Resultados da busca para "qual-a-racao-do-piau-acu"

Peixes de água doce do Brasil - Piau-Três-Pintas (Leporinus freiderici)

O Piau-Três-Pintas é um peixe de escamas, muito importante para a pesca de subsistência e para o comércio local, mercados e feiras. Possui coloração prata, com 3 manchas escuras nos flancos. Daí o seu nome. Tem nadadeiras ligeiramente douradas e nadadeira caudal escura. Possui dentes em forma de pinça. Pode alcançar 40 cm de comprimento e 2 kg de peso.

Preparando a ração na fazenda

Uma alimentação adequada para o rebanho de leite significa oferecer quantidades suficientes de proteína, energia, minerais e vitaminas para atender às necessidades de mantença e produção. Esses nutrientes são fornecidos basicamente pelo volumoso (pasto, silagem, capineira, cana de açúcar) para até um determinado nível de produção.

Especialização na criação de caprinos melhora a qualidade da carne atendendo à demanda do mercado

O Brasil possui um rebanho caprino da ordem de 14.556.484 cabeças, sendo que 93% está concentrada na região Nordeste. De acordo com dados do IBGE a maior concentração está na Bahia, Pernambuco e Piauí. Apesar da maior concentração nessas regiões, a criação de caprinos de corte está em franca expansão em todo país, com a distribuição de 2,8% na região Norte; 3,4% na região Sudeste; 31,7% na região Sul e 5,5% na região Centro-Oeste.

Culinária do Nordeste tem temperos fortes e uma imensa variação de pratos típicos

A região Nordeste, que é formada pelos estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Piauí, Sergipe, Pernambuco e Rio Grande do Norte, possui uma culinária respeitável e admirada por todas as partes do mundo.

Pacu e Tambaqui: tipos de ração

No Brasil, os peixes nativos vêm sendo cada vez mais cultivados. É o caso do Piaractus mesopotamicus (Pacu) e do Colossoma macropomum (Tambaqui). Isso porque são peixes tradicionalmente consumidos pela população brasileira nos seus locais de origem (cidades próximas ao pantanal ou ao rio Paraná), pois têm carne saborosa, compondo parte dos pratos típicos da região.

Nutrição de peixes - qualidade dos ingredientes da ração

A qualidade de um ingrediente depende de sua composição em aminoácidos, da presença de fatores antinutricionais, de seu potencial energético, além de seus níveis de vitaminas e minerais. Como consequência, seu valor ou seu potencial de utilização como ingrediente em uma ração está na dependência das respostas que sua presença reflete no crescimento dos peixes e também no preço final da ração.

Nutrição de peixes - formas de fornecimento de ração

Existem três maneiras de se fornecer a ração aos peixes: manualmente, pelo uso de comedouros ou de máquinas automáticas. O fornecimento manual é interessante para manter um contato visual com os peixes, no tanque. Observam-se, por exemplo, possíveis problemas de saúde dos animais, porém, requer maior mão de obra, quando comparado ao sistema de comedouros. A alimentação em comedouros pode ser feita em cochos, ou mecanizada, no qual o alimento é lançado por um equipamento acoplado a um trator. Esse método permite uma alimentação rápida de grandes áreas, apesar de limitar o contato entre o tratador e os peixes.

Biomas do Brasil - Caatinga

A caatinga é o único bioma exclusivamente brasileiro e abrange 9,92% do território nacional. Dada a sua alta biodiversidade este bioma é rico em recursos genéticos. Ocupa a totalidade do Estado do Ceará e parte do território de Alagoas (48%). Na Bahia, a caatinga ocupa 54% da região, no Maranhão 1%, em Minas Gerais 2%, na Paraíba 92%, em Pernambuco 83%, no Piauí 63%, no Rio Grande do Norte 95% e no Sergipe 49%.

Biomas do Brasil - Cerrado

O cerrado é o segundo maior bioma brasileiro e o mais antigo de todos, com aproximadamente 65 milhões de anos. Diz-se que o ele é uma "floresta de cabeça para baixo", já que 70% de sua biomassa encontra-se dentro da terra não permitindo, segundo alguns especialistas, qualquer tipo de revitalização. Portanto, é bom que se saiba que uma vez devastado, devastado para sempre. Corresponde a uma área de 2.036.448 Km², 23,92% do território nacional, e ocupa a totalidade do Distrito Federal e parte do território da Bahia (27%). No Estado de Goiás 97%, no Maranhão 65%, no Mato Grosso 39%, no Mato Grosso do Sul 61%, em Minas Gerais 57%, no Paraná 2%, no Piauí 37%, em Rondônia 0,2%, em São Paulo 32% e em Tocantins 91%. Verdadeiro mosaico de tipos de vegetação, solo, clima e topografia bastante heterogêneos.

Caprinos da raça Anglo Nubiana são excelentes na produção de leite e carne

Os caprinos Anglo Nubianos, animais resultantes dos cruzamentos de cabras Nubianas, originárias do Sudão (Vale do Nilo), com cabras comuns da Inglaterra, são uma raça de dupla aptidão: carne e leite. Foram introduzidos no Brasil em meados de 1927 e facilmente se adaptaram ao ambiente tropical, exceto nas regiões úmidas. São largamente encontrados na Bahia, Pernambuco, Piauí e Ceará, assim como em São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul. O Estado de São Paulo possui um dos plantéis geneticamente mais apurados do Brasil, mas é na região Nordeste que se encontra o maior volume de animais e criadores. Trata-se de uma raça de caprinos muito utilizada em cruzamentos, visando sempre a obtenção de animais cada vez mais aptos à produção de leite e carne.

Atendimento Online
Quer Facilidade