WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

"como-tirar-o-sal-da-pimenta-biquinho"

Pimenta-do-reino: história e produção

A pimenta-do-reino, uma das especiarias mais antigas conhecidas, é originária do sudeste da Índia. É cultivada principalmente em países de climas tropicais e subtropicais. Sendo assim, encontra no Brasil condições ideais para o seu cultivo. Sua produção no Brasil é exportada para dezenas de países, nas formas de pimenta preta, pimenta branca e pimenta verde ou em salmoura, sendo que a maior parte produzida é de pimenta preta.

Sombra ou sol? Onde plantar pimentas?

As pimentas são exigentes em luminosidade, necessitando de luz solar direta e o número de horas de insolação diária afeta diretamente a produção. “O local para o plantio de pimenta deve receber luminosidade o dia inteiro, evitando-se locais que fiquem sombreados parte do dia”, afirma Roseane Mendonça de Figueiredo, professora do Curso a Distância CPT Produção e Processamento de Pimenta, em Livro+DVD e Curso Online.

Curiosidades Cursos CPT: pimenta-do-reino - valor

Nos séculos XV e XVI, na época das grandes navegações e descobrimentos marítimos, o valor da pimenta-do-reino era tão alto que ela foi utilizada como moeda. A busca por especiarias, como a pimenta-do-reino, foi uma das principais causas da expansão do império português

Alimentação saudável - redução do sal

Para reduzir o sal em sua alimentação, sem sacrificar o sabor, aprenda a usar especiarias e condimentos como: gengibre, alho, pimenta-do-reino, vinagre e outros. São ótimas formas de adicionar sabor sem o uso do sal

Muita ou poca água? Qual o melhor para as pimenteiras?

A pimenta necessita de 800 a 1.700 mm de chuva por ano, bem distribuídos. No entanto, chuvas em excesso podem ser prejudiciais, uma vez que essa planta não tolera o encharcamento. “A pimenteira resiste bem a estiagens curtas, mas a seca prolongada pode retardar o seu desenvolvimento e florescimento”, afirma Roseane Mendonça de Figueiredo, professora do Curso a Distância CPT Produção e Processamento de Pimenta, em Livro+DVD e Curso Online.

Vai plantar pimenta-do-reino? Conheça a Singapura

Essa cultivar de pimenta-do-reino foi introduzida em 1933, na região Norte do Brasil, por imigrantes japoneses, através do porto de Cingapura. Caracteriza-se por apresentar, após três anos, plantas com formato cilíndrico, folhas pequenas e estreitas, espigas curtas com comprimento médio em torno de 7cm e frutos de tamanho médio.

Como tirar manchas de caneta e óleo de tecidos

Quem nunca manchou tecidos com tinta de caneta e gordura? Ambas são super difíceis de serem retiradas. Na maioria das vezes, as inúmeras e cansativas tentativas para a eliminação da mancha não são bem-sucedidas. Pelo contrário! Inutilizamos roupas, toalhas e lençóis por não sabermos alguns simples macetes de limpeza fácil, com produtos que temos em casa.

Tire suas dúvidas sobre safra, entressafra e safrinha

A safra da cultura anual de ciclo curto plantada no período de entressafra é denominada safrinha. Trata-se de uma alternativa viável para que o agricultor tenha recursos financeiros para tocar os negócios. Existem agricultores que antecipam o plantio da cultura principal para adiantarem a colheita.Eles buscam aproveitar, ao máximo, as condições climáticas favoráveis do fechamento da safra.

Como podar o pé de pimenta-do-reino

Durante o crescimento, a pimenteira-do-reino emite várias brotações que, se deixadas crescer livremente, formarão uma touceira impossível de ser conduzida. Deve ser feita a poda do broto terminal, quando a pimenteira atingir 1 m de altura. “Essa prática tem como objetivo estimular a brotação dos ramos laterais de produção ou frutíferos”, explica Prof. Barachisio Lisboa Casali, do Curso CPT Produção e Processamento de Pimenta-do-Reino.. Outra poda importante a ser feita é das extremidades dos ramos produtivos a 30 cm do chão.

Curiosidades sobre o Sal: conheça-as!

O Velho Testamento relata a destruição de Sodoma e Gomorra, e a advertência divina para que Ló e sua mulher não olhassem para trás. Desobediente, a mulher de Ló foi transformada numa estátua de sal. Historiadores e teólogos acreditam que as duas cidades destruídas localizavam-se na região onde está hoje o Mar Morto, conhecido na antiguidade como Mar de Sodom.

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!