WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Resultados da busca para "brigadista-florestal" ()

Reposição florestal: abastecimento da matéria-prima

A reposição florestal é o conjunto de ações desenvolvidas que visam estabelecer a continuidade do abastecimento da matéria-prima florestal aos diversos segmentos consumidores, por meio da obrigatoriedade da recomposição

Reposição florestal: componente florestal em culturas agrícolas

A introdução do componente florestal em culturas agrícolas, dependendo da espécie e da condição do local apresenta algumas vantagens

Reposição florestal: como fazer?

Para os consumidores de produtos florestais, a reposição florestal obrigatória pode se realizar de duas formas: por meio do plantio próprio em terras particulares ou de terceiros; ou através do recolhimento bancário dos valores correspondentes ao custo de plantio das árvores, diretamente às Associações de Reposição

Reposição florestal: benefícios

Benefícios advindos da atividade da reposição florestal: aumento da área reflorestada da região; diminuição do preço do produto para os consumidores

Você sabe a diferença entre incêndio florestal e queima controlada?

Queima controlada é o uso do fogo de forma planejada para se atingir um determinado objetivo como, por exemplo, a limpeza de uma pastagem. “A queima controlada é, obrigatoriamente, acompanhada de um planejamento prévio”, afirma Guido Assunção Ribeiro professor do Curso a Distância CPT Formação e Treinamento de Brigada de Incêndio Florestal.

Queima Natural Controlada: mocinha ou vilã da natureza?

A queima natural controlada incorpora novos conceitos sobre a relação do fogo com o ambiente natural. “Na prática, a queima natural controlada consiste em manejar o fogo de ocorrência natural nas áreas previamente estabelecidas”, afirma Guido Assunção Ribeiro professor do Curso CPT Formação e Treinamento de Brigada de Incêndio Florestal.

Zoocoria - você sabe o que é?

Diversos tipos de animais exercem importante papel na dispersão de sementes para áreas degradadas. As plantas investem em recursos para atrair seus dispersores, como arilos, polpa e outros e, assim, conseguem espalhar suas sementes a grandes distâncias.

Como a umidade relativa do ar influencia o fogo em queimadas?

A umidade relativa influencia a ação do fogo de diversas formas. Ela é a responsável, junto com a temperatura, pelo teor de umidade do material combustível, desde de que não haja chuvas. Isto ocorre no material que se encontra sobre o piso do solo. "O material seco absorve água quando a atmosfera está úmida e, ao contrário, quando a atmosfera está seca o material perde água", afirma Guido Assunção Ribeiro, professor do Curso a Distância CPT Formação e Treinamento de Brigada de Incêndio Florestal, em Livro+DVD e Curso Online.

Como evitar queimadas durante o tempo seco

Guido Ribeiro, professor do Curso a Distância CPT Formação e Treinamento de Brigada de Incêndio Florestal, anuncia que os efeitos provocados pelos incêndios florestais destacam-se por serem devastadores e por provocarem diversos danos aos componentes do ecossistema.

Práticas que contribuem para intensificar o processo erosivo

Sabe-se que a erosão acelerada atinge taxas elevadíssimas quando a exploração agrícola, a pecuária ou mesmo a florestal utiliza práticas inadequadas e que, até mesmo, promovem aumento ainda maior da taxa de erosão. “A retirada da proteção oferecida pelas plantas, aliada ao preparo do solo e o seu uso intensivo, enfraquecem-no deixando-o vulnerável à ação das chuvas e, ou dos ventos”, afirma Caetano Marciano de Souza, professor do Curso a Distância CPT Técnicas Mecânicas de Conservação de Água e Solo.

Fique por dentro das novidades!