WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Resultados da busca para "reproducao-de-avestruz" ()

Como devo iniciar uma criação de avestruzes?

O avestruz é uma ave que tem muito potencial para transformar o seu criador em um estrutiocultor de sucesso, apesar de não ser muito popular no Brasil. Além das plumas, a sua carne saborosa tem atraído cada vez mais criadores interessados em investir na criação desse animal.

Manejo do avestruz

O termo ratitas vem do latim e significa rate (jangada), referindo-se ao esterno de algumas aves, que se assemelha a uma jangada, desprovidas de musculatura peitoral, inviabilizando o seu voo. São elas: o kiwi, o casuar, o emu, a ema e o avestruz. Este último tem potencial para se tornar uma verdadeira máquina de transformar alimentos de qualidade inferior em proteína animal de alta qualidade, mais saudável do que as tradicionais.

Criação de avestruz, alternativa para a pecuária nacional

tecnologia de criação também evoluiu, tanto no país quanto no exterior, tornando necessária a edição desse novo videocurso. Criar avestruz oferece aos fazendeiros diversificação e uma alternativa para a pecuária tradicional e para a produção de grãos, principalmente em pequenas propriedades.

Criação de avestruz de modo rentável não é tarefa difícil

Originária do continente africano, a Struthio Camelus, única espécie de avestruz, pertence ao grupo das ratitas, ou seja, aves que não voam. Sua criação em cativeiro, no Brasil, é ainda uma atividade em desenvolvimento. Tendo como habitat natural as savanas e desertos, também pode ser criada nos campos, caatingas e cerrados. É considerada uma ave monogástrica, herbívora e com grande potencial de exploração em nossas pastagens, pois come grande variedade de gramíneas, arbustos e folhas de árvores.

Avestruz, a maior ave do planeta

A ave vive cerca de 70 a 80 anos na natureza. O macho alcança a maturidade sexual aos 30 meses, já a fêmea aos 20 meses, em média. A alimentação pode ser feita a partir de rações peletizadas, mas os avestruzes podem se alimentar de capim por serem vegetarianos de natureza.

Um pouco mais sobre a criação de emas

A Ema é um animal típico da América do Sul. Também é conhecida por outros nomes como nandu, nhandu, guaripé e xuri . Em algumas partes do Brasil, é confundida com o avestruz, no entanto, são espécies taxonomicamente bastante afastadas.

Reprodução de cavalos

Nestas duas últimas décadas, o estudo da reprodução na espécie eqüina evoluiu sobremaneira com o advento da prostaglandina, da Inseminação Artificial (I.A.), da ultrassonografia e da transferência de embriões. O advento das prostaglandinas fez uma verdadeira revolução no arsenal ginecológico veterinário.

Técnicas que proporcionam maior eficiência na reprodução de cavalos

No Brasil, há mais de 1 milhão de cavalos de raça registrados, e um número grande de animais mestiços sem registro, servindo aos mais diferentes propósitos. Devido a sua importância na prática de diversos esportes, na equitação, lazer e equoterapia, e não mais apenas no transporte ou tração animal, percebeu-se o crescimento mundial da equideocultura nos últimos anos.

A ascensão da avicultura

De fato, as aves têm conquistado o paladar dos brasileiros. Só em 2011, o setor avícola deve crescer 5%. O frango continua sendo o carro-chefe dessa produção, mas as codornas, marrecos, patos, gansos e até avestruzes vem ganhando consumidores.

Reprodução de cavalos: comportamento da égua e regras de higiene da monta

Nos mamíferos, com exceção dos primatas, a fêmea só aceita o acasalamento no período do cio ou estro. Essa fase do ciclo dura, em média, sete dias, variando o período no decorrer da estação de monta, sendo mais longo no início da primavera, diminuindo nos meses de dezembro e janeiro. A maioria das éguas para de ciclar durante as estações de outono-inverno, quando a luminosidade diária diminui. Esse período é chamado de Anestro estacional. Os ovários se tornam inativos, uma vez que lhes faltam os estímulos oriundos da hipófise.

Fique por dentro das novidades!