WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

"quando-e-como-podar-o-pe-de-acerola"

Acerola: tutoramento, poda, quebra-vento e capina

A acerola, também conhecida como cereja das Antilhas, é uma das frutas que mais tem despertado o interesse dos produtores brasileiros. Trata-se de uma cultura perene, que produz durante praticamente o ano inteiro, e seu cultivo pode ser encontrado em todas as demais regiões do Brasil, porém, com menos intensidade nas regiões sul e sudeste, devido às baixas temperaturas durante o inverno. Entre as inúmeras frutíferas exploradas comercialmente no País, ela está entre as mais procuradas pelo mercado consumidor, devido ao seu alto grau de Vitamina C, outras vitaminas e sais minerais essenciais ao homem. Seja em forma de suco ou "in natura", é crescente a demanda por esta fruta e é exatamente esta grande procura do consumidor que faz com que os produtores invistam cada vez mais nesta cultura. Os custos de implantação, manutenção e produção de um pomar de aceroleira variam de acordo com o local onde ele será instalado, a finalidade da produção e os tratos culturais adotados. Portanto, caberá aos produtores tomar todos os cuidados possíveis para que a produção tenha muito sucesso. Entre os tratos culturais indispensáveis à produção, citam-se o tutoramento, as podas, a implantação de quebra-ventos e a capina.

Como podar acerola?

A acerola exige alguns tipos de podas. Elas devem ser feitas na planta desde o momento em que ela começa a soltar os ramos. "A poda de formação tem o objetivo de promover a formação da copa com três a quatro galhos mestres, distribuídos simetricamente, os quais formarão a estrutura básica da copa", afirma Dr. Flávio Alencar Araújo Couto, professor do Curso a Distância CPT Produção de Acerola, em Livro+DVD. Quando a planta estiver com 50 a 60 cm acima do nível do solo, faz-se um desponte, a fim de diminuir a dominância apical sobre os ramos principais.

Quer aprender a cultivar acerola? Siga as dicas!

Conhecida como cereja das Antilhas, a acerola (Malpighia emarginata), é uma das frutas que mais têm despertado o interesse dos produtores brasileiros. Trata-se de uma cultura perene, que produz durante praticamente o ano inteiro. Seu cultivo pode ser encontrado em todas as demais regiões do Brasil. Porém, com menos intensidade nas regiões Sul e Sudeste.

7 tipos de podas em cafeeiros

Antes de realizar podas nos cafeeiros, é importante considerar alguns importantes aspectos, como a idade da lavoura de café, o tipo de cultivar escolhido, a presença (ou não) de pragas e doenças e a população de plantas na área. São 7 os tipos de podas em cafeeiros: decote herbáceo, decote lenhoso, desbrota, desponte, esqueletamento, poda de formação e recepa.

Produção de acerola - principais variedades comerciais

As acerolas são classificadas, segundo suas variedades, em doces e ácidas. As ácidas são mais ricas em Vitamina C e são indicadas para a industrialização, enquanto as variedades de frutos doces são indicadas para o consumo in natura. Seu nome científico é Malpighia glabra e tem sua origem nas Antilhas, norte da América do Sul e América Central. O tamanho da planta varia entre dois e três metros de altura, seus ramos são densos e espalhados, com folhas opostas, de pecíolo curto. Suas flores se formam em pequenas pencas axilares pedunculadas, com três a cinco flores perfeitas, com cores que vão do rosa esbranquiçado ao vermelho. Seus frutos têm formas bastante variáveis. Quando maduros, sua cor pode ser vermelha, roxa ou amarela. Os frutos que crescem isolados ficam de tamanho maior do que aqueles que crescem em cachos. Manoa Sweet, Tropical Ruby, Hawaiian Queen, J. H. Beaumont, C. F. Rehnborg, F. Haley Red Jumbo e Maunawili são as variedades, doces e ácidas, mais cultivadas comercialmente no Brasil.

Manutenção de jardins: podas de limpeza e formação

Basicamente, um jardim bonito e bem cuidado precisa de dois tipos de podas: as de limpeza e formação. Em todas elas são necessárias algumas ferramentas. A tesoura de poda é a principal delas, podendo ter lâmina curva ou lâmina reta, todas as duas com a mesma função. Servem para podar qualquer tipo de ramo, desde os herbáceos mais grossos, até os lenhosos mais finos. "O melhor corte é obtido com a parte interna das lâminas, nunca como bico da tesoura. Com a parte interna, o corte é feito com maior firmeza", afirma Eduardo Elias Silva dos Santos, professor do Curso a Distância CPT Planejamento, Implantação e Manutenção de Jardins, em Livro+DVD e Curso Online. Com relação à manutenção, o único cuidado é fazer uma boa limpeza após o uso, em seguida aplicar anticorrosivo e óleo de máquina nas juntas.

Quais frutas meu cão pode comer?

Além de doces e suculentas, as frutas são fontes de fibras, vitaminas e minerais e podem ser fornecidas ao cão. Entretanto, nem todas as frutas podem ser consumidas pelo cachorro, pois podem ser tóxicas, como é o caso da uva. Até mesmo as frutas permitidas para cães podem não ser recomendadas em casos de diabete canina. Já os cães saudáveis devem consumi-las moderadamente.

Café Conilon: tipos de poda e restos de cultura

Após colheitas sucessivas, os ramos produtivos do cafezal reduzem seu vigor, não havendo crescimento compensatório para a manutenção de produtividades satisfatórias, tornando-se necessária a realização de algum tipo de poda para acelerar a eliminação dos ramos pouco produtivos. A poda traz as seguintes vantagens para o cafeeiro:

Produção de acerola abastece o mercado interno e externo

A acerola é uma das frutas mais apreciadas no Brasil. Com um teor de vitamina C cem vezes maior do que o da laranja, a acerola tem despertado o interesse de muitos consumidores e, consequentemente, tem sido uma ótima opção de cultivo para os produtores agrícolas. Um ponto bastante positivo em relação ao cultivo de acerola no Brasil são os solos em condições perfeitas para a agricultura, permitindo, inclusive, que o país seja destaque na produção mundial de frutas "in natura".

Produção de acerola - tipos de irrigação e de adubação

Para que um pomar de acerola tenha boa produtividade, o produtor deverá seguir a algumas orientações funcionais, principalmente no que diz respeito à irrigação e a adubação. Estes dois fatores garantem o sucesso da investida e geram bons lucros ao produtor rural. Portanto, é necessário que ele nunca se descuide da sua produção, mantendo em ordem o manejo das plantas.

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!