WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

"tajabeco"

Peixes de água doce do Brasil - Andirá (Henochilus wheatlandii)

O peixe Andirá é um peixe com escamas, que habita cursos de água de 10 a 40 m de largura e profundidade superior a 1 m. Possui 2 fileiras de dentes nos pré-maxilares. Na fase adulta, apresenta os dentes das fileiras externas dos dentários e pré-maxilares espatulados, com uma grande cúspide central arredondada. Estes dentes são expostos devido à ausência de lábios superiores. Possui porte médio, medindo até 35 cm de comprimento.

Peixes de água doce do Brasil - Jundiá (Rhamdia quelen)

O peixe Jundiá é um peixe de couro. Possui coloração acinzentada-escura e ventre branco. Destaca-se por ser uma das mais promissoras no cultivo por meio da Aquicultura, uma vez que apresenta rápido crescimento, fácil adaptação à criação intensiva, rústico, facilmente induzido à reprodução, com alta taxa de fecundação, possuindo ainda carne saborosa, com baixo teor de gordura e poucas espinhas. Pode atingir 50cm de comprimento e 3kg de peso.

Peixes de água doce do Brasil - Candiru (Vandellia cirrhosa)

O peixe Candiru possui o corpo muito liso. Possui coloração azulada, aspecto luminoso e olhos pequenos. Seus ossos são afiados, com uma série de espinhos em torno da cabeça. Esse peixe é um parasita. Perfura as escamas dos peixes ou se aloja em suas guelras, extraindo o sangue ao se fixar no local. Tem forma de enguia e é quase invisível na água. Pode alcançar comprimentos de 2,5 a 18 cm, com corpo muito delgado, com 6 mm de largura.

Peixes de água doce do Brasil - Capapari (Pseudoplatystoma tigrinum)

O peixe Capapari é um peixe de couro, com corpo alongado e roliço, cabeça grande e achatada. Sua coloração é cinza-escura no dorso, clareando em direção ao ventre, sendo esbranquiçada abaixo da linha lateral. Possui manchas pretas irregulares, como de um tigre, que começam na região dorsal e se estendem até abaixo da linha lateral. Apresenta estreitamento da cabeça. Pode alcançar mais de 1,30 m de comprimento total e atingir os 19 kg.

Peixes de água doce do Brasil - Jacundá (Crenicichla lenticulata)

O peixe Jacundá é um peixe de escamas, com corpo alongado, boca grande, com a mandíbula um pouco maior que o maxilar superior. A borda posterior do pré-opérculo é serrilhada. Sua coloração é esverdeada, com faixas escuras verticais nos flancos, faixa longitudinal mais escura, ao longo do corpo, que se estende do olho até o pedúnculo da nadadeira caudal, e um ocelo na parte superior do pedúnculo caudal. Possui o ventre avermelhado. Pode alcançar 40 cm de comprimento total e chegar a 900 g.

Peixes de água doce do Brasil - Piabanha (Brycon insignis)

O peixe Piabanha é um peixe de escamas. Possui o abdômen róseo e o dorso prateado. Sua boca é pequena e terminal, com o maxilar um pouco proeminente e ligeiramente voltado para cima. Sua cabeça é achatada e pequena em relação ao corpo, que tem um formato fusiforme e lembra um foguete. Possui nadadeira caudal, levemente furcada, e nadadeira adiposa, localizada no dorso e na cauda. Possui linha lateral bem desenvolvida, o que a torna muito arisca e sensível às mínimas variações do ambiente. Pode chegar a 80 cm de comprimento e 10 Kg de peso.

Peixes de água doce do Brasil - Peixe-Cachorro (Acestrorhynchus pantaneiro)

O peixe Peixe-Cachorro é peixe com diminutas escamas, corpo bastante alongado e comprimido, boca grande e oblíqua. Possui dentes caninos e um par de presas que se encaixa no maxilar superior. Sua nadadeira dorsal está localizada na metade posterior do corpo, na mesma direção da anal. Suas nadadeiras peitorais são longas. Possui coloração prata uniforme, mais escura na região dorsal. Pode alcançar 70 cm de comprimento total e atingir até 600 g.

Peixes de água doce do Brasil - Piranambu (Platynematichthys notatus)

O peixe Piranambu é um peixe de couro. Possui coloração, no dorso, acinzentada e, no ventre, esbranquiçada, com nódoas escuras. Possui inúmeras máculas negras, mas não listras. Apresenta três pares de barbilhões bem desenvolvidos, sendo um par acima da boca e dois pares, na região mentoniana, semelhante ao felino gato. Estes servem como órgãos sensitivos para o peixe, muitas vezes, tateando o fundo à procura de alimento. Seu corpo possui formato alongado e levemente achatado, roliço e elevado. Sua cabeça é larga, achatada e pouco desenvolvida. Apresenta pequenos dentes, em forma de lixa, situados em placas relativamente largas. Pode ultrapassar os 10 kg e alcançar 80 centímetros de comprimento.

Peixes de água doce do Brasil - Pirarucu (Arapaima gigas)

O peixe Pirarucu é o maior peixe de escamas de água doce do Brasil e um dos maiores do mundo. Possui corpo em forma cilíndrica, cabeça achatada e mandíbulas salientes. Seus olhos são amarelados e de pupila azulada, um tanto salientes. Sua coloração é marrom-esverdeada, escura no dorso a avermelhada nos flancos, sendo a intensidade variável de acordo com o tamanho do individuo e com o tipo de água em que vive. É uma espécie que tem respiração acessória, utilizando-se do oxigênio dissolvido na água, mas principalmente do ar e, por isso, tem que subir frequentemente à superfície d´água. Pode viver mais de 18 anos. Devido à sua excelente carne, é considerado o Bacalhau Brasileiro. Pode atingir comprimento máximo de 2,10 m e 112 Kg de peso.

Peixes de água doce do Brasil - Poraquê (Electrophorus electricus)

O peixe Poraquê é um peixe sem escamas, semelhante a uma enguia. Não possui nadadeiras dorsal, ventrais e caudais. Possui nadadeira anal longa e peitorais pequenas. Seu corpo é alongado e cilíndrico. Sua cabeça é achatada e sua boca é equipada com uma fileira de dentes cônicos e afiados. Sua coloração é sempre muito escura, porém a parte ventral é amarelada. Pode chegar a dois metros de comprimento.

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!