WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

"quantos-kg-de-sementes-devo-gasta-para-plantar-um-hectare-de-quiabo"

Plantas medicinais? Atenção à toxocologia!

Antes de fazer qualquer preparação com as plantas medicinais, primeiramente é preciso conhecê-las para saber identificar qual é a mais indicada para determinado sintoma ou doença. “Porém, tão importante quanto conhecer os efeitos benéficos das plantas medicinais sobre o organismo humano é saber analisar essas plantas com relação à toxicologia, pois, muitas vezes, intoxicações podem ocorrer”, afirma Alessandra Azis, professora do Curso CPT Farmácia Viva - Princípios Ativos, Identificação e Utilização de Plantas Medicinais.

Produtor agrícola: Você sabe extrair e conservar sementes de pimenta?

Para a extração e conservação das sementes, os frutos selecionados devem ser cortados ao meio e suas sementes retiradas com auxílio de uma faca ou de uma colher. “Em seguida, deve ser retirada a mucilagem que envolve a semente, esfregando-a com cal, areia ou cinza, lavando-as em seguida com água corrente”, afirma Roseane Mendonça de Figueiredo,professora do Curso a Distância CPT Produção e Processamento de Pimenta, em Livro+DVD e Curso Online. Por fim as sementes são colocadas sobre um papel absorvente, por um período de dois a seis dias para secarem, sempre à sombra.

Regras gerais para a colheita das plantas medicinais

As plantas medicinais, da mesma forma que outras plantas, como as hortaliças apresentam um ponto de colheita ideal, que é o momento de maior concentração de princípios ativos na planta. As substâncias com atividade terapêutica, ou princípios ativos, encontrados nas plantas, geralmente concentram-se em maior quantidade em um determinado órgão. Assim, em algumas plantas os princípios ativos estão em maior concentração nas folhas e hastes, em outras, estão nas flores.

Cuidados durante a colheita e pós-colheita das plantas medicinais

A colheita e pós-colheita das plantas medicinais devem ocorrer cuidadosamente, para preservar ao máximo a integridade das partes colhidas, diminuindo, assim, a perda de princípios ativos. Por isso, é muito importante orientar a mão de obra, para que não sejam coletadas plantas doentes, com manchas, terra, poeira, partes deformadas, ou insetos. Isso evita a coleta de material que deverá ser eliminado na fase de beneficiamento, o que exigiria mais mão de obra e mais gastos.

Sistema hidropônico de cultivo de hortaliças e plantas medicinais

O sistema hidropônico de cultivo de hortaliças e plantas medicinais, condimentares e aromáticas, é a melhor alternativa para atender a um público cada vez mais exigente em relação a qualidade das plantas, higiene, ausência de resíduos de agrotóxicos e alto teor de princípios ativos. Nesse sistema, as plantas são cultivadas sem contato com o solo, utilizando apenas solução nutritiva para promover o seu crescimento. Com o uso de água de boa qualidade, as plantas não sofrem contaminação por organismos nocivos à saúde.

Canário da terra - como deve ser a alimentação em cativeiro

Um bom criador de canário da terra, também conhecido como chapinha, é aquele que conhece as características de cada pássaro de seu criatório e sabe identificar, com precisão, qualquer anormalidade. O criador deve preocupar-se, também, com a limpeza das instalações, neste sentido, o ambiente precisa ter sempre limpos o chão e as prateleiras, retirando-se fezes e restos de alimentos do fundo das gaiolas, desinfetando-as. Os poleiros, comedouros, bebedouros e banheiras devem ser frequentemente lavados e também desinfetados. Os alimentos, inclusive as sementes, não devem ficar expostos por mais de um dia nas gaiolas e qualquer tipo de sobra deve ser prontamente descartada.

Como é feito o tratamento de sementes de milho

O tratamento de sementes de milho é um meio de prevenção contra pragas e doenças. Trata-se de uma forma de proteger a lavoura de milho antes, durante e após a germinação, o que favorece o desenvolvimento de plantas vigorosas e aumenta a produtividade do milharal. O tratamento das sementes pode ser realizado na indústria ou na fazenda.

7 passos simples para plantar boldo

Considerada uma poderosa planta medicinal devido a seus princípios fitoterápicos, o boldo atua no tratamento de problemas hepáticos, estomacais, digestivos, além de aliviar dores de cabeça e reduzir episódios de insônia. Trata-se de um arbusto com caule macio e folhas verdes aveludadas, que apresenta fácil manejo e pode ser cultivado em vasos, jardineiras ou canteiros.

Como preparar as plantas condimentares para a secagem

Geralmente, há uma recomendação geral para não se lavar as plantas condimentares antes da secagem. Isto é verdade, quando se trata de plantas que têm muito pelo e, por isso, retêm a água em sua superfície, como a hortelã e a sálvia. Da mesma forma, as flores também não devem ser lavadas, a não ser que você disponha de uma centrífuga para retirar o excesso de umidade antes de colocá-las para secar. Se o material está limpo, livre de resíduos e de terra, não precisa ser lavado.

Produção comercial de Agapanto - propagação, cultivo, tratos culturais e cultivo em vasos

Planta ornamental, apesar de sua rusticidade, o Agapanto é uma nativa da África do Sul. Possui características de clima subtropical e é muito encontrado em jardins do sul e do sudeste por gostar e tolerar climas frios. Para se desenvolver satisfatoriamente, o Agapanto precisa de solo rico em matéria orgânica. O nome Agapanthus, em latim, significa "flor do amor" e chama mesmo a atenção no jardim, por suas hastes florais de quase 1 m de altura. No auge da beleza, que acontece durante a primavera e o verão, o Agapanto apresenta inflorescências globosas, compostas por inúmeras flores azuladas. A planta é perfeita na separação de plantas altas em jardins e também para embelezar paredes exeternas e muros.

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!