Resultados da busca para "vegetais-cultivados-em-terra-roxa"

Cultivo de urucum - principais cultivares para fins comerciais

O urucueiro é uma planta arbustiva, designada botanicamente de Bixa orellana L., que pertence à família Bixaceae. É uma planta ereta e que, normalmente, atinge alturas entre 3,5 a 4,0 m, porém, dependendo do manejo adotado, da idade da planta e das condições de clima e solo em que é cultivada, pode-se encontrar plantas de urucueiro de até 10 m de altura. Todas estas caracteristicas dependerão também do tipo de cultivar escolhido para ser produzido. No Brasil, as cultivares de urucum que são mais indicadas para os cultivos comerciais são: Bico-de-Pato, Peruana Paulista, Piave Vermelha e a Peruana Pará.

Cogumelo Champignon - estruturas de produção e sistemas de cultivo

No início do século, cultivava-se o champignon no solo e ao ar livre, mas com o desenvolvimento de novas técnicas, aumentou-se o número de opções de sistemas que podem ser utilizados para o cultivo deste tipo de cogumelo, com controle das condições ambientais prolongando o cultivo durante o ano todo. Atualmente, no Brasil tem-se consagrado o cultivo do champignon em sacos plásticos dispostos em prateleiras de madeira ou metálicas, no interior de galpões ou câmaras de alvenaria.

Restauração florestal: necessidade de consumo de recursos naturais

Embora a preservação dos remanescentes de vegetação natural seja de extrema importância, em determinadas situações, a necessidade de consumo de recursos naturais pode conflitar com essa preservação, tornando inevitável a supressão da vegetação. "Existem situações em que o licenciamento ambiental para atividades de mineração, represamento de cursos d’água para construção de hidroelétricas, abertura de estradas e outros, permite que a vegetação seja suprimida, e, nesses casos, a compensação ambiental consiste na restauração da vegetação nativa em outra área, dentro da mesma bacia hidrográfica, geralmente, em uma proporção de 2:1 ou 3:1, ou seja, para cada hectare desmatado, devem ser restaurados dois ou três hectares de floresta"

Horta - vegetais cultivados em pequena quantidade para o consumo próprio

Assim como alguns condimentos e ervas, há uma extensa variedade de vegetais que podem ser facilmente cultivados em pequenos jardins, hortas ou espaços, para o consumo próprio. Cultivar a própria horta tem inúmeras vantagens, como consumir alimentos frescos, colhidos na hora, livres de produtos químicos pesados, pragas e doenças.

Vegetais desidratados - matéria-prima: qualidade, custo, cultivo, colheita, variedade, maturação e armazenamento

A qualidade, o custo, o cultivo, a colheita, a variedade e a maturação das hortaliças e dos legumes, que serão matéria-prima para a fabricação de vegetais desidratados, é fundamental para se obter um produto final de boa qualidade, além de diminuir os custos das operações de preparo para a secagem e, principalmente, aumentar o rendimento do produto desidratado.

Cultivo do cogumelo Shiitake em substratos com esterilização ou pasteurização severa

O cultivo do shiitake pode ser efetuado em toras de madeira ou em substratos com pasteurização severa ou esterilização, esse último denominado cultivo axênico. O cultivo axênico é efetuado em blocos de substrato enriquecido, constituído de 80% de serragem e/ou bagaço de cana-de-açúcar e 20% de farelos de trigo e/ou arroz.

Café Orgânico - áreas com remanescências e policultura

O plantio do café orgânico deve ser realizado, deixando-se que a vegetação de cobertura, nas áreas vazias, assim como nas entrelinhas de plantio, se recupere. O cafeicultor de lavouras orgânicas também deve deixar palhas e restos de culturas para evitar a erosão. Dessa forma, o terreno deve ser limpo somente nas linhas de plantio, permitindo que os outros espaços sejam vegetáveis. Esses cuidados são para promover a conservação de áreas com remanescências da vegetação natural e de reflorestamento. Também, tem o objetivo de manter o equilíbrio biológico do agroecossistema, prever a construção de barreiras de retenção dos sedimentos nos escoadouros e construir caixas de contenção para recebimento dos excessos de águas pluviais. Além disso, os tratamentos visam a promover a arborização da área, ou seja, as árvores se transformam em barreiras como quebra-vento e para demasiada exposição aos raios solares.

Açaí - variedades, forma de cultivo e produção das mudas do palmito

São duas as variedades de açaí: o roxo e o branco. O roxo, mais comum, tem a polpa cor de vinho tinto, o que justifica o nome do líquido dele extraído - "vinho de açaí", e do açaí branco, menos comum, extraí-se um suco de cor creme-claro. O "vinho de açaí" é uma bebida altamente energética, muito consumida no Brasil sob várias formas: misturada à farinha de mandioca ou tapioca e açúcar, com farinha e peixe assado, sorvete, geleia, suco, além de seu suco ser muito usado nas grandes academias de ginásticas. O palmito, por sua vez, é um produto usado em recheios de pastéis, empadas, acompanhando saladas, ou compondo refeições típicas do litoral sul e sudeste do Brasil, onde se concentram os maiores consumidores nacionais. É consumido principalmente em conserva, devido talvez ao escurecimento do palmito ao ser descascado. Embora seja rico em nutrientes, o palmito não é conhecido e nem divulgado.

Culinária - receitas com banana

A banana é uma pseudobaga da bananeira, uma planta herbácea que produz as chamadas falsas bananas. Essa fruta é o quarto produto alimentar mais produzido no mundo, após arroz, trigo e milho. São cultivadas em 130 países. Originárias do sudeste da Ásia (com exceção da banana-da-terra, que é nativa do Brasil), são atualmente cultivadas em praticamente todas as regiões tropicais do planeta. As bananas possuem uma polpa macia e doce que podem ser consumidas cruas. No entanto, existem variedades de cultivo, de polpa mais rija e de casca mais firme e verde, como a banana-da-terra, que podem ser consumidas cozidas, assadas ou fritas.

Produção orgânica de alho - principais cultivares comerciais

A classificação dos cultivares de alho é confusa, uma vez que eles podem receber nomes diferentes em cada região. Os cultivares são, também, chamados clones, porque as mudas são pedaços da planta mãe. Atualmente, os clones que produzem bulbilhos de maior tamanho e em menor número são os preferidos dos consumidores. Por isso, eles têm sido mais amplamente cultivados. Como exemplos desses cultivares, temos o Amarante, o Gigante de Lavínia, o Gigante Roxão e o Gigante Curitibanos.

Atendimento Online
Quer Facilidade