WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

"criterios-para-o-professor-analisar-o-seu-aluno"

Aprendizagem significativa: professor líder e professor autoritário

Você sabe a diferença de um professor líder de um professor autoritário? O professor líder compreende as necessidades dos alunos, cobra limites claros e estimula emocionalmente. Já o professor autoritário é rígido com normas, abstém-se da comunicação e do afeto

Professores de visão apriorista condenam seus alunos ao fracasso

Visão apriorista acerca do conhecimento, você sabe o que é? Você sabe o que pensam e como pensam os professores aprioristas sobre a formação do conhecimento individual dos alunos? Você sabe em que ela acarreta? Pois bem, para aqueles que não sabem, a visão, conhecida como apriorista, é oposta à proposta pelo empirismo. Apriorismo, também conhecido como inatismo, é nome que se dá à crença de que já existe algo inato ou programado na bagagem genética hereditária de cada ser humano, que depois amadurecerá, em determinadas etapas, até que a pessoa desenvolva, a partir dessa base, o conhecimento. Por essa ótica, como a base já está feita em cada pessoa, o mundo exterior acaba tendo função menor, simplesmente de abastecer o indivíduo com conteúdo, de forma que o conhecimento se faça, então, existir.

Ciências na educação infantil: o professor catalisador

O professor catalisador tem a função de despertar o poder intelectual dos alunos, para que se percebam como sujeitos capazes de analisar, pensar e resolver problemas de uma forma natural. O professor tem de

O que fazer para que alunos com deficiência gostem das aulas?

Para que os alunos com deficiência se interessem pelas aulas, o professor deve adaptar o seu modo de transmitir os conteúdos e a forma de expressão. Segundo Emiliane Rezende, professora do Curso a Distância CPT Educação Inclusiva e Educação Especial, em Livro+DVD e Curso Online, "Não podemos deixar de salientar que a forma de ministrar o conteúdo sugerido pelos estudiosos do movimento inclusivo, e que é colocada em prática e posteriormente intitulada como experiência bem sucedida de inclusão, é excelente para a turma".

Aula expositiva: número excessivo de alunos

Número excessivo de alunos - Quando o número de alunos é muito grande, fato comum no ensino brasileiro, a aula expositiva torna-se o recurso mais fácil para o professor e para a escola.

Inclusão escolar de alunos surdos: como agir?

Embora o ensino através de LIBRAS (Linguagem Brasileira de Sinais) seja o método oficial para garantir a aquisição do conhecimento por parte do surdo, não é preciso ser especialista no assunto para fornecer recursos que de fato garantam a aprendizagem deles. "O aluno surdo deve frequentar as turmas comuns e, de preferência, em um contraturno, deve frequentar a sala de recursos onde um professor especializado deve desenvolver as habilidades do mesmo através do ensino de LIBRAS"

Sala de Aula Invertida: como avaliar os alunos

Os princípios de avaliação na Sala de Aula Invertida são os mesmos que seriam utilizados em outras atividades, claro, considerando a avaliação como um fator que contribui com a aprendizagem, indicando suas falhas, tanto do lado do professor como do aluno. “A avaliação deve ser feita tanto como caráter qualitativo como quantitativo. Vem daí a necessidade de que, durante a aula, os professores devam observar e dar feedback, além de avaliar, continuamente, o desempenho dos alunos”

Como prender a atenção dos alunos? Com carisma e oratória envolvente!

Para o aluno, a aula expositiva é um grande desafio ao envolvimento. Na maior parte do tempo, um monólogo do professor. Algumas vezes, um ou mais alunos podem até formular perguntas, mas, como estas perguntas, geralmente, não estão previstas no plano de aula, acabam se tornando um elemento que tende a desviar o professor de seu maior objetivo que é cumprir todo o conteúdo da matéria semestral durante as aulas programadas.

Professor de sucesso: situações difíceis

Muitas vezes, ouvimos relatos de professores a respeito de ocorrência que culminam em sindicâncias por conta de uma cola, um furto de prova, um flagrante em uma conversa paralela entre estudantes em aula e outras coisas poucas frente as muitas dificuldades que esses mesmos alunos encontram no dia a dia

Quadro e giz não mais! Os alunos querem tecnologias!

As tecnologias da comunicação e informação podem ser utilizadas para realizar formas artísticas; exercitar habilidades matemáticas; apreciar e conhecer textos produzidos por outros; imaginar, sentir, observar, perceber e se comunicar; pesquisar informações curiosas entre outras, atendendo aos objetivos de aprendizagem ou puramente por prazer, diversão e entretenimento. "Por isso, na medida do possível, é importante que os alunos possam fazer uso dos computadores tendo propósitos próprios, fora do horário de aula ou quando terminarem a proposta feita pelo professor", afirma Marcos Orlando de Oliveira, professor do Curso a Distância CPT Mídias na Educação, em Livro+DVD e Curso Online.

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!