Resultados da busca para "revista-confeitaria-criativa"

Confeitaria oferece delícias que unem sabor, beleza, criatividade e inovação

A palavra confeitaria vem do latim confectum e significa 'aquilo que é confeccionado com especialidade'. O consumo de alimentos doces pela humanidade existe desde a antiguidade. Há quem diga que os romanos foram os primeiros na arte de confeitar, preparavam bolos e tortas com farinha, aveia, vinhos e até creme de leite. No Brasil a arte da confeitaria (pâtisserie em francês), chegou por volta dos anos 50 e 60, trazida da Europa, principalmente da França, famosa como o "centro dos doces refinados e requintados?.

Criatividade e curiosidade - como estimular os alunos

Como a maioria das práticas pedagógicas implantadas nas escolas são padronizadas, seguindo procedimentos e cartilhas, desenvolver o potencial criativo dos alunos tornou-se um grande desafio para os educadores, que são os responsáveis por estimular e facilitar a criatividade em sala de aula. Estimular a criatividade, portanto, é um dos eixos norteadores do ensino e da aprendizagem.

Confeitaria mistura técnica, arte e criatividade na elaboração de inúmeros produtos

A confeitaria mistura técnica, arte e criatividade na elaboração dos inúmeros produtos possíveis de serem obtidos. A arte e a criatividade, cada um irá desenvolver ao longo do tempo, observando, praticando e tirando as suas próprias conclusões. E a base para que isso aconteça é, sem dúvida, uma boa dose de conhecimentos técnicos.

Bolos e doces confeitados e decorados - uma associação de sucesso

A confeitaria brasileira deu os seus primeiros passos há séculos e trilhou, despretensiosamente, muitos caminhos até os dias atuais. Desde o tempo do Brasil colônia, já existia uma tendência de produzir belíssimos bolos confeitados e decorados além de se consumir deliciosos doces. Tendências estas incentivadas pela preferência adocicada do paladar dos portugueses que aqui já habitavam.

Vai abrir uma confeitaria? Conheça os utensílios mais utilizados

A confeitaria mistura técnica, arte e criatividade na elaboração de inúmeros produtos. Enquanto trabalha, a arte e a criatividade cada confeiteiro desenvolverá ao longo do tempo, observando, praticando e tirando as suas próprias conclusões. Mas, uma coisa comum entre eles são os equipamentos básicos de trabalho.

De que depende a criatividade e como mantê-la na fase adulta?

Ser criativo é pensar de forma diferente, é ser original justamente por não seguir regras preestabelecidas, é conseguir fazer mais com menos, é ter a capacidade de surpreender as pessoas criando coisas, produzindo e transformando o ambiente de acordo com suas convicções, aspirações e, principalmente, inspirações.

Quer inovar seu negócio? Apoie-se em ideias criativas!

Se o conceito de negócio da empresa está repleto de paradigmas, como esperar contribuições criativas que permitam inovar este negócio? Isso é simples: é preciso criar uma cultura propícia para a liberação da criatividade. “A criatividade começa pela liberação de ideias, e o mais importante é que o clima possa difundir e impregnar pela empresa a aspiração pela criatividade

Produtos da confeitaria dão água na boca

A arte da confeitaria brasileira teve início há séculos e trilhou, a passos despretensiosos, muitos caminhos até os dias atuais. Desde o tempo do Brasil colônia, já existia uma tendência de produzir e consumir doces, incentivada pela preferência adocicada do paladar dos portugueses que aqui já habitavam.

Instrumentos de medidas usados em confeitaria

Segundo Marina Queiroz, professora do Curso a Distância CPT Básico de Confeitaria, em Livro+DVD e Curso Online, "Em confeitaria, os bons resultados não dependem apenas de boas receitas, mas principalmente da execução de regras básicas e da atenção para com cuidados essenciais para esse processo. É muito importante saber que na confeitaria as receitas são muito balanceadas e não cabem improvisações. Sendo assim, balanças e recipientes graduados são materiais indispensáveis".

Confeitaria: como fazer uma calda de açúcar

A arte da confeitaria no Brasil teve início há muitos séculos e foi se aperfeiçoando até chegar a nossos dias. O consumo de doces no país foi impulsionado pelo grande gosto dos portugueses por eles. Com a introdução de outros povos no Brasil, a confeitaria foi sendo modificada por hábitos e tradições diferentes e se tornando o que temos hoje.

Atendimento Online
Quer Facilidade