WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

"cativeiro"

Peixes em cativeiro necessitam da vitamina C para sobreviver?

Peixes em cativeiro necessitam da vitamina C para sobreviver? Sim, precisam. O ácido ascórbico (vitamina C) é uma das vitaminas mais estudadas para as tilápias, que, assim como outros animais, não conseguem sintetizá-la. Tilápias alimentadas com rações ausentes de suplementação de ácido ascórbico exibem baixa taxa de crescimento e baixa taxa de sobrevivência.

Dicas para criação de camarões de água doce em tanques

Os camarões de água doce são criados em tanques bem semelhantes à criação de peixes. Esses tanques são como piscinas, com água potável abastecida por meio de bomba de água. Os tanques precisam estar ligados a um encanamento estratégico e com escoadouro para saída de dejetos.

Rodolfo Von Ihering: você sabe quem foi? Já ouviu falar dele?

Na década de 1930, o cientista brasileiro Rodolfo Von Ihering desenvolveu a técnica de hipofisação em algumas espécies de peixes que, a partir de então, puderam ser propagadas artificialmente. “Inicialmente, foi desenvolvida com peixes de piracema, que foram capturados, injetados com estrato de hipófise e colocados em pequenos tanques com água corrente. Esses peixes desovaram em cativeiro, produzindo ovos fertilizados, que foram eclodidos em recipientes adequados e as larvas criadas em viveiros”, afirma Dr. Manuel Braz, professor do Curso a Distância CPT Produção de Alevinos, em Livro+DVD e Curso Online.

Criação de pacas: estado de choque produzido pelo estresse nas pacas

O estado de choque produzido pelo estresse nas pacas deixa o animal apático. Ele não se alimenta nem responde a estímulos externos; acaba morrendo por inanição e fraqueza. Pode ocorrer em alguns animais recém-capturados, às vezes pelo próprio estresse de capturas com cães ou perseguições ou por serem exemplares que não se adaptaram ao cativeiro. Em geral, estima-se em 5%

O pavão

Os pavões são originários da Índia, da Malásia e do Congo. O pavão do Congo é a espécie mais rara e difícil de ser encontrado no Brasil. O pavão indiano, também conhecido como pavão real

Você conhece o Tambacu?

O Tambacu é um peixe híbrido, obtido a partir do cruzamento do Tambaqui com o Pacu e tem os mesmos hábitos do Tambaqui. Toleram baixos teores de oxigênio dissolvido na água; atingem maturidade sexual por volta do quarto ano de idade, com cerca de 55 cm de comprimento; não se reproduzem naturalmente em viveiros; possuem boa adaptação ao cativeiro, rusticidade, grande habilidade de ganho de peso, alta taxa de reprodução e bom sabor e consistência de sua carne.

Piscicultor: o peixe é aquilo que ele come!

"Você é o que você come!", o mesmo vale para o peixe ou qualquer outro organismo aquático. E é exatamente por isto que quem deseja atuar na aquicultura deve ter noção clara sobre os aspectos nutricionais e manejos específicos recomendados à espécie alvo. "O meio e os alimentos consumidos pelos pescados influenciam diretamente no seu valor nutritivo, na qualidade organoléptica, e em outros aspectos relevantes", afirma Giovanni Resende de Oliveira, professor do Curso a Distância CPT Nutrição e Alimentação de Peixes, em Livro+DVD e Curso Online.

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!