WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Resultados da busca para "sil" ()

Tipos de silos para armazenar e conservar excessos de lavouras, pastagens e capineiras

O confinamento é uma ótima alternativa na entressafra, e o sucesso econômico dessa atividade depende estritamente da eficiência de ganho de peso proporcionado pelos animais confinados. Neste sentido, fornecendo-se uma alimentação de qualidade, durante todo o ano, garante-se um bom desempenho a todo o rebanho, possibilitando rentabilidade ao pecuarista. A boa dica, então, é utilizar os excessos de produção de lavouras, pastagens e capineiras, no período de chuvas, conservados para serem utilizados em épocas de menor fartura de forragem. Essa conservação, por sua vez, pode ser feita em silos ou na forma de fenos.

Por que ensilar e qual forrageira utilizar na ensilagem?

A palavra silagem é utilizada para identificar a forragem verde, suculenta, conservada por meio de um processo de fermentação anaeróbica. A esse processo damos o nome de ensilagem, que consiste no corte da planta na época ideal; o enchimento do silo, local destinado ao armazenamento da silagem; compactação da massa verde picada; e vedação do silo.

Pecuária de corte - Instalações apropriadas

Para entrar no mercado de gado de corte é necessário que se entenda as perspectivas da pecuária de corte, os desafios do crescimento das exportações e as oportunidades brasileiras no mercado da carne mundial.

Silagem é boa opção de suplementação volumosa para o rebanho na seca?

Entra ano e sai ano, findado o período de chuvas, em plena época de seca, entra sempre em pauta o debate sobre a suplementação do rebanho. O que muitos produtores se perguntam é: o que fornecer aos animais? Capineiras, feno, silagem? Usar a silagem como suplementação volumosa na alimentação do gado, devido ao elevado custo de produção, vale mesmo a pena?

Conservação de alimentos por ensilagem: como funciona?

A conservação dos alimentos, por meio da ensilagem deve-se à produção de ácidos orgânicos, principalmente o ácido lático, a partir de açúcares solúveis, o que promove redução do pH e, consequentemente, inibição de microrganismos deletérios indesejáveis. Esse processo ocorre em condições de anaerobiose, requerendo, por isso, uma boa compactação e vedação dos silos, fator que é básico no processo. Algumas características físicas e bromatológicas das forragens podem alterar a dinâmica do processo fermentativo, contribuindo para a perda de qualidade da forrageira ensilada.

Fique por dentro das novidades!