WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Semana do Campo CPT!

Resultados da busca para "qual-capim-e-melhor-pra-galinha-caipira" ()

Dicas sobre a criação de galinhas caipiras

O setor da avicultura que produz carne de galinha caipira está em constante expansão devido à boa aceitação do mercado. Ao contrário do que muitos pensam, o termo “galinha caipira” diz respeito à forma como a galinha é criada, não a uma raça de galinhas. É muito procurada por ser considerada mais saudável, pois sua alimentação é natural e sua criação é livre.

Galinha caipira - aprenda a escolher a melhor ave para o consumo

A exigência por textura, coloração e sabor natural tem estimulado os pequenos e médios produtores, que não teriam como competir no sistema industrial, a se voltarem para esta atividade de produção de alimentos alternativos, como a galinha caipira.

Frangos convencional, caipira, caipira-orgânico e caipira biodinâmico - diferenças de criação

Inicialmente, precisamos compreender o conceito das criações de aves. A avicultura é o termo que oficialmente é utilizado para definir a criação de aves, ou seja, o homem, alimentando e direcionando o cruzamento destas aves, melhorando a bagagem genética objetivando produção; seja visando carne e, ou, ovos. Os tipos de criações, por sua vez, podem ser subdivididos em Frango convencional, caipira, caipira-orgânico e caipira biodinâmico. Saiba um pouco mais sobre cada um deles:

Frango e Galinha Caipira - saiba tudo sobre o vazio sanitário

O vazio sanitário nada mais é do que o tempo necessário para a limpeza e a desinfecção das instalações dos frangos e galinhas caipiras. Essa limpeza é realizada após a saída de um lote e o intervalo para a entrada de um novo lote, período que deve durar, no mínimo, 21 dias. Durante a limpeza das instalações da criação, recomenda-se que a cama seja retirada, juntamente com os equipamentos.

Alimentos alternativos para frangos e galinhas caipiras

Como os custos com a alimentação das aves pode chegar a 75% do total de gastos com a produção, normalmente, os avicultores buscam alternativas mais baratas que o milho, como triguilho, sorgo e cevada para a engorda de frangos caipiras. Entretanto, torna-se fundamental avaliar a qualidade dos produtos disponíveis no mercado.

Galinha caipira - aprenda sobre o controle de doenças das aves criadas no chão

O manejo sanitário é a limpeza e a desinfecção das instalações e dos equipamentos do aviário onde se cria galinha caipira. De preferência, um lote de frango caipira não deve utilizar a mesma cama de outro lote, pois os riscos de contaminação das aves são enormes. É mais vantajoso fazer a remoção da cama, que pode ser vendida como esterco. Removida a cama, a área deve ser limpa e desinfetada com uma solução de formol a 5%. É muito importante eliminar os focos de contaminação do lote anterior para evitar o surgimento de doenças, que prejudicam a produção das galinhas caipiras.

Galinhas caipiras: doenças causadas por bactérias

As doenças que afetam as galinhas caipiras, provenientes de infecções bacterianas, de coccidiose e de processos metabólicos, podem ser prevenidas ou curadas com medicamentos à base de antibióticos, anticoccidianos, quimioterápicos, eletrólitos, minerais e vitaminas injetáveis ou aplicados por via oral (ração ou água).

Galinha Caipira - correto manejo das poedeiras

O criador de galinha caipira, para um correto manejo da criação, deve saber que as aves de postura têm seu ciclo de vida dividido em duas fases, uma de crescimento, que é o período que a ave leva para ser formada, e outra de produção, quando as aves já estão em postura. A fase de crescimento é dividida em várias etapas, que são:

Gramas e gramados - como fazer o controle de plantas daninhas

As plantas daninhas, como o Capim-pé-de-galinha, o Capim marmelada e o Capim braquiária, quando crescem, interferem no desenvolvimento da grama, causando prejuízos na produção, competindo com a cultura por água, luz e nutrientes, exercendo, em certas vezes, inibição química. Alguns estudos mostram que 20 a 30% da produção nacional de grama se perde por causa do ataque de plantas daninhas, além de elas serem hospedeiras de pragas e doenças. As práticas mais difundidas para o controle das plantas daninhas são: o arranquio, a capina, a roçada e, por fim, o controle químico.

Vai vacinar galinhas? Conheça as 5 formas e faça a melhor escolha!

A vacinação de frangos e galinhas caipiras pode ser feita de forma individual ou coletiva. A individual, apesar de ter um custo de aplicação, é maior do que a administração massal (coletiva), e oferece resultado mais seguro, afirma Marcelo Dias da Silva, professor do Curso CPT Criação de Frango e Galinha Caipira.

Fique por dentro das novidades!