WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Resultados da busca para "veneno-natural-pra-matar-lagarta-do-maracuja" ()

Biomas do Brasil - Mata dos Pinhais ou Mata de Araucárias

A Mata dos Pinhais, caracterizada devido a grande presença de pinheiros, principalmente o Pinheiro-do-Paraná, está localizada na região Sul do Brasil (Estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul), em locais com altitudes superiores a 500 m. Está incluída dentro do Bioma Mata Atlântica e é também conhecida como Mata de Araucárias, em função da forte presença da Araucária angustifolia neste bioma. Registros apontam que a Mata dos Pinhais já ocupou cerca de 2,6% do território nacional e assim como outras formações florestais do Brasil ela vem sendo degradada em função do corte ilegal de árvores, para a produção de madeira e resinas. Outro fator que tem contribuído para o desmatamento é a abertura de novas áreas destinadas à agricultura e pecuária e, com isto, 95% da mata nativa já foi derrubada nas últimas décadas.

As 10 cobras mais venenosas do mundo

As cobras venenosas dividem-se em três grupos, conforme a ação do seu veneno. O primeiro é o grupo das cobras cujo veneno age no sistema nervoso periférico, causando parada respiratória. É o caso da Taipan e da Coral Verdadeira. Já o grupo das víboras inocula substâncias tóxicas, que provocam distúrbios na coagulação do sangue, hemorragias e necrose local. Por fim, o terceiro grupo é o das serpentes marinhas, estas liberam um tipo de veneno chamado miotóxico, que causa destruição das fibras musculares e insuficiência renal aguda. Todas são extremamente letais.

Mudas de maracujá: por sementes, em sacolas plásticas e em tubetes

A forma de propagação do maracujazeiro mais utilizada é através de sementes. Mas, também podem ser utilizadas as técnicas de plantio em sacolas plásticas e em tubetes. É comercializado como fruta fresca para mercados atacadistas e varejistas e, principalmente, para as indústrias de processamento de suco e outros derivados.

Bicho-da-seda - desenvolvimento larval, limpeza da cama e manutenção dos casulos

Muitas vezes ocorre desuniformidade no desenvolvimento das lagartas na criação, podendo dificultar o manejo. As causas são as mais diversas, mas é preciso prestar atenção principalmente no último trato de cada idade (o último abastecimento antes do sono deve ser fraco), e o primeiro trato quando as lagartas acordam do sono deve ser feito somente quando a maioria das lagartas estiverem acordadas. Ao polvilhar as folhas com cal hidratada, estas ficam secas e assim as lagartas, ao acordarem do sono, não se alimentarão, aguardando o primeiro trato. Dessa maneira, o criador tenta igualar o desenvolvimento das lagartas. Se o criador não conseguir igualar as lagartas, deve separá-las em locais diferentes da esteira. Isso pode ser feito durante o sono, após o polvilhamento com cal; restando ainda lagartas acordadas, faz-se outro fornecimento de ramos e quando as lagartas subirem nos ramos, elas serão transportadas para outra parte da esteira.

Brigadeiro de maracujá - aprenda a fazer

Se o tradicional já é uma delícia, hummm, imagine a maravilha que é o brigadeiro de maracujá, servido na própria casca, decorado com a própria polpa e preparado para comer de colherada. Gostou da ideia? Então saiba que ele é fácil de fazer, leva ingredientes simples e, acredite, surpreende até mesmo os mais finos paladares. Quer experimentar? Siga o passo a passo abaixo e delicie-se com essa sobremesa de comer rezando.

Como é feita a polinização do maracujá?

As flores do maracujá abrem-se de maneira sincronizada, uma única vez, e devem ser fecundadas no período em que estão abertas. Passado este período, aquelas que não sofreram fecundação caem da planta. Segundo Waldir Vicente dos Santos, professor do Curso a Distância CPT Produção de Maracujá, em Livro+DVD e Curso Online, "A flor do maracujá apresenta alguns problemas com relação à polinização

Uma fruta para plantar no quintal? M.A.R.A.C.U.J.Á!

Você tem um belo quintal e quer aproveitá-lo com a produção de frutas, mas não sabe qual espécie cultivar? Plante maracujá! A boa produção da planta se dá quando as condições ambientais são adequadas para o seu desenvolvimento, florescimento e frutificação. “Essas condições estão relacionados à temperatura, chuvas, umidade relativa do ar, luminosidade e ocorrência de ventos fortes e geadas”, afirma Waldir Vicente dos Santos, professor do Curso a Distância CPT Produção de Maracujá. Conheça as condições necessárias para que o seu investimento dê certo e retorno:

Serpentes venenosas - alguns cuidados essenciais garantem sucesso na criação

As serpentes colaboram, e muito, para o equilíbrio do nosso ecossistema, além de serem nossas aliadas no controle de doenças, pois combatem os roedores. Sem contar que o veneno destes répteis é empregado em inúmeras indústrias para produção de medicamentos para tratamento de câncer, hipertensão, cola cicatrizante, analgésicos e fabricação do soro contra os efeitos malignos da sua picada no organismo humano. O próprio Instituto Butantã já produziu alguns medicamentos formulados com o veneno da serpente: um para pacientes que aguardam transplante de rim e outro para bebês que nascem prematuros.

Produção de Amendoim - pragas que atacam o amendoinzal

Considerando-se a frequência com que ocorrem e prejudicam a cultura, as principais pragas encontradas no amendoim, são o trips e a lagarta do pescoço vermelho. Cigarrinhas e outras lagartas podem ocorrer, com frequência e, também, danos variáveis. Mais esporadicamente, podem ocorrer ácaros, percevejos, cupins e cochonilhas. As características das principais pragas são apresentadas a seguir:

Quer ganhar dinheiro com o quintal de sua casa? Plante maracujá!

Quer ganhar dinheiro com o quintal de sua casa? A dica da vez é maracujá! Isso mesmo: plante, colha e comercialize essa fruta, tanto em forma in natura quanto processada. “A produção e o processamento de frutas constituem importantes atividades econômicas, permitindo obtenção de maior renda por área cultivada e gerando mais empregos do que outras atividades agropecuárias

Fique por dentro das novidades!