WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

"qual-a-diferenca-entre-fecula-e-farinha-de-mandioca"

Aprenda como se faz farinha de mandioca caseira

Para produzir a farinha de mandioca caseira, as raízes de mandioca são lavadas e raladas manualmente. Em seguida, a massa é prensada, em sacos de algodão, para remover o excesso de água e parte da fécula, que se recupera no processo de decantação. Conforme o processo de produção, a farinha de mandioca pode ser classificada como farinha d’água, farinha seca ou farinha mista.

Farinha de trigo forte e farinha de trigo fraca: qual a diferença?

Todos os tipos de farinha podem ser classificados em forte e fraca. A forte é aquela farinha rica em proteínas, de ótima qualidade, e que, por isso, produz massas bastante consistentes. Para uma farinha ser considerada forte, ela precisa possuir de 10,5% a 12% de proteína. E, para compensar as perdas nutricionais ocasionadas pela retirada do gérmen dos grãos do trigo, essa farinha pode ser enriquecida com tiamina, riboflavina, niacina e ferro, sendo chamada, por isso, de farinha forte especial. Por tudo isso as farinhas fortes especiais são mais caras.

Padaria: 7 tipos de farinha mais comuns

O que seria das padarias sem a versátil farinha? Com os avanços na agroindústria, surgiram as mais variadas farinhas, como farinha de amêndoas, farinha de banana verde, farinha de aveia, farinha de cevada, farinha de arroz, além das farinhas de trigo (integral e comum). De acordo com os tipos de farinha, as massas podem ficar crocantes, macias, duras, leves ou pesadas.

Processamento da mandioca: farinha seca e farinha d'água

Para produzir a farinha, as raízes de mandioca são lavadas e raladas a mão. A massa ralada úmida é prensada em sacos de algodão ou em jacás de cipó, taquara ou folhas de palmeira. O excesso de umidade é eliminado com uma certa quantidade de fécula, que se recupera por decantação. A intensidade da prensagem e a adição de água à massa ralada influem sobre a eliminação da fécula.

Pratos regionais com mandioca

O Brasil é rico em alimentos regionais produzidos com mandioca. Citam-se os beijus, elaborados sobre chapa aquecida, com massa ralada e prensada da mandioca acrescida de açúcar e temperos aromáticos diversos. Outro produto regional com grande potencial é a tapioquinha de goma, designação regional para o amido ou fécula da mandioca. A goma úmida, com cerca de 50% de umidade, é peneirada ou esfarelada sobre a chapa aquecida. Uma vez gelificada, é revirada para secar do outro lado e recheada com coco, queijo, manteiga, entre outros. Esse produto poderá se transformar em um fast food, desde que suficientemente padronizado

Produção de mandioca - mudas de boa qualidade e método de propagação rápido

A mandioca é uma planta muito versátil e de ampla utilização na alimentação humana, animal e para uso na indústria . De fácil adaptação, ela é cultivada em todos os estados brasileiros e quando comparada a outros cultivos, apresenta uma série de vantagens, tais como: fácil propagação; elevada tolerância a longas estiagens; rendimentos satisfatórios mesmo em solos de baixa fertilidade; pouca exigência em insumos modernos; potencial resistência ou tolerância a pragas e doenças; elevado teor de amido nas raízes; boas perspectivas de mecanização, do plantio à colheita, sem grandes perdas na matéria seca; e, por fim, permite consórcio com inúmeras plantas alimentícias e industriais. O sucesso da lavoura, no entanto, depende, em grande parte, da utilização de mudas de boa qualidade.

Mandioca pode intoxicar pessoas: mito ou verdade?

Verdade! Em situações especiais, a quantidade de linamarina (glicosídeo complexo) encontrado na raiz da mandioca, pode gerar ácido cianídrico e, sim, causar intoxicações em seres humanos, afirma Dr.ª Marney Pascoli Cereda, professora do Curso a Distância CPT Cultivo de Mandioca, em Livro+DVD e Curso Online.

Tipos de farinha de milho mais comuns

Os diversos tipos de farinha de milho são produzidos por meio de dois processos: moagem úmida ou moagem seca. A maior parte dessas farinhas passam por refinamento para a remoção das cascas dos grãos do milho. A classificação dessas farinhas ocorre por granulometria (tamanho das partículas do milho moído).

Mandioca: aprenda a fazer entrada, prato principal e até sobremesa com essa raiz saborosa

Nomes não faltam para a popular mandioca: macaxeira, aipim, castelinha, maniva, mandioca-doce, mandioca-mansa e pão-de-pobre são alguns do termos utilizados para nomear essa raiz genuinamente brasileira e de uso versátil em todo o país. Benéfica à saúde humana, pode estar presente em uma grande variedade de receitas, como estrela ou roubando a cena como acompanhamento.

Como plantar mandioca de forma fácil e simples?

A mandioca (Manihot esculenta) apresenta uma série de vantagens em relação e outros cultivos, tais como: fácil propagação, elevada tolerância a longas estiagens, rendimentos satisfatórios (mesmo em solos com baixa fertilidade), pouca exigência em insumos modernos, potencial resistência ou tolerância a pragas e doenças, entre outras.

Fique por dentro das novidades!