia madeira a junção que consiste em remontar parte de uma peça na outra, por meio de rebaixos feitos em faces opostas à outra

Marcenaria: equipamentos de segurança

A maioria das máquinas de uma marcenaria oferece um risco substancial. E o número de acidentes pode ser grande se não forem aplicados os conceitos de segurança e uso de máquinas adequadas.

Marcenaria: o profissional marceneiro

O marceneiro é um profissional capaz de projetar e confeccionar todo e qualquer tipo de móvel e deve ser treinado para trabalhar com desenhos, croquis e especificações técnicas em função das fases estabelecidas na execução da fabricação de móveis. Também deve ter conhecimento sobre matérias-primas, já que é o responsável pela escolha, em relação aos tipos, procedência e utilização de elementos de fixação.

Marcenaria: origem dos trabalhos com madeira

Nos primórdios da civilização, o ser humano fazia uso de peças rudimentares de madeira de formas variadas. As peças de mobília mais antigas, conhecidas nos dias de hoje, provêm do Egito antigo, 300 A.C., que talvez tenha sido umas das primeiras civilizações a se sofisticar em seus costumes, o que incluiu o uso de móveis de madeira.

Marcenaria: variedade de parafusos

Os parafusos apresentam uma grande variedade de formas e medidas, e de acordo com essas formas e medidas, uma infinidade de utilidades. As principais características e utilidades para cada tipo de parafuso são: Cabeça escareada: usado em situações nas quais a cabeça do parafuso deve ficar alojada de forma muito rente à superfície da madeira após a sua colocação.

Marcenaria: fatores de sucesso

Os principais fatores de sucesso das marcenarias no Brasil são: Qualidade - onde esta característica não deve estar limitada ao móvel em si, mas abranger o atendimento com um todo: desde a forma como as pessoas atendem ao telefone, até o momento do pós-venda

Marcenaria: madeiras maciças mais conhecidas

Principais madeiras maciças mais conhecidas e procuradas no mercado imobiliário: 1) Andiroba: madeira moderadamente pesada, de cor castanho-avermelhado-clara e textura média. Aplainamento irregular, com bom lixamento e acabamento

Marcenaria: alternativas para a escassez da madeira maciça

Com o avanço das tecnologias de processamento da madeira e também dos materiais usados na fabricação de móveis, a madeira maciça tem sido substituída por algumas alternativas de madeira processada como painéis e lâminas de madeira

Fique por dentro das novidades!